Crédito

Saiba como utilizar o seu cartão de crédito sem custos

Rui Costa Rui Costa , 22 Fevereiro 2016 | 2 Comentários

Um dos sintomas mais preocupantes do excesso de endividamento em Portugal está relacionado com o recurso aos cartões de crédito. Saiba como tirar melhor partido do seu cartão de crédito ao utilizá-lo sem custos associados.

Sabe ao certo quantos cartões tem ativos? Já reparou nas taxas de juro que estão associadas aos cartões de crédito? Mesmo com esta facilidade de recurso ao crédito, os cartões podem ser utilizados sem que tenha custos associados ao mesmo.

Mais cartões de crédito do que portugueses

A proliferação de cartões está relacionada com a abertura de crédito que os bancos tiveram nas últimas duas décadas, mas também às inúmeras campanhas de fidelização de clientes a estabelecimentos comerciais. Repare quantos cartões tem na carteira que são de lojas que lhe dão descontos. É verdade que os descontos são bem-vindos, mas no fundo estes descontos são uma forma de aliciar a compras fracionadas, sujeitas a taxas de juro muito elevadas. Essa é a razão para que os cartões das lojas tenham financeiras por detrás.

Não deixa de ser um sinal de alarme perceber que há mais cartões de crédito do que portugueses. Sobretudo, se tiver em linha de conta que as crianças até aos 18 anos dificilmente têm cartões e que as pessoas de mais idade também não utilizam esse tipo de cartões. Ou seja, dos potenciais utilizadores de cartões de crédito (população ativa) existem mais de 3 cartões por pessoa. Antigamente pensávamos que uma pessoa com muitos cartões de crédito devia ser muito rica (então se fossem dourados ainda mais rica devia ser!), mas agora uma pessoa com muitos cartões é um potencial “paciente” dos serviços do Doutor Finanças.

credit-cards-2

Tem cartões de crédito mas não quer pagar por eles?

Ainda assim o facto de ter cartões de crédito não é obrigatoriamente sinal de custos. É possível fazer compras com o cartão sem pagar mais por isso. Aliás, pode até ser uma boa ferramenta de gestão do seu dinheiro.

Sabia que o cartão de crédito lhe disponibiliza dinheiro entre 20 a 50 dias sem pagar mais por isso?

Todos os cartões de crédito permitem que opte pela modalidade de pagamento a 100%. Ou seja, em vez de pagar a 5%, 10%, 15% ou 50%, pode pagar tudo de uma vez sem que lhe cobrem mais por isso. Imagine que está diante de uma oportunidade de compra, mas que não tem hoje o dinheiro disponível. Se souber que pode pagar na totalidade aquele valor no prazo de 20 a 50 dias (já explicamos mais à frente o porquê destas datas), pode comprar já hoje sem ter mais custos por isso.

Porquê 20 a 50 dias de crédito grátis?

Tudo tem a ver com a data de emissão do seu extrato da conta-cartão. Se fizer uma compra no 1º dia após a data de fecho da conta-cartão só terá de pagar esse valor depois de decorrido o mês inteiro até fechar esse novo extrato mais o prazo de pagamento que tem após o fecho do extrato. Complicado? Verifique o seguinte exemplo:

Vamos supor que faz uma compra com o cartão no dia 1 de março e que essa é a data de fecho de extrato (para o apuramento do valor em dívida). Neste caso terá 20 dias para fazer o pagamento do valor em dívida, ou seja, até ao dia 21 de março, sem que seja sujeito a qualquer juro. Mas se a compra for realizada a 2 de março, esta compra apenas será contabilizada no extrato do mês seguinte: 30 dias após o último extrato (01 de abril). Aos 30 dias de um extrato para outro mais os 20 dias que tem de prazo de pagamento, tem aqui a possibilidade de usufruir de 50 dias de crédito sem juros.

Vantagens do cartão de crédito

Se tiver a possibilidade de gerir o cartão de crédito nesta modalidade não está a incorrer em qualquer custo e até poderá usufruir de vantagens. As financeiras querem incentivar a utilização dos cartões, pois sabem que muito rapidamente se altera a forma de pagamento de 100% para outra qualquer modalidade (e assim já vai pagar juros). Para incentivarem a utilização do cartão costumam oferecer prémios para quem utilizar mais vezes o cartão: descontos, vouchers, prémios sorteados, etc.  Por isso, tenha muito cuidado para permanecer fiel ao propósito inicial de apenas utilizar o cartão na modalidade de pagamento a 100%. Se não… o barato vai sair-lhe muito caro.

Como atuar quando há descontrolo com o cartão de crédito?

thoughtful-721507_1280+1

O Doutor finanças tem assistido a vários casos de portugueses que, quase sem se aperceberam, ficaram “aprisionados” pelo cartão de crédito. É típico que, assim que surge um imprevisto, as pessoas sintam a necessidade de alterar a modalidade de pagamento do cartão. Inclusivamente, muitas vezes são os próprios bancos que incentivam à alteração da modalidade de pagamento do cartão.

Após a utilização do cartão de forma fracionada, vai estar a assumir um compromisso mensal que poderá vir a transformar-se em algo de difícil gestão no seu orçamento familiar. Se este é o seu caso saiba que o Doutor Finanças tem uma equipa de especialistas prontos para fazer uma avaliação de como estancar o problema.

Sabia que é possível reduzir as taxas de juro do valor em dívida no cartão? Já tentou reduzir as prestações com outros créditos para ganhar liquidez que lhe permita liquidar o cartão em dívida? Sabe como decidir qual o primeiro cartão a liquidar? Fale connosco para um diagnóstico gratuito.

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #cartão de crédito,
  • #cartão de crédito juros,
  • #cartão de crédito sem custos,
  • #cartões de crédito,
  • #crédito,
  • #créditos

Deixar uma resposta

2 comentários em “Saiba como utilizar o seu cartão de crédito sem custos

  1. Doutor finanças peço com música ta urgência que contactem me pois já vos envei o pedido de ajuda aguardo que me ajudem obrigada