Finanças pessoais

Sabe como calcular o seu salário líquido?

Sabe qual é o valor exato que recebe todos os meses após os descontos para a Segurança Social e de IRS. Saiba como calcular o salário líquido.

Sabe ao certo quanto é o seu salário? O valor exato que cai na conta ao final do mês? É muito comum falar-se em salário bruto ou salário base, mas estes conceitos não espelham a realidade sobre o dinheiro que tem disponível. Saber calcular exatamente o salário líquido é essencial para traçar o orçamento familiar e, assim, gerir melhor as suas despesas e poupanças.  

O salário líquido é a remuneração que recebe depois de terem sido feitos os descontos para a Segurança Social e de IRS.  

Leia ainda: Fizeram-me uma proposta de trabalho, como calcular o salário líquido? 

Como calcular o salário líquido? 

Uma vez que o salário líquido é o rendimento livre de descontos para a Segurança Social e de IRS, pode traduzir-se pela seguinte fórmula: salário bruto-descontos para a Segurança Social-descontos de IRS=salário líquido.  

Regra geral, os contribuintes descontam 11% do seu salário bruto para a Segurança Social. Já no que toca ao IRS, os descontos vão depender de alguns fatores: retenção na fonte, subsídio de alimentação, número de dependentes e situação familiar.  

  • Retenção na fonte: a taxa varia consoante os rendimentos. Quanto maior for o salário bruto, maior será o desconto de IRS; 
  • Subsídio de alimentação: o valor que recebe pode estar sujeito a deduções se for superior a 4,77 euros (caso for pago em dinheiro) ou a 7,63 euros (se o receber em cartão); 
  • Número de dependentes: o número de filhos menores a seu cargo;  
  • Situação familiar: o seu estado civil e, caso seja casado, se ambos descontam ou não.  

Visto que a retenção do IRS, aplicada ao seu salário bruto, varia consoante estes elementos, terá de verificar as Tabelas de Retenção do IRS

Para descomplicar, o Doutor Finanças pode ajudá-lo a perceber quanto vai efetivamente ganhar através do Simulador de Salário Líquido

O que preciso de saber para calcular o salário líquido? 

Para usar o Simulador de Salário Líquido e obter o valor do seu ordenado líquido, deve indicar todas as rubricas que compõem os seus rendimentos. 

Em primeiro lugar, deve saber qual é o seu salário base, mas também se tem outro tipo de rendimentos, como comissões, prémios ou outro tipo de rendimentos extra.   

Depois é preciso considerar também os subsídios de férias e de Natal e a forma como estes são pagos: se por inteiro num determinado mês ou em duodécimos, por exemplo. Existem várias modalidades possíveis relativamente ao pagamento destes subsídios.  

É também necessário ter em conta o subsídio de alimentação e a forma como este é pago, se em dinheiro ou em cartão. E, por fim, a composição do agregado familiar, que também irá influenciar o valor do seu salário líquido.  

Leia ainda: Como melhorar a literacia financeira da sua família 

Vamos a um exemplo? 

Imagine que recebe uma proposta de salário base de 1.200 euros, com subsídio de alimentação de 7 euros em cartão de refeição, e que é casado, tem dois filhos e o seu cônjuge também desconta.   

Feitas as contas, recorrendo ao Simulador de Salário Líquido, o seu rendimento líquido é de 1.166 euros. É este o valor que lhe vai cair na conta no final do mês.   

Mas, se, por exemplo, o subsídio de alimentação for pago em dinheiro, em vez de cartão, o caso já muda de figura. Dos 7 euros de subsídio diário, apenas uma parte é tributada. Recorrendo ao simulador, neste caso, o salário líquido é de 1.128,60 euros.    

No caso de o subsídio for de 4,77 euros, que é o máximo pago em dinheiro para haver isenção na tributação, o salário líquido é de 1.116,94 euros.   

Depois, também há que considerar os subsídios de férias e Natal. Se forem pagos em duodécimos, por exemplo, o salário líquido vai engordar todos os meses. Recorrendo ao exemplo inicial, o salário líquido neste caso é de 1.336 euros. Mas não se esqueça, já não vai contar com aqueles valores extra na altura das férias e do Natal, uma vez que os subsídios estão diluídos pelos doze meses do ano

Saber ao certo quanto ganha todos os meses vai tornar mais fácil traçar o seu orçamento familiar, gerir o seu dinheiro e, assim, alcançar os seus objetivos de poupança.   

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #finanças pessoais,
  • #orçamento familiar,
  • #ordenado,
  • #poupança,
  • #rendimentos,
  • #retenção na fonte,
  • #salário líquido,
  • #segurança social,
  • #simulador de salário líquido
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)