Poupança

9 formas de poupar na compra de um eletrodoméstico

Para ajudá-lo a conseguir o melhor preço/qualidade, o Doutor Finanças apresenta-lhe 9 formas de poupar na compra de um eletrodoméstico.

Natacha Figueiredo Natacha Figueiredo , 7 Agosto 2019

Renovar os nossos eletrodomésticos pode ser uma grande preocupação a nível financeiro. Seja o fogão, o frigorífico ou a máquina de lavar, hoje em dia ficar sem estes eletrodomésticos essenciais não é opção para a maioria dos portugueses. Por isso é necessário estarmos bem informados antes de fazer este tipo de investimento, e perceber como podemos poupar algum dinheiro.

Para ajudá-lo a conseguir o melhor preço/qualidade, o Doutor Finanças apresenta-lhe 9 formas de poupar na compra de um eletrodoméstico.

Analisar e comparar preços em diversas lojas

Hoje em dia são inúmeras as lojas que existem de eletrodomésticos, sejam estas com espaços comerciais físicos ou virtuais. A oferta é muita e os preços por vezes são bem distintos. Por isso, se o seu eletrodoméstico já teve melhores dias, está na altura de começar a fazer uma análise do que precisa renovar entre as várias lojas. Veja os preços, com e sem desconto, e faça uma comparação entre modelos iguais e os semelhantes antes de tomar uma decisão.

Comprar o modelo certo avaliando as suas necessidades

Muitas vezes acabamos por adquirir eletrodomésticos que acabam por não ter a utilidade que pensámos que iriam ter. Há quem tenha máquina de lavar loiça e raramente a use, e o mesmo acontece com a máquina de secar roupa. Antes de adquirir um novo eletrodoméstico pense bem se este é realmente necessário para o tipo de vida e hábitos que tem. No caso do forno, há pessoas que raramente o utilizam. Se esse é o seu caso e precisa de um forno novo, pode optar por comprar um forno elétrico que é mais barato e cumpre bem as suas funções básicas. Se não o usar muitas vezes não é muito dispendioso, mas tenha atenção que o gás natural é mais barato que a eletricidade a longo prazo.

Quanto às máquinas de lavar roupa deve pensar se realmente precisa de uma máquina com uma capacidade elevada, pois muitas vezes essa compra não se justifica se não houver assim tanta roupa para lavar. Ao comprar uma máquina com menos capacidade irá poupar uma boa quantia.

  • O modelo certo não tem que ser o mais recente

Se vai renovar os seus eletrodomésticos é normal que queira ter os modelos mais recentes. No entanto a diferença de preços entre o modelo mais moderno e o anterior é grande, e as características e funcionalidades são quase as mesmas. A compra do modelo anterior é muitas vezes uma óptima forma de poupar algum dinheiro e ter um excelente eletrodoméstico. Por norma as grandes superfícies tendem a fazer descontos nos modelos anteriores após sair um novo modelo. Esteja atento e aproveite essa oportunidade.

Criar uma poupança antecipada para comprar em saldos ou promoções

Como referido anteriormente no primeiro ponto, fazer uma vasta análise antes de tomarmos a decisão final é a tática mais inteligente para conseguirmos poupar. Se não temos dinheiro para fazer uma compra imediata, devemos juntar mensalmente um valor e aproveitarmos a época de saldos e promoções. Nessa altura faça uma nova análise para ver se encontra uma promoção ainda melhor.

Comprar eletrodomésticos novos com defeitos estéticos

Hoje em dia são várias as lojas que existem pelo país que comercializam eletrodomésticos novos, com dois anos de garantia, com pequenos defeitos estéticos. Os descontos podem variar entre os 20% e os 80%, e os defeitos nem sempre são tão notórios como podemos pensar. As grandes superfícies não podem vender eletrodomésticos sem caixas, proteções, riscos ou amolgadelas. Por isso algumas lojas aproveitam e dedicam-se à venda de eletrodomésticos novos com estes pequenos defeitos. Se não se importa com um pequeno risco ou toque, esta pode ser uma óptima oportunidade de comprar um excelente eletrodoméstico com um bom desconto.

Comprar eletrodomésticos usados com garantia

Um pouco por todo o país têm aparecido algumas pequenas lojas que vendem eletrodomésticos usados com garantia entre 3 meses a 1 ano. Este tipo de loja compra aparelhos usados, faz a revisão e manutenção dos mesmos, e coloca-os novamente à venda com um período de garantia. Para quem não tem a possibilidade de comprar um eletrodoméstico novo, os usados com garantia são uma óptima opção. Procure sempre saber o feedback de outros compradores, seja nas redes sociais ou no próprio site da marca.

Comprar eletrodomésticos através da troca económica

Embora nem todas as lojas ofereçam este tipo de campanha, existem superfícies comerciais que aceitam os eletrodomésticos velhos na compra de um novo, oferecendo um desconto na nova aquisição. Este tipo de campanha pode ser muito vantajosa, pois não só se consegue livrar do seu antigo eletrodoméstico sem grandes chatices, como ainda consegue um bom desconto na sua nova aquisição. Esteja atento a este tipo de campanha quando quiser renovar os seus eletrodomésticos.

Eletrodomésticos de exposição podem ser mais baratos

Assim como os eletrodomésticos com defeito, os produtos de exposição podem ser vendidos a um preço promocional. Se estiver interessado num determinado modelo que esteja em exposição, e se este for o último pode conseguir negociar o valor do mesmo. Existem lojas que fazem sempre essas promoções, mas em outras pode ter que dar início a uma pequena negociação. Não custa nada tentar a sua sorte, e sendo um artigo de exposição existem vários motivos para que o preço não seja o original, como o manuseamento do aparelho pelos clientes e o seu respectivo desgaste.

No comércio de rua pode conseguir negociar o preço

Nas grandes superfícies por norma não existe espaço para negociações, pois as marcas estão constantemente a fazer campanhas promocionais. No entanto o comércio de rua tende a funcionar de forma diferente, e com uma maior proximidade dos seus clientes. Se é cliente habitual de loja de eletrodomésticos de rua, não perde nada em pedir um desconto ou tentar negociar o preço na compra de dois produtos. Pode não acreditar, mas quem pede descontos com bons argumentos, acaba por consegui-los muitas vezes.

Escolher o modelo a pensar numa poupança a longo prazo

Ao comprarmos um eletrodoméstico não devemos apenas pensar na poupança imediata, mas também na poupança a longo prazo. Optar por um eletrodoméstico pela classificação A+, A++ ou A+++ é sempre a melhor opção a longo prazo. Sem dúvida que pagará mais de imediato, mas irá reaver o seu dinheiro na poupança das contas de água, eletricidade e gás. Sempre que possível deve também optar por comprar eletrodomésticos a gás natural. O gás natural sai mais barato a longo prazo, devido aos preços praticados pelas companhias.

Leia ainda: Deixa os seus equipamentos em standby? Optimize e poupe dinheiro

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #como poupar em casa,
  • #poupar em eletricidade,
  • #poupar em eletrodomesticos

Deixar uma resposta