Utilidades

Deixa os seus equipamentos em standby? Optimize e poupe dinheiro

Este artigo ajuda-lhe a perceber de que forma pode optimizar a energia gasta em casa, não deixando os equipamentos em standby.

Rui Aspas Rui Aspas , 26 Junho 2019

Se deixa os seus equipamentos electrónicos em standby, saiba que poderá estar a gastar mais dinheiro. Optimize o seu gasto de energia (e a sua carteira!)

Com certeza já ouviu falar na função de standby, muito relacionada com o facto de deixarmos aparelhos eletrónicos com uma luzinha vermelha acesa. Luzinha essa que se deixada sempre ligada de cada vez que desligamos um aparelho, representa um acréscimo de despesa ao orçamento familiar e em alguns casos, desequilibra o planeamento feito ao longo ano, onde a poupança é um dos objectivos principais.

Optar por desligar tudo ou quase tudo no interior de uma habitação é meio caminho para se baixar na fatura da eletricidade.

Através de simples gestos como por exemplo a eliminação do consumo em standby, pode significar o início de um caminho de poupança eficaz que lhe pode igualmente evitar despesas desnecessárias. Se utilizar corretamente a função standby, pode poupar por ano, cerca de 160 euros.  

Aprender a utilizar a função standby de uma forma correcta e mais eficiente, não custa nada. Custa literalmente se continuar a ver nesta função uma espécie de inimiga da poupança e não uma aliada. Até porque tem tudo a ganhar com o uso mais inteligente da função referida.  

Convém saber que anotar o consumo de eletricidade dos aparelhos com standby, registando os valores que estão presentes na fatura da eletricidade, é o primeiro passo para se saber quanto se pode começar a poupar.  

A partir deste registo pode passar à acção, começando por desligar todos os aparelhos com standby: televisão, box , router, impressora, microondas, máquina do café.

Assim, quais as medidas a tomar para que a poupança seja significativa ao fim de ano?  

  1. Evite sempre que possível limitar o desligar dos aparelhos recorrendo apenas ao controlo remoto. 
  2. Efectuar uma gestão mais otimizada de recursos energéticos sempre que tiver necessidade de utilizar o computador, recorrendo para tal à função de Gestão de Energia, que se localiza no Painel de Controlo, onde pode ajustar as opções de programação do monitor, para que o mesmo se desligue ao fim de alguns minutos. Pode inclusive, colocar o disco rígido em modo de hibernação, caso o computador esteja algum tempo sem qualquer utilização. Saiba que ao activar o modo de hibernação, o consumo do computador baixa para os 70%. Quando pretender reactivar o funcionamento do PC, apenas tem de carregar no botão ligar.  
  3. Desligue a impressora, scanner, fotocopiadora e colunas da tomada, caso não estejam a ser usadas 
  4. Opte por comprar tomadas com interruptor. A aquisição de uma tomada com interruptor representa um investimento na ordem dos 15 euros e permite anular o consumo em modo standby de todos os equipamentos que nela estejam ligados.  
  5. Evite comprar eletrodomésticos que contenham mostradores elétricos onde o funcionamento destes seja constante tais como: microondas ou fornos de cozinha com relógios.
  6. Na aquisição de equipamentos, verifique se os mesmos contêm o rótulo Energy Star.  
  7. Escolha sempre lâmpadas com função LED em vez das tradicionais. O investimento inicial pode ser ligeiramente alto mas a longo prazo vai ver que compensa.  
  8. Não deixe o telemóvel a carregar durante a noite.  

Estas são apenas algumas das medidas que pode começar a colocar em prática, para poupar mais uns euros ao final de cada ano na sua fatura de eletricidade. O consumo nunca fica reduzido a zero, mas no final vai notar a diferença.

Estima-se que o uso ineficaz ou até mesmo o mau uso, relacionado com os aparelhos com o modo standby ligado, represente uma fatia muito considerável dos gastos diários das famílias, podendo ser adotados comportamentos que contribuam para modificar este paradigma.  

Os gastos com a energia (gás e eletricidade), estão integradas na categoria das despesas fixas dos agregados familiares, sendo por isso incontornáveis e por vezes complicados de reduzir. No entanto, é sempre possível poupar nestas situações, bastando para isso que os padrões de comportamento relativos a este tipo de consumo se modifiquem, ajudando a que estes encargos fixos sejam menores.  

Poupe energia e poupe na sua carteira.

Ler mais artigos sobre o mesmo tema:

Como poupar na fatura da luz e no aquecimento

Como ler a fatura da eletricidade

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #dicas de poupança de energia,
  • #eficiência energética

Deixar uma resposta

Um comentário em “Deixa os seus equipamentos em standby? Optimize e poupe dinheiro