Neste artigo deixo-lhe algumas dicas úteis e pormenores a ter em conta antes de escolher o seu seguro automóvel. A escolha do melhor seguro não deverá focar-se apenas no preço mas antes na relação entre o prémio e as coberturas (e exclusões). Conheça de seguida os pormenores a que é importante atender, pois podem tornar caro um seguro aparentemente barato ou mesmo dores de cabeça inesperadas.

Pedro Pais é o fundador do financaspessoais.pt e do forumfinancas.pt. O Pedro é um dos maiores promotores de literacia financeira em Portugal contribuindo com centenas de artigos, ferramentas e simuladores que ajudam as pessoas a poupar, a investir ou a decifrar os mistérios da fiscalidade.

Bónus/agravamentos do seu seguro automóvel

Um dos factores que não costuma ser analisado com atenção é o dos bónus / agravamentos. Nos seguros automóveis os condutores com poucos (ou nenhuns) sinistros ao longo dos anos são beneficiados, sendo que o valor do bónus pode chegar a 50% ou mais do prémio, ao fim de vários anos. Adicionalmente, dependendo da companhia seguradora certo tipo de sinistros pode não provocar agravamento do prémio (como por exemplo a quebra isolada de vidros).

Embora não se possa antever com certeza se terá muitos ou poucos sinistros ao longo do tempo, ter em atenção o modelo de funcionamento de bonificações/agravamentos dos seguros que estiver a contemplar é simples e pode ajudá-lo a decidir.

Limites das coberturas

Embora o tema das coberturas incluídas em cada seguro seja já amplamente conhecido, é também importante conhecer os limites existentes, especialmente na assistência em viagem ao veículo e aos seus ocupantes, cujo impacto real pode só vir a conhecer numa altura de maior aperto.

Imagine que é do Porto e está de viagem pelo Algarve. No dia do seu regresso, véspera de voltar ao trabalho, o carro avaria. Ao telefonar para a assistência em viagem, dizem-lhe que o valor que tem disponível para reboque do seu carro de volta ao Porto não é suficiente, pelo que terá de pagar mais €170.

Como pode ver, numa situação destas um seguro barato pode facilmente tornar-se caro, além de poder causar inconvenientes desejados. Portanto, para além das coberturas, é da maior relevância conhecer os limites das coberturas.

A propósito deste tema, sugerimos também a leitura do artigo sobre plafond de reboque, no Contas Poupanças.

Fiabilidade da seguradora

Desejamos que nunca seja preciso, mas quando temos um acidente ou outro tipo de sinistro queremos que o serviço da seguradora que escolhemos funcione como esperado. Para ajudar a formar a sua opinião sobre uma seguradora, sugerimos que:

  • Consulte os tempos médios de regularização de sinistros. Cada seguradora é obrigada a disponibilizar informação sobre o tempo que demora nas diversas fases da regularização dos sinistros, o que ajuda a perceber se é diligente.
  • Peça a opinião de alguns amigos/familiares, sobre eventuais experiências que possam ter com a seguradora.
  • Visite o Portal da Queixa, onde pode verificar se existem muitas queixas relacionadas com a seguradora e, talvez ainda mais importante, como lida a seguradora com as reclamações.

Nem todas as seguradoras são iguais

Um último pormenor que acaba por ser um “pormaior”. Nem todas as companhias de seguros são idênticas. Cada qual tem o seu posicionamento e a sua forma de funcionamento. Umas dedicam-se mais a determinados ramos outras são mais fortes noutros. No entanto, um fator distintivo que tem impacto na sua carteira é a presença online.

Companhias de seguros como a N Seguros ou a Seguro Direto não têm balcões (e consequentemente, têm menores custos operacionais), o que lhes permite ser mais agressivas nos preços que praticam. Porque não começar já a poupar no seu seguro automóvel? Já agora, conheça aqui as nossas dicas para poupar em todos os seus seguros.

Tem experiência com estas seguradoras? Tem mais dicas de poupança no seguro auto? Partilhe na caixa de comentários abaixo e ajude mais leitores a poupar dinheiro nos seguros.