Vida e família

Casa segura para as crianças: 32 medidas a não esquecer

Se tem crianças em casa, sabe que todos os cuidados são poucos. Mas é possível tornar a sua casa segura para as crianças.

Vida e família

Casa segura para as crianças: 32 medidas a não esquecer

Se tem crianças em casa, sabe que todos os cuidados são poucos. Mas é possível tornar a sua casa segura para as crianças.

As crianças são os seres mais curiosos do mundo, a sua curiosidade não tem limites. Para elas, tudo é novo e gostam de explorar qualquer local ou objeto. Por conseguinte, todo o cuidado é pouco,

Mesmo que, aparentemente, possam estar livres de perigo, existem sempre algumas ameaças em casa que podem passar despercebidas. Isto é, um pequeno descuido pode originar um problema, pelo que é imperativo tornar a sua casa segura para as crianças.

Assim sendo, reunimos algumas dicas para que possa estar mais descansado em sua casa, sem ter de estar, constantemente, preocupado com a segurança dos seus filhos. Contudo, fica o alerta: nenhuma dica, por mais importante que seja, substitui uma boa vigilância dos seus “traquinas”. Os acidentes domésticos previnem-se mas, ainda assim, acontecem.

Leia ainda: Literacia Financeira Infantil: Aproveitar as férias para ensinar os seus filhos

32 medidas para tornar a casa segura para crianças

1. Proteja as tomadas elétricas

As crianças gostam de mexer em todo o lado e qualquer objeto ou orifício que vejam desperta a sua atenção. Assim, evite um dos acidentes mais comuns, recorrendo a protetores. Se possível, esconda qualquer fio elétrico da vista dos seus filhos e use calhas para esse efeito.

2. Use travões ou batentes para as portas e gavetas

Abrir portas e gavetas é um dos passatempos preferidos de qualquer criança (minimamente) curiosa. Assim, é frequente os pequeninos entalarem os dedos, pelo que é conveniente colocar travões ou batentes para evitar este tipo de acidente.

3. Protetores de cantos e esquinas de móveis

Inesperadamente, as crianças podem cair, tropeçar e bater com a cabeça nos mais variados sítios da casa. Logo, entre os pontos de maior perigo estão os cantos e esquinas dos móveis. Portanto, para evitar este perigo, coloque protetores de cantos para evitar cabeçadas ou algum tipo de hematoma.

Leia ainda: 5 hábitos para proteger as crianças quando utilizam a internet;

4. Feche as portas dos armários

Outro perigo iminente, é o fácil acesso das crianças a determinados produtos que mal manuseados (contacto com olhos e mãos) ou ingeridos, podem trazer graves consequências. São disso exemplo, os produtos de higiene e limpeza. Assim, as portas dos armários onde guarda estes produtos devem estar bem fechadas e fora do seu alcance.

5. Casa segura para as crianças com cuidados redobrados com janelas

As janelas são muito apelativas para qualquer criança. Mas, o problema é que não têm noção do perigo que estas representam. Deste modo, evite deixar as janelas abertas e, se as abrir, faça-o por pouco tempo e limite ao máximo a sua abertura. Este cuidado aplica-se igualmente se tiver uma varanda ou terraço. Assim, não tenha qualquer tipo de móvel perto de uma janela, pois é meio caminho para a criança subir e chegar à janela.

6. Cancelas em todas as escadas

Coloque cancelas nas escadas de modo a evitar que a criança suba ou desça sem a sua presença. Pode ainda, usar uma cancela na porta do quarto para evitar, por exemplo, uma saída inesperada a meio da noite.

7. Privilegie móveis embutidos ou fixos

Para não correr o risco de algum móvel cair em cima dos seus pequeninos, fixe os móveis à parede de modo a que não possam ser deslocados. Ainda assim, as crianças tendem a explorar e trepar os armários. Caso este não seja pesado e não esteja fixo a uma parede, existe, mesmo, o perigo de cair.

Alternativamente, se possível, opte por armários embutidos. Desta forma, pode resolver, imediatamente, o perigo destes caírem em cima da sua criança.

8. Chaves longe também fazem uma casa segura para as crianças

Perder uma chave causa sempre algum transtorno. Por isso, coloque-as longe do olhar das crianças. Caso contrário, se tem uma chave num qualquer ponto acessível, certamente, mais tarde, ou mais cedo, a criança vai encontrá-la.

Leia ainda: Guia de ferramentas para entreter as crianças durante o isolamento;

9. Numa casa segura para crianças há cuidados extra com cortinas

Definitivamente, as crianças gostam de brincar com tudo, e uma simples cortina pode originar um acidente. Afinal, ao brincarem, podem enrolar os fios no pescoço, correndo o risco de sufocar. Assim, utilize cortinas sem cordas ou fios para evitar que o seu filho ser magoe.

10. Mantenha os tapetes fixos ao chão

Pois é, as crianças adoram e sentem necessidade de correr, e a qualquer momento os pequeninos podem escorregar num tapete e sofrerem uma queda, correndo o risco de se magoarem. Coloque em todos os tapetes borrachas antiderrapantes. O risco de acidente é tanto maior quanto mais pequeno for o tapete.

11. Guarde todos os objetos de pequena dimensão

Qualquer coisa serve e desperta a atenção de uma criança para mexer ou tocar com as mãos. Assim, para evitar dissabores, guarde todos os objetos e mantenha-os longe dos seus filhotes. Por exemplo, velas, molduras e outros objetos decorativos devem ser colocados em armários altos.

12. Na casa segura para as crianças há menos plantas

Tem plantas? Atenção, existem determinadas plantas que podem ser tóxicas para crianças. Informe-se. O ideal, é que as mantenha longe das crianças, ou, se possível, não tenha plantas. Bem como, nunca se sabe quando passa pela cabeça do seu filho saborear uma folha!

13. Eletrodomésticos e utensílios de cozinha fora de alcance

Em primeiro lugar, nunca deixe qualquer utensilio de cozinha nos limites da sua bancada. A qualquer momento, a criança pode chegar-lhes e deixá-los cair ou entornar alguma coisa. tenha também atenção a tachos ou frigideiras que estejam ao lume.

14. Casa segura para as crianças tem eletrodomésticos bloqueados

Caso seja possível, bloqueie os eletrodomésticos sempre que não estiverem a ser utilizados. Por conseguinte, tenha especial cuidado com o fogão, forno ou frigorifico.

Leia ainda: Sim as crianças também podem e devem colaborar;

15. Mantenha objetos cortantes fora de alcance

Da mesma forma, se quer manter a casa segura para as crianças, deve ter presente que, quando querem, chegam a qualquer lugar. Nesse sentido, não tenha objetos cortantes à vista, mantenha tudo em armários e gavetas bem fechados.

16. Utilize trancas para o forno e tampas para fogão

Evite que as crianças se queimem quando estes aparelhos estão ligados. Impeça o acesso. Isto é, quando não está a cozinhar, retire os botões do fogão para evitar que o seu filho possa usá-los e assim se queimar. Se tiver uma placa de indução, então desligue no quadro elétrico quando não está a usá-la.

Criança sentada no chão a ver a máquina de lavar roupa a funcionar

17. Coloque fechos de segurança no tampo da sanita

Para evitar que a criança possa brincar com água da sanita ou até cair nela, nunca deixe a tampa da sanita levantada. Em seguida, se possível, instale fechos de segurança no tampo da sanita.

18. Tome atenção aos ímanes no frigorifico

Se tem ímanes no frigorífico, mantenha-os em altura inacessível à criança. Eles não são apenas engraçados para si, também o são para as crianças. Acima de tudo, há o risco de os meter na boca e é grande o perigo de causar asfixia.

19. Cuidado com toalhas e panos em cima de móveis

Não tenha em cima de qualquer móvel ou bancada nenhuma toalha ou pano, muito menos com objetos em cima. A qualquer momento, um simples puxar e lá vêm os objetos todos para o chão…

Leia ainda: Literacia financeira infantil: Como falar de dinheiro com crianças?

20. Coloque reguladores de temperatura para a água

As crianças adoram abrir torneiras. Assim, para evitar possíveis queimaduras com água a ferver, utilize reguladores de temperatura para a água.

21. Coloque tapetes antiderrapantes na banheira ou poliban

Em primeiro lugar, para evitar acidentes durante o banho da sua criança, use tapetes antiderrapantes.

22. Mantenha fora do alcance produtos de limpeza

Os produtos de limpeza são muitos perigosos, pois, regra geral possuem lixívia ou outro desinfetante, ideais para limpeza, mas muito perigosos em caso de ingestão. Então não facilite e tenha-os bem longe do olhar dos seus filhos. Nunca coloque detergentes nos armários baixos, mas sim no topo.

23. Casa segura para as crianças não pode ter pilhas

Hoje em dia, existem pilhas nos mais diversos equipamentos (comandos, brinquedos, etc.). Por conseguinte, tenha-as bem guardadas e longe das crianças. Por outro lado, uma pilha ingerida pode causar sérios problemas. Ainda assim, certifique-se de que os seus pequenos não conseguem abrir estes equipamentos e mantenha as caixas de pilhas novas bem fechadas e fora do alcance.

24. Coloque fita adesiva nos comandos

No seguimento do ponto anterior, preste sempre cuidado com os comandos da TV e box. Assim, coloque fita adesiva em todos os comandos da casa para os seus filhos não terem acesso às pilhas.

25. Barreira de segurança na cozinha

A cozinha é certamente o local mais perigoso na casa. Assim, deve ponderar colocar uma barreira de segurança para quando não está presente. Dessa forma, as crianças não vão ter acesso a esta divisão da casa.

26. Casa segura para as crianças: máquina de lavar loiça vazia

Primeiramente, deve ter sempre este equipamento bloqueado. Em seguida, procure deixar a máquina de lavar loiça sempre vazia após cada utilização.

Leia ainda: Ori€nta-te: O projeto que mete os mais novos a pensar a literacia financeira

27. Barreira de segurança para lareira

Se tiver uma lareira em casa, então tenha uma barreira de proteção para evitar que o seu pequeno se possa queimar. Isto porque, é natural que, ao acender a lareira, o seu filho fique curioso com as chamas.

28. Televisão fixa ou fora do alcance

Tenha sempre as suas televisões fixas à parede ou em ponto inalcançável para a sua criança. Isto porque, este equipamento é muito fácil de tombar e o risco de cair em cima do seu filhote é enorme. Em suma, evite estragar uma TV e correr o risco do seu filho se magoar.

29. Berço seguro e de qualidade

Assegure-se que o berço ou cama estão bem montados. Afinal, as crianças têm tendência a trepar e tentar escapar do berço, pelo que é importante que este seja de boa qualidade e que os parafusos estejam bem apertados.

30. Casa segura para as crianças com brinquedos arrumados

Mantenha sempre os brinquedos arrumados de forma a evitar que os pequenos tropecem e se magoem.

31. Casa segura para as crianças: proteja as torneiras

Proteja as torneiras, especialmente no banho, com borracha ou silicone para evitar que o seu filho se possa magoar.

32. Mantenha o piso seco

Nunca deixe o piso molhado, seja em que divisão for. Isto porque, um piso escorregadio é meio caminho para cair e a criança magoar-se. Portanto, preste especial atenção à casa de banho, se o chão estiver molhado passe um pano seco ou esfregona. Ainda assim, utilize ainda tapetes antiderrapantes, em especial nesses locais.

Certamente, muitas destas recomendações já são utilizadas em sua casa, mas no que toca a crianças, nunca é de mais relembrar. 

Por fim, se quer entender realmente os perigos para as crianças que podem existir dentro de casa, faça este pequeno jogo mental: percorra toda a sua casa e imagine tudo o que poderia fazer se fosse uma criança. Vai ficar com uma melhor noção dos locais ou objetos que representam uma ameaça.

Leia ainda: Qual a idade que deve dar dinheiro ao seu filho e ensiná-lo a poupar

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)