Vida e família

Guia de ferramentas para entreter as crianças durante o isolamento

Está isolado com crianças há pouco mais de uma semana e já esgotou todas as suas ideias? Este artigo é para si!

Adriana Cabrita Adriana Cabrita , 24 Março 2020

Há mais de uma semana que os portugueses viram-se “obrigados” a alterar grande parte das suas rotinas diárias, passando a estar em isolamento em casa. Muitas foram as medidas implementadas pelo Governo para proteger empresas e famílias do Covid-19. As escolas fecharam, foi implementado o teletrabalho em grande parte das empresas, os parques fecharam e as saídas à rua estão muito limitadas.  

Perante este cenário, são muitos os pais que estão de quarentena com os seus filhos em casa, o que torna a tarefa ainda mais complicada. Para aqueles que estão em teletrabalho, a concentração e a produtividade tornam-se numa missão mais difícil do que a do 007, e mesmo para aqueles que têm a disponibilidade para os mais pequenos, a criatividade também começa a faltar.

As tardes de cinema, os colos, os jogos de tabuleiro, os mimos e as brincadeiras parecem não ser suficientes. Uma vez que, além de ter que gerir a sua ansiedade, passa também a ter que gerir a agitação dos mais pequenos.  

Crianças a verem um filme e a comerem pipocas

Leia ainda: Covid-19: Saiba como (sobre)viver ao isolamento sem ansiedade

Reunimos um guia com várias ferramentas úteis e divertidas para que as crianças possam fazer durante este período de isolamento e mesmo até depois dele.

Este é o índice do nosso guia, que passa por várias áreas de ensino e interesse:

  1. Recorrer ao ENSINO VIRTUAL 
  2. Aprender LÍNGUAS
  3. VIAJAR pelo mundo(sem sair de casa)
  4. Fazer EXERCÍCIO FISÍCO
  5. Converter-se no maior CIENTISTA e ENGENHOCAS do mundo
  6. Tornar-se no melhor ouvinte de HISTÓRIAS INFANTIS
  7. Dominar a MATEMÁTICA
  8. Dar espaço à ASTRONOMIA
  9. Dar MÚSICA aos ouvidos
  10. Colocar em dia o que já passou à HISTÓRIA
  11. Ter o mundo GEOGRÁFICO na palma da mão
  12. Transformar-se num pequeno, grande ARTISTA

1. Recorrer ao ENSINO VIRTUAL 

Com o encerramento dos estabelecimentos de ensino, decretado pelo Governo como resposta à propagação do coronavírus, começaram a ser pensadas medidas excecionais para esta situação pelo qual o país está a passar. São vários os professores que optaram por manter o contacto com os seus alunos, fazendo algumas videochamadas e passando matéria e exercícios para estes fazerem. Ainda assim, para facilitar o ensino, algumas empresas disponibilizaram as suas plataformas online de forma gratuita, para que se possam dar e receber aulas, bem como ter acesso a conteúdos exclusivos e a manuais escolares. E são elas:

Porto Editora: A empresa deu acesso gratuito a todos os alunos e professores dos ensinos básico e secundário, à sua plataforma de e-learning Escola Virtual, como forma de diminuir o impacto negativo que a pausa letiva forçada, mas necessária, possa ter nas aprendizagens nesta fase do ano letivo. Para ter acesso, basta proceder a um registo simples, em que apenas é necessário identificar o estabelecimento de ensino e o ano de escolaridade, disponibilizando-se de imediato os conteúdos da plataforma e as versões digitais dos manuais escolares. 

Leya: Também a editora Leya decidiu abrir o Banco Aula Digital gratuitamente a todos os professores e alunos, de forma a permitir que o ensino à distância seja facilitado. Através desta plataforma é possível ter acesso a vídeos, apresentações, atribuir tarefas e testes, enviar recursos aos alunos, entre outras tantas coisas. Estes recursos estão organizados por ciclo, ano, disciplina e temas, permitindo assim uma pesquisa simples. Além disto encontra também, na área Biblioteca, os manuais escolares do grupo LeYa adotados na escola, em formato digital. Pode ainda, fazer a busca por uma pesquisa livre: cruzando conteúdos com outras disciplinas. 

Khana Academy: Trata-se de uma organização sem fins lucrativos que tem como missão proporcionar uma educação gratuita e de qualidade a todos, em qualquer parte do mundo. Os conteúdos da Khan Academy são criados por especialistas americanos e adaptados para o contexto português pela Fundação Altice, com a validação dos vídeos pela Sociedade Portuguesa da Matemática e dos exercícios pela Associação de Professores de Matemática. 

criança a ter aulas online

Leia ainda: Escolas fechadas, filhos em casa. Como pedir o apoio à Segurança Social

2. Aprender LÍNGUAS 

Este pode ser um bom momento para as crianças se dedicarem à aprendizagem e ao aperfeiçoamento de outras línguas. Assim, no fim de tudo isto, vão poder dizer a esta pandemia: “Addio, adieu, aufwiedersehen, goodbye”

Plataformas:

Duolingo: Aprender com o Duolingo é fácil e viciante. Aqui é possível aprender inglês, espanhol, francês, italiano ou alemão através de aulas breves e eficazes. Esta plataforma também já está disponível para que os professores possam dar aulas. Para além do website, também está disponível para IOS e Android.  

BBC Wonder: O BBC Wonder é um verdadeiro mundo. Aqui, onde o conteúdo é em inglês, pode aprender desde a Primeira Guerra Mundial até à Teoria do Big Bang. Aqui vai poder encontrar guias interativos de estudo para muitas disciplinas e níveis escolares. Pode ainda contar com uma secção de programas feitos especialmente para escolas.  

Khan Academy Kids: Com um programa educacional gratuito e divertido, destinado a crianças dos 2 aos 7 anos. Com muitas atividades, livros e vídeos.  

Oxford Owl: Para além de inglês, no Oxford Owl pode aprender outras temáticas como a matemática, escrever e ler histórias, entre outras atividades. Pode ainda descarregar e-books de forma gratuita.  

Toy Theather: Se pretender algo mais simples, dividido por níveis, e que os mais pequenos possam aprender a brincar, o Toy Theather é uma boa ferramenta.  

3. VIAJAR pelo mundo (sem sair de casa) 

Criança com um mapa mundo

Outra consequência do Coronavírus foi o cancelamento de vários espetáculos, o encerramento de museus, teatros, jardins, entre outros sítios públicos e sociais, evitando assim a concentração de pessoas.  No entanto, ainda é possível ir passear com a pequenada aí de casa. Basta sentarem-se confortavelmente no vosso sofá que, à distância de um clique, vão poder visitar vários sítios em Portugal e no mundo.

Plataformas:

Google Arte e Cultura: Através desta plataforma, e em união com mais de 500 museus por todo o mundo, é possível visitá-los de forma gratuita e virtual, poupando-se assim nos bilhetes e nas filas.  

Oceanário de Lisboa:  O Vasco, que vive no Oceanário de Lisboa, convida os mais pequenos e a sua família, a mergulharem com ele numa divertida aventura pelos oceanos e a conhecer as espécies que lá habitam. Incluí jogos e atividades.  

Earthcam A Earthcam é uma rede global de webcams de transmissão que tem como objetivo transportá-lo para locais únicos no mundo. Diga adeus aos dias em que não pode sair de casa com as crianças. Basta perguntar para que parte do mundo querem ir - ver os elefantes a Bali ou a Estátua da Liberdade aos EUA, por exemplo - apertarem os cintos e prepararem-se para a maior viagem virtual de sempre.  

4. Fazer EXERCÍCIO FISÍCO 

Uma vez que as crianças tiveram que quebrar muitas das suas rotinas, leva a que neste momento tenham um estilo de vida mais sedentário. É importante que continuem a exercitar o seu corpo e mente, gastando energia e mantendo-se saudáveis. 

Meninas a fazer ballet

Aqui fica um circuito de plataformas online:  

Born to Move da Les Mills: Faça exercício em família de forma gratuita. Aqui pode encontrar desde aulas de dança, artes marciais até yoga. Como as aulas estão organizadas por idades, pode optar por fazê-las todos juntos ou deixar os miúdos entretidos com os instrutores enquanto aproveita para se dedicar a outras coisas.  

SportacusUm super-herói que põe todos a mexer, até aqueles mais preguiçosos. Fazer exercício físico nunca foi tão fácil e divertido. Também conta com vários vídeos disponíveis no youtube.  

Tik-tok: Uma das aplicações mais simples e faladas do momento. Aqui pode encontrar vídeos com danças e coreografias que podem praticar para gravar os vossos próprios vídeos. Podem também inventar coreografias e criar TikToks novos! 

Just Dance Now: Transformar a sua sala numa verdadeira pista de dança e os seus filhos em autênticos Justins Timberlake e Beyoncés nunca foi tão fácil. Um jogo que conta com mais de 500 coreografias, desde os hits mais atuais aos bons, velhos e clássicos. 

Yoga com animais para crianças - Smile and Learn: Através de uma história com animais muito divertida, as crianças praticam diferentes posturas de yoga e treinam a respiração. 

5. Converter-se no maior CIENTISTA e ENGENHOCAS do mundo 

crianças a fazerem experiências

Ser um Einstein, um Newton ou um Stephen Hawking tem muita ciência. É necessário muito estudo, trabalho e conhecimento. Por isso, juntámos algumas plataformas de STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) para ajudar os engenhocas aí de casa a tornarem-se os maiores cientistas de todos os tempos:

Manual do Mundo: O Manual do Mundo tem com obejtivo descomplicar a ciência e torná-la divertida. Aqui é possível encontrar artigos, receitas de outro mundo, como pregar partidas orginais, fazer brinquedos ou até mesmo truques de magia. Desde 2008 no mercado, o Manual do Mundo está à frente de um dos maiores canais de ciência e tecnologia do youtube.   

Era Uma Vez: Esta série de desenhos animados familiar a muita gente, pois data de 1987, continua a ser bem atual no que toca aos seus conhecimentos. Aqui as personagens do bem representam as células que compõem os sistemas do corpo e mecanismos, enquanto os personagens do mal representam os vírus e as bactéria que ameaçam atacar o corpo. 

The Dad Lab: Sergi, criador o The Dad Lab, pode não ser cientista, mas é pai de duas crianças que adoram criar e inventar. Por isso, criou um canal de youtube para ajudar outros pais a desenvolverem a criatividade e conhecimento dos pequenos curiosos. E, a boa notícia é que, para transformar a sua casa num verdadeiro laboratório, vai apenas precisar de coisas simples que pode encontrar pela sua casa.  

Ciência em casaEste website ensina conceitos como a densidade, tensão superficial, pressão, ebulição e a sua confeção a partir de experiencias simples. Por exemplo, os mais pequenos vão poder aprender a fabricar sabão, para garantirem que lavam sempre bem as mãos.   

6. Tornar-se no melhor ouvinte de HISTÓRIAS INFANTIS 

Qualquer dia é um bom dia para dar ouvidos aos pais, principalmente se estes contarem umas boas histórias. 

Pai e filho no tablet

Se já está sem criatividade ou se numa só semana esgotou todos os livros infantis aí de casa, nós damos-lhe uma ajuda:   

Histórias para os mais pequeninos: Um blogue cheio de histórias, textos e reflexões para os mais pequeninos.  

Bebé atual: Um cantinho online para todos os pequeninos aí de casa. Com músicas, contos e histórias infantins, mas também com muitos artigos e dicas para os seus tutores.  

ABC do bebé:  Um manual de contos infantis, contos de fadas e fábulas para toda a família. O ABC do Bebé é ainda um site de caráter informativo dirigido aos pais, futuros pais e profissionais do sector. 

Inkspired: Esta é uma plataforma social de escrita para ler e escrever. Através dela pode ter acesso gratuito a milhares de histórias incríveis, comics e séries de livros. Pode instalar no seu telemóvel e ler as histórias aos mais pequenos em qualquer lugar (da casa, claro).  

7. Dominar a MATEMÁTICA 

Para somar momentos em família, subtraír birras, dividir sorrios e multiplicar a diversão, é importante que os pequenos saibam dominar bem os conceitos matemáticos. E como resolver o problema? Aqui tem a solução: 

Matific: O Matific é um conjunto de atividades de matemática online que ensina os alunos a resolver problemas e a desenvolver o pensamento crítico através da descoberta. Foi comprovado academicamente que melhora os resultados dos testes e reduz a ansiedade. 

Maths is Fun: Através desta ferramenta online, aprender matemática vai ser fácil e divertido. Um site que explica conceitos matemáticos, que tem jogos, quebra-cabeças, fichas de trabalho, entre outras coisas. 

8. Dar espaço à ASTRONOMIA 

Tanto para as crianças que andam com a cabeça na lua, como para aquelas que têm os pés bem assentes na terra, o mundo da astronomia é sempre uma boa opção. Para que não ande às voltas na internet, tal como a terra anda do sol, deixamos-lhe logo com o espaço ideial para as crianças aprenderem mais sobre esta temática: 

NASA Kids’Club: Esta página como pertence ao site oficial da Nasa, está em inglês. Portanto, para além de este ser um sitio com jogos e ensinamentos sobre a NASA, também pode ser um excelente aliado para aprender inglês.   

Astronauta desenhado a giz e cereais estrelitas

9. Dar MÚSICA aos ouvidos  

Durante esta quarentena, foram muitos os artistas que se juntaram para dar música às famílias portugueses através de concertos nas suas redes sociais. No entanto, todos os sucessos da música infantil estão numa só página, no Rádio Recreio. Uma rádio com as melhores playlists para brincar e aprender! 

10. Colocar em dia o que já passou à HISTÓRIA 

Aprender história não tem que ser complicado, nem chato, pelo contrário. Já são várias as ferramentas disponíveis online que ajudam a que os mais pequenos percebam de uma forma divertida e intuitiva a História do mundo. Assim, e enquanto este vírus não passa à história, para além de estarem a aprender e a se dotarem de conhecimentos, estão ainda a evitar mergulhar nos acontecimentos da atualidade. 

DGP Mundo: Um canal de youtube e que fala sobre a História de Portugal e de todo o mundo, de uma maneira simples e indicada para os mais pequenos (e também graúdos), através das suas ilustrações animadas. Assim, quando regressarem às aulas, vai ser fácil fazerem história.  

11. Ter o mundo GEOGRÁFICO na palma da mão  

Criança a ver o um globo

Para aquelas crianças que querem conhecer o mundo como os quatro cantos da casa, basta explorarem os seguintes websites: 

Seterra Geography: Uma plataforma educativa online de geografia com mais de 200 quizzes sobre países, capitais, bandeiras, oceanos, lagos e muito mais. 

World Geography Games: Para pequenos e graúdos, este plataforma oferece jogos com perguntas desafiantes e divertidas para melhorarem o conhecimento geográfico e conhecerem o mundo como ninguém. Estes testes vão estimular o cérebro de crianças e adultos e levar a diversão para de fora para dentro de casa.  

12. Transformar-se num pequeno, grande ARTISTA 

Tem a viver consigo um mini Picasso? Quer dar mais cor e forma aos seus dias? Aqui ficam alguns site para ajudá-lo a não “borrar a pintura”: 

Art for Kids Hub: Este é um canal de youtube de uma família que adora desenhar e ensinar a quem está em casa a fazê-lo também. Ideal para os mais pequenos, mas também perfeito para partilhar momentos únicos em família.   

Origami Yoda: Gostava que fazer atividade manuais com as crianças, mas nunca tem os materiais que são solicitados nos tutoriais? Pois, aqui está a solução! Basta apenas ter uma folha papel, que o mestre Yoda ensina a fazer o resto. Mãos à obra e... Que a força esteja convosco! 

The Toymaker: Sabemos nos tempos que correm ter papel é um bem muito escasso e requisitado, no entanto, se conseguir ter acesso a umas folhinhas este site é ideal para as crianças poderem fazer bonecos em 3D. Basta escolher o desenho, imprimir, recortar e começar a brincadeira.  

Pai e filho a fazerem origamis

Partilha connosco, e com os pais que nos lêem, todas as ideias e atividades que está a fazer com as crianças 😊 

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #atividades para crianças,
  • #coronavirus,
  • #covid 19,
  • #guia de atividades infantis,
  • #isolamento

Deixar uma resposta