Habitação

Vai comprar casa para vender posteriormente? Saiba como valorizá-la

Quer comprar casa para vender posteriormente? Conheça algumas dicas para valorizar um imóvel e saiba que cuidados deve ter nestes negócios.

Comprar casa para vender posteriormente é um negócio que desperta o interesse de muitas pessoas. E se este é o seu caso, então é importante que saiba como pode valorizar uma habitação, de forma a tornar este investimento rentável para si. E para o ajudar nesta etapa, neste artigo deixamos algumas dicas que o podem ajudar a perceber como valorizar uma casa para vender posteriormente. Saiba ainda que cuidados deve ter neste tipo de negócio e que despesas deve equacionar durante todas as fases deste processo.

5 dicas para quem quer comprar casa para vender e obter lucro

1 - A localização é fundamental

Não é novidade que a localização de uma casa é um dos fatores com maior peso na decisão dos compradores. Afinal, a maioria das pessoas que pretende comprar uma casa têm uma vasta lista de requisitos e exigências, e a localização costuma ser a com menor flexibilidade. E se pensarmos bem é normal que assim seja. Isto porque para muitas pessoas torna-se essencial morar numa zona tranquila com uma vasta rede de serviços e comércio, mas que ao mesmo tempo tenha bons acessos para o trabalho e seja perto das escolas dos filhos.

O problema destas zonas é que os preços nem sempre estão ao alcance de todos os compradores, principalmente se estas habitações se situarem nos centros das principais cidades portuguesas. Por isso, se está a pensar comprar casa para vender posteriormente, o ideal é olhar para o seu orçamento e perceber quais as localizações viáveis para si. Se não tiver disponibilidade financeira para adquirir uma habitação numa zona prestigiada, informe-se sobre as zonas nos arredores que têm uma maior procura, e melhores acessos.

Caso o seu objetivo seja comprar uma casa a baixo custo para remodelar, então este é um tipo de negócio que requer atenção redobrada. Por vezes, as parcerias com agências imobiliárias podem compensar, caso seja informado o mais breve possível das entradas de imóveis com maior potencial nas zonas que selecionou.

2 - Saiba quais as divisões que valorizam uma casa

Vai vender casa? Saiba quais os custos associados
Ler mais

Ao saber quais são as divisões que valorizam uma habitação, vai conseguir rapidamente fazer uma seleção das casas que têm maior potencial e as que não se enquadram naquilo que procura. Por exemplo, atualmente a cozinha é uma das divisões mais valorizadas de um imóvel. Mas para esta divisão aumentar o valor do seu imóvel existem vários requisitos a ter em consideração. Em primeiro lugar dê preferência a um imóvel que possua uma cozinha ampla. Afinal esta é uma zona onde existe bastante circulação e realização de tarefas, por isso é um ponto a favor. De seguida tenha em mente que uma cozinha que aumenta o valor de um imóvel precisa de estar bem projetada e ser construída com materiais de qualidade e com bastante resistência. E todos os pormenores contam, desde os móveis, puxadores, azulejos até ao piso aplicado.

Além da cozinha existem outras zonas que valorizam bastante uma habitação, como é o caso das casas-de-banhos, salas de estar e suites. Em tempos as casas-de-banho não eram vistas como uma divisão que aumentasse o valor de um imóvel. No entanto, com o passar dos anos as casas-de-banho de imóveis antigos ficaram extremamente datadas, com cores pouco apelativas e azulejos e loiças sanitárias que não agradam a muitos comprados. E dado que são renovações que implicam algum investimento e trabalho, vender uma casa com casas-de-banho modernas que nos lembram um SPA, aumentam significativamente o valor de imóvel.

Já no que diz respeito à sala de estar, a sua valorização começa na sua amplitude, iluminação natural, piso moderno e resistente, e claro no ambiente que proporciona. O mesmo se aplica às suites, que devem oferecer roupeiros amplos, mas sem prejudicar a circulação.

3 - Perceba quais são as tendências

Claro que nem todos os compradores valorizam as mesmas caraterísticas numa habitação. Mas na maioria dos casos, os compradores querem ver numa habitação a sua casa de sonho, pronta a habitar e que não traga dores de cabeça pouco tempo depois. E na prática como é que pode convencer os compradores que a habitação que está a vender é a casa perfeita para eles? Tomando decisões que agradem à maioria dos compradores com base nas tendências de decoração dos últimos anos.

E, ao contrário do que pode pensar, não precisa gastar uma fortuna em decoração e em materiais que podem não trazer o devido retorno. Se estiver bem informado sobre as tendências, as escolhas das tintas, papel de parede, azulejos e piso podem ser um fator diferenciador na hora de atrair potenciais clientes, mas também no valor final que pode pedir pela habitação.

Ao estar bem informado sobre as tendências, através de revistas de decoração de interiores e da especialidade, facilmente vai conseguir transmitir o potencial que a sua habitação tem, mesmo que não esteja totalmente mobilada. É óbvio que vai ter que ver orçamentos e perceber aquilo que realmente pode comprar e remodelar para criar essa sensação nos seus potenciais compradores. No entanto, se optar por pintar a casa de cores claras, escolher pisos de qualidade e com algum requinte, e azulejos modernos, já estará num bom caminho.

Depois é usar a decoração a seu favor. Nesta área é preciso definir bem os espaços de cada divisão, mostrando aos potenciais compradores como podem usar cada espaço. Também pode renovar armários com boas tintas e novos puxadores, comprar candeeiros modernos e peças decorativas que vão atrair o olhar dos seus potenciais compradores. Não se esqueça de ter toda a casa limpa, arrumada e com um cheiro suave e agradável.

casa em remodelação

4 - Espaço exterior é um bónus na hora de comprar casa para vender

Desde que começou a pandemia do Covid-19, as habitações com espaços exteriores passaram a ter uma maior procura, e para muitas pessoas são agora um requisito obrigatório. Segundo a notícia do ECO, com base num inquérito e nas vendas da imobiliária JLL, a procura de casas com terraços aumentou 24% nos três meses após o início da pandemia.

Claro que nem sempre é fácil conseguir uma habitação nas grandes cidades que possuam quintais ou terraços, por preços atrativos, que compensem a revenda do imóvel mais tarde. Mas se por acaso surgir um imóvel dentro do seu orçamento, nas áreas que definiu, este é um bónus que deve ter sempre em consideração, pois vai valorizar bastante a casa.

Caso encontre uma habitação com um espaço exterior, mesmo que o mesmo seja pequeno, se decidir comprar esse imóvel é importante que pense em investir algum dinheiro nessa zona. Existem casas à venda com espaços exteriores muito degradados e que uma pequena remodelação pode ser um fator chave na hora de aumentar o preço da sua casa. Pintar o espaço com uma boa tinta exterior, branca de preferência é um bom passo para valorizar o espaço.

Mas se não encontrar uma habitação que possa adquirir com estas zonas, pode optar por uma casa com uma varanda espaçosa. Embora o espaço seja limitado, se conseguir dar a sensação que essa zona tem ótimas caraterísticas para momentos de lazer, será um excelente ponto a favor.

5 - Se vai fazer obras não se esqueça dos isolamentos, sistemas elétricos e canalização

Este é um dos pontos que, quando consegue ser facilmente comprovado, atrai muitos potenciais compradores e valoriza bastante o seu imóvel. Afinal, muitas casas à venda em Portugal têm várias décadas, e muitas delas nunca foram renovadas a nível de isolamentos, sistemas elétricos e canalização. Este tipo de intervenções num imóvel, dependendo do nível de intervenção, caraterísticas da habitação e materiais utilizados, pode ter um custo elevado. No entanto, estas alterações não só melhoram a eficiência da sua habitação, como também servem de garantia aos novos proprietários que o preço que estão a pagar é justificado dado todas as renovações que foram realizadas.

Além disso, os novos proprietários podem ficar mais descansados em relação a problemas futuros, uma vez que os principais sistemas foram renovados. Lembre-se que atualmente os compradores estão cada vez mais bem informados, e sabem a importância de uma casa ter um bom isolamento térmico e acústico. Mas, no caso de estes não disporem desse conhecimento, pode falar das vantagens que existem, como minimizar as despesas mensais, o conforto a nível de temperatura e a diminuição de ruído.

Por último, pode sempre mostrar aos potenciais compradores comprovativos destas alterações, mas também abordar os bons materiais que foram utilizados. Esta é uma ótima forma de mostrar de forma transparente o valor que o seu imóvel tem em relação a outros.

Comprar casa para vender: Cuidados a ter

Comprar casa para vender posteriormente pode realmente ser um excelente negócio, se conseguir adquirir um imóvel a baixo custo e valorizá-lo significativamente através de obras de renovação. No entanto, a compra de casas usadas como investimento para vender mais tarde requerem alguns cuidados para não trazerem mais problemas do que benefícios.

Como é calculada a avaliação de um imóvel?
Ler mais

Em primeiro lugar, é muito importante que esteja a par da documentação que é necessária para comprar e vender casas. Afinal, se os anteriores proprietários não tiverem a habitação devidamente legalizada e atualizada na caderneta predial, pode ter problemas mais tarde.

Depois, se for recorrer a um crédito habitação para este tipo de investimento deve informar-se a fundo sobre as condições do mesmo. Lembre-se que o crédito habitação tem condições distintas para casas que não sejam para os proprietários morarem como habitação permanente, logo, as condições podem não ser tão vantajosas como tinha pensado.

Por fim, outro dos cuidados fundamentais caso não possua conhecimentos para tal, é a contratação de um profissional em quem confie que faça uma vistoria ao imóvel que pretende comprar. Por vezes, alguns vendedores escondem problemas que existem ou existiram no imóvel, e esses podem representar problemas para si enquanto comprador. A avaliação detalhada de um imóvel não só permite detetar problemas existentes, como também o ajudam a perceber se aquele imóvel é ou não um bom investimento para si.

Faça contas para perceber se é rentável

Antes de comprar uma casa para vender posteriormente deve dedicar algum tempo a fazer contas para perceber se o negócio é realmente rentável para si. No entanto, estas contas não podem ser feitas de forma superficial, uma vez que existem diversos custos e variáveis a ter em consideração.

Para além dos custos com a aquisição do imóvel, seja através de um crédito ou de capitais próprios, existem impostos que terá que pagar, como é o caso do IMT (Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis). Em relação ao IMI (Imposto Municipal de Imóveis), pode ou não ter isenção do mesmo, e por isso é essencial que se informe com antecedência sobre este imposto. Já no caso de contrair um crédito habitação para a compra do seu imóvel, deve saber que existem despesas relacionadas com o processo de crédito, mas também seguros obrigatórios, como o caso do seguro de vida e multirriscos do crédito habitação.

A juntar a estas contas deve adicionar os montantes previstos, através de orçamentos, para as obras de renovação, contratação de profissionais especializados, etc. É importante que saiba que este orçamento corre o risco de sofrer alterações, uma vez que é normal acontecerem alguns imprevistos durante as obras. Contudo, é importante manter-se o mais fiel possível ao orçamento que definiu, caso contrário, o mais provável é ver o lucro expectável ficar bastante reduzido.

Guia de mais-valias imobiliárias
Ler mais

Por fim, não se esqueça que na hora de vender também existem outros custos que é preciso ter em conta, como a contratação de imobiliárias, o pagamento de impostos sobre as mais-valias, entre outras despesas que pode ter.

Depois de ter todos os orçamentos feitos e o devido levantamento das despesas com a compra, manutenção e venda do imóvel, então é hora de estabelecer os valores que está disposto a gastar com um imóvel. Nesta fase também é importante que defina o valor que precisa vender a sua casa, para identificar o lucro que poderá ter com este negócio. Não se esqueça de colocar sempre uma margem de erro, pois se existirem outras pequenas despesas inesperadas, as mesmas estão cobertas por essa margem.

Em caso de dúvida se a compra de um determinado imóvel compensa, talvez o melhor seja ver outras opções mais vantajosas. Lembre-se que este tipo de negócio por vezes requer esperar por uma boa oportunidade, e por isso mesmo não deve precipitar-se numa aquisição sem a devida ponderação.

Partilhe este artigo
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)