Carreira e Negócios

Simulador: Quanto vai aumentar o seu salário líquido em 2021?

Saiba qual será o seu salário líquido em 2021, com a ajuda do simulador que já incorpora as novas tabelas de retenção na fonte.

As tabelas de retenção na fonte vão mudar no próximo ano. Já se sabe que a esmagadora maioria das famílias vai receber mais dinheiro no final do mês. Mas sabe o que vai acontecer aos seus rendimentos? Use o Simulador de Salário Líquido 2021 e saiba com o que contará em 2021.

Tabelas de retenção dão mais dinheiro no final do mês

As tabelas de retenção na fonte refletem a taxa de imposto que é descontada dos rendimentos dos contribuintes mensalmente. Na altura da aprovação do Orçamento do Estado são definidas as tabelas de retenção na fonte, o que tem um impacto direto nos rendimentos dos contribuintes do ano seguinte. Isto porque são estas taxas que definem qual o montante dos rendimentos que é "transferido" para o Estado em vez de para a sua conta.

Em 2021, as tabelas de IRS vão sofrer alterações e, neste caso, assiste-se a uma redução das taxas, o que significa que as famílias vão receber mais dinheiro todos os meses. Na maioria dos casos, a diferença não é expressiva. Em média, vai sentir-se uma redução de 2% da carga fiscal sobre os rendimentos. Ou seja, os portugueses vão receber todos os meses mais dinheiro: entre 0,69 euros e 7 euros, para os escalões de rendimentos mais comuns.

Mas há mais alterações. O valor a partir do qual os contribuintes vão passar a descontar para o IRS é de 686 euros, aumentando o número de famílias que não fará estes descontos. Esta medida, significa um aumento de 27 euros quando comparado com o limite de 2020.

Leia ainda: Qual o impacto das tabelas de retenção na fonte de 2021 nos seus rendimentos?

Mas qual o impacto no meu salário líquido de 2021?

Os valores acima referidos são médias, não permitem que cada um de nós tenha noção de quanto poderá passar a ganhar em 2021. Para ajudar nos cálculos, o Doutor Finanças lançou o simulador de salário líquido de 2021, para que cada pessoa possa fazer a sua simulação e compará-la com o seu atual recibo de vencimento. Pode ainda recorrer ao simulador de salário líquido de 2020 e ver qual a evolução.

Se usarmos o rendimento médio bruto de 2019 em Portugal (1.276 euros), atualmente, um contribuinte nestas condições (solteiro e sem filhos) recebe 936,64 euros líquidos todos os meses. Em 2021, um trabalhador com este rendimento passará a ganhar 940,64 euros. Se estivermos a falar de um contribuinte casado e com um dependente, o salário passará de 947,64 euros para 950,64 euros.

Já um contribuinte, solteiro e sem filhos, com um rendimento bruto de 3.000 euros recebe líquidos 1.836 euros, atualmente. No próximo ano, sentirá um aumento de 18 euros, passando a receber 1.854 euros. Um contribuinte, casado e com um filho, com um salário bruto de 3.000 ganha hoje 1.851 euros, em 2021 passará a auferir 1.866 euros.

Estes são apenas alguns casos que simulámos, para que fique com uma ideia do que vai acontecer aos rendimentos das famílias. Mas, para saber o que acontecerá ao seu salário em particular, use o simulador de salário líquido de 2021:

Imagem do Simulador de Salário Líquido 2021

O que preciso de saber para calcular o salário líquido?

Para fazer os cálculos e obter o valor do seu ordenado líquido, deve saber indicar todas as rubricas que compõem os seus rendimentos.

A primeira coisa que tem de saber é qual é o seu salário base, mas também se tem outro tipo de rendimentos. Recebe comissões? Prémios? Ou outro tipo de rendimentos extra? Estes valores são importantes para saber exatamente com quanto poderá contar no final do mês.

Além destes valores, é preciso ter em consideração os subsídios de Natal e de férias e a forma como são pagos. Estes subsídios são calculados com base no salário bruto base, mas podem ser pagos a 100% num determinado mês ou em duodécimos, por exemplo. E, neste último caso, recebe uma parte todos os meses.

É preciso ainda considerar o subsídio de alimentação e a forma como este é pago: se em cartão/ticket ou se em remuneração. É que a forma (e o montante) de pagamento pode influenciar o valor de impostos que lhe é cobrado.

E, claro, a composição do agregado familiar também vai influenciar o valor do seu rendimento líquido. O facto de ser casado ou viver em união de facto ou ser solteiro, de não ter dependentes ou ter, imagine, cinco filhos fará toda a diferença na taxa de imposto que lhe é aplicada todos os meses. O que significa mais ou menos salário líquido no final de cada mês.

Menos reembolsos de IRS em 2022

As tabelas de retenção na fonte vão sofrer alterações, mas os escalões de IRS não sofrem mudanças. Por isso, o que vai acontecer é que as famílias vão receber mais todos os meses e receber menos reembolsos de IRS.

Ou seja, em 2022, quando entregar a declaração de IRS e fizer a simulação do reembolso, deverá perceber que receberá menos nessa altura do que agora em 2021, quando declarar os rendimentos que auferiu ao longo de 2020. Isto porque ao longo de 2021 vai estar a pagar menos ao Estado.

Leia ainda: Como devo preparar o próximo IRS?

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #salário líquido,
  • #simulador salário líquido 2020,
  • #tabelas de retenção irs
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)

2 comentários em “Simulador: Quanto vai aumentar o seu salário líquido em 2021?

  1. Acho que o simulador está com pequenos erros. Ao simular consto que embora a taxa de IRS seja 29.9% como nas tabelas, há uma diferença ligeira face a outros simulações e às contas manuais que fiz.