Crédito

Vantagens e desvantagens do crédito consolidado

O crédito consolidado é uma solução quando o objetivo é reduzir encargos financeiros. Conheça as vantagens e desvantagens deste tipo de crédito.

Adriana Cabrita Adriana Cabrita , 24 Junho 2020

O crédito consolidado é uma opção para aqueles que pretendem ganhar uma folga extra no final do mês, bem como encontrar uma solução para reduzir custos e ajustar melhor os encargos ao seu orçamento.

Uma das grandes vantagens do crédito consolidado, para além de poupar dinheiro, é que lhe poupa também muitas dores de cabeça. Com esta solução, junta todos os créditos – como o crédito automóvel, cartões de créditos e outros créditos ao consumo - num só, com uma única prestação, em vez de ter várias prestações a caírem na sua conta ao longo do mês. 

No entanto, sendo este um produto financeiro, mais propriamente um crédito pessoal, é sempre importante que analise os seus prós e contras. No final de contas, é o estar (bem) informado que o vai levar a tomar as melhores decisões para si e para a sua carteira.  

porquinho mealheiro com poupança de vinte euros

Leia ainda: Crédito Consolidado: Tudo o que precisa saber

Quais são as vantagens? 

O crédito consolidado é uma solução vantajosa para muitas famílias, isto porque pode: 

  • Fazer uma poupança mensal e reequilibrar o orçamento familiar 

Ao reduzir o total das mensalidades pode contar com uma folga mensal de dinheiro que pode aproveitar para  criar um fundo de emergência para eventuais necessidades - despesas de saúde, do carro ou qualquer outro evento inesperado - ou até mesmo para recuperar alguns bens essenciais que teve de cortar das suas despesas mensais, como por exemplo o seguro de saúde. Aconselhamos sempre a que faça um planeamento e que seja consciente no destino deste dinheiro, para evitar assim o sufoco financeiro e, consequentemente, uma possível situação de incumprimento

  • Ver-se livre das suas dívidas 

Tal como mencionámos no ponto anterior, como esta solução vai gerar poupança, pode aproveitar para amortizar o seu crédito, liquidá-lo antecipadamente, acabando assim com as suas dívidas (ou parte delas). Deixamos apenas a chamada de atenção para que verifique as cláusulas relativas à amortização de cada um dos créditos que possui, pois, em alguns casos, amortizar traz custos associados, como por exemplo o pagamento de comissões. 

  • Estar mais descansado com os pagamentos e conseguir taxa de juro mais aliciantes

Em vez de ter vários débitos aleatórios na sua conta, ao consolidar os seus créditos, passa a ter apenas um único pagamento mensal a uma única entidade credora. A taxa de juro final do crédito consolidado é, normalmente, mais baixa do que a média das taxas de juros de todos os créditos, ou mesmo muito mais baixa se já tiver um crédito à habitação e quiser tirar partido da sua hipoteca

  • Realizar os seus sonhos 

Porque não é só de juntar dinheiro que se faz a vida... pode também poupar dinheiro para concretizar algum velho sonho. Depois de ter as suas finanças pessoais equilibradas, pondere utilizar parte da poupança para apostar na sua formação ou até mesmo usufruir de alguns prazeres, sejam eles uma viagem, umas férias ou algo que sempre sonhou ter. Não existe mal em tirar prazer do nosso dinheiro, desde que este seja ponderado e não interfira com o seu bem-estar económico.  

Para além de todas estas vantagens, este produto é de aprovação rápida e simples.  Apesar de ser um produto complexo, por exemplo através do Doutor Finanças a aprovação é feita no espaço de dias, exceto se já estiver em incumprimento. Neste caso, poderá optar por fazer a renegociação dos seus créditos junto da entidade credora.  

existem desvantagens?  

Sim, tal como noutros produtos financeiros, este também tem os seus pontos menos positivos. Deve sempre procurar estar bem informado, fazer mais do que uma simulação, comparar as várias opções e ter em atenção os seguintes aspetos:  

  • O acesso a mais financiamento 

O segredo é: não ceder à tentação! Embora possa vir a ter acesso a mais financiamento, uma vez que reduz a sua taxa de esforço, deve sempre ter em mente uma atitude consciente, gerir bem a sua folga mensal e não a utilizar para novos créditos e despesas desnecessárias. Para além de estar a controlar as suas finanças, vai também estar a diminuir a hipótese de entrar em endividamento.  

  • O aumento dos prazos e dos juros  

Embora o Banco de Portugal tenha reduzido o prazo do crédito pessoal para 7 anos, existem ainda algumas exceções onde o prazo continua a ser a 10 anos. Para além disso, imagine que tem prazos bem mais pequenos do que estes que estamos a falar, o mais provável é que o novo crédito consolidado acabe por ter um prazo mais alargado para que consiga assim ter prestações mais baixas. Por isso, e nestes casos, no final de contas o crédito pode sair-lhe mais caro, porque vai pagar mais juros.  

  • O acesso limitado 

Se estiver em incumprimento, pode não conseguir aprovação ao seu crédito consolidado, porém, pode sempre tentar renegociar os seus créditos.  

  • Os cartões de crédito 

É muito comum, após a consolidação dos créditos, os cartões de crédito ficarem fora da equação, uma vez que as pessoas não os veem como um crédito propriamente dito. Mas enganam-se! São muitas vezes os cartões de crédito, que sem se aperceber, o podem levar ao endividamento e a possíveis incumprimentos. E não falamos apenas daqueles que tem associados ao seu banco, falamos também nos cartões de superfícies comerciais que parecem inofensivos, mas que não passam de mais créditos. Por isso, aconselhamos a ter sempre muita atenção ao que está a contratar. 

Embora com as suas desvantagens, e se conseguir não ceder à tentação, uma coisa é certa, com o crédito consolidado vai melhorar as suas condições. No caso do Doutor Finanças, sempre que se verifica que não é compensatório, o mesmo é comunicado ao cliente.  

Depois de analisar todas as vantagens e desvantagens do crédito consolidado e verificar se esta é a melhor opção para si, em seguida, deve assegurar que escolhe uma entidade que protege os seus interesses e que assegura as melhores condições para o seu caso. Algumas entidades podem pedir um valor pelo serviço, contudo tenha atenção às burlas, nunca faça nenhum pagamento antecipado pela análise do seu caso.

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #crédito consolidado,
  • #crédito pessoal,
  • #poupar dinheiro com crédito consolidado,
  • #vantagens e desvantagens
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)