Finanças pessoais

Ainda não tem 30 anos? O Cartão Jovem ajuda-o a poupar!

O Cartão Jovem pode ser uma importante ferramenta de poupança para jovens com menos de 30 anos. Conheça as diversas vantagens e como o pedir.

Daniela Gonçalves Daniela Gonçalves , 23 Março 2020

A poupança pode e deve acontecer em qualquer idade. Mas os jovens, com menos de 30 anos, têm uma ferramenta extra que lhes permite poupar no dia a dia: o Cartão Jovem. 

Se é o seu caso, ou tem alguém próximo que possa usufruir desta ferramenta, convidamo-lo a continuar a leitura deste artigo. É que aqui vamos analisar as várias vantagens deste cartão e explicar questões mais práticas: como pedir, como renovar, etc. 

O que é o Cartão Jovem? 

O Cartão Jovem EYC (European Youth Card) surgiu de uma iniciativa nacional e europeia, em 1986. Nessa data foi lançado em Portugal e em outros seis países fundadores. Atualmente já é utilizado em mais de 38 países, por cerca de 5 milhões de jovens. 

Quem pode usufruir?

Jovens, com idades entre os 12 e os 29 anos (inclusive), podem usufruir do Cartão Jovem e vantagens associadas. 

Leia ainda: Guia completo de poupança para estudantes universitários

Modalidades do Cartão

Existem 2 modalidades principais do Cartão Jovem: 

  • Clássico: é um cartão identificativo, apenas. Permite aceder a uma série de vantagens e tem um custo de 10 euros e validade de 1 ano. 
  • Mega: trata-se de um cartão semelhante ao clássico, mas com funções multibanco, da Caixa Geral de Depósitos. Pode ser utilizado em qualquer parte do mundo na rede Cirrus/Maestro. Tem o custo de 14 euros (+ imposto de selo de 4%) por ano. Tem validade, renovável automaticamente, até o portador cumprir os 30 anos, de 2 anos. 

Existem depois pequenas variações para as modalidades Cartão Jovem Académicos, Clubes, Municipais, Atleta ou Galp. Todos permitem aceder às mesmas vantagens, com exceção deste último que dá descontos extras na rede de gasolineiras Galp. 

Leia também: 7 dicas de poupança para jovens com o primeiro emprego

Vantagens

Chegamos agora ao busílis da questão. Isto porque quem faz o cartão jovem é mesmo com o intuito de usufruir das suas vantagens. E elas são inúmeras. Destacamos as seguintes: 

  • Mobilidade: descontos em transportes públicos (comboio, avião, autocarro) ou privados (rent-a-car);
  • Alojamento: descontos especiais nas Pousadas da Juventude;  
  • Cultura: preços especiais em cinema, teatro, museus, livros, etc; 
  • Desporto: preços promocionais para jogos de futebol, basquetebol, andebol e outras modalidades; 
  • Beleza e Saúde: descontos em cabeleireiros, óticas e dentistas. 
  • Restauração: descontos em restaurantes;
  • Serviços: preços especiais em vários serviços como seguros, lavandarias, etc.  
  • Comércio: descontos em lojas de roupa, papelarias, etc. 
  • Formação: preços especiais em escolas de línguas, cursos de formação profissional, etc.

É possível consultar a lista completa de vantagens e respetivos parceiros nacionais através do site do cartão jovem. Para consultar os parceiros internacionais, o site que deve visitar é o europeu.

Como pedir o Cartão Jovem? 

Pode pedir a emissão online do Cartão Jovem online, se a modalidade que pretender for o Clássico. Para isso, basta preencher um pequeno formulário, fazer o pagamento através de referência Multibanco e em 6 dias úteis, o cartão físico chega à morada indicada. 

Se pretender o Mega Cartão Jovem, deve dirigir-se à Caixa Geral de Depósitos mais próxima, com Cartão de Cidadão. 

Assim, feitas as contas, o Cartão Jovem pode ser uma importante ferramenta de poupança. Os 10 euros (ou 14, depende), diluem-se com facilidade ao longo do ano, tendo em consideração outros valores que poupa em serviços do dia a dia, como os transportes públicos. 

Para saber mais, basta visitar o site oficial

Partilhe este artigo
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)