Crianças

Como são os hábitos de consumo do seu filho? Saiba como pode ajudar

Com o tema da sustentabilidade na ordem do dia, é essencial que o seu filho tenha bons hábitos de consumo. Saiba como ajudar.

Crianças

Como são os hábitos de consumo do seu filho? Saiba como pode ajudar

Com o tema da sustentabilidade na ordem do dia, é essencial que o seu filho tenha bons hábitos de consumo. Saiba como ajudar.

Com o tema da sustentabilidade e das alterações climáticas na ordem do dia, torna-se imperativo alterarmos hábitos de consumo. E, claro, passar esses ensinamentos às gerações mais novas. Para ajudá-lo nesta tarefa, reunimos, neste artigo, um conjunto de dicas que consiga fazer com que o seu filho tenha bons hábitos de consumo.

Explique as suas compras ao seu filho

Quando for às compras leve consigo o seu filho e explique-lhe as suas decisões, pois isso vai ajudá-lo a ganhar consciência das opções que deve tomar no futuro e da importância da poupança. Deixamos-lhe alguns exemplos a não esquecer:

  • Compre produtos que estejam em promoção, utilize cartões de fidelização das lojas e cupões de descontos. Mas, evite comprar produtos que não necessita apenas porque estão em promoção;
  • Antes de sair de casa, faça uma lista com aquilo que realmente necessita, de forma a evitar compras por impulso;
  • Opte por produtos vendidos a granel;
  • Prefira produtos da época e de origem portuguesa;
  • Leve consigo e use sempre sacos reutilizáveis;
  • Compre produtos em segunda mão.

Leia ainda: 5 Dicas para incutir boas práticas de poupança nas crianças

Ensine o seu filho a evitar o desperdício e a reciclar

Neste contexto, é fundamental que os mais novos estejam conscientes da importância de evitar o desperdício, bem como de todo o potencial da reciclagem. Assim, seguem-se alguns exemplos de hábitos que deve incutir no seu filho para evitar o desperdício:

  • Desligar a torneira enquanto escova os dentes;
  • Poupar água durante o banho, evitando banhos de imersão e desligando a água enquanto passa o gel de banho e o shampoo;
  • Quanto à alimentação, colocar no prato apenas o que pensa comer. Se sobrar comida guarde;
  • Ter atenção à validade dos alimentos. Consumir primeiro os produtos com validade mais reduzida;
  • Não deixar a televisão ligada se ninguém estiver a ver;
  • Não deixar luzes acesas desnecessariamente;
  • Evitar deixar os aparelhos em stand by;
  • No que diz respeito à reciclagem, faça a separação do lixo em casa, peça ajuda ao seu filho nesse processo.

Em conjunto, podem ainda tomar a decisão de doar roupa e brinquedos que ele já não utiliza. Vai, assim, conseguir trabalhar as questões da sustentabilidade, mas também as da solidariedade e consciência social.

O seu filho sabe gerir a mesada e poupar?

É muito importante que o seu filho comece desde cedo a ter noção da importância da gestão do dinheiro e da poupança. Atribua ao seu filho uma mesada e deixe que seja ele a gerir esse dinheiro. Abra uma conta no banco para o seu filho, levo-o consigo para que o mesmo participe no processo. Por norma, as contas de menores não pagam despesas de manutenção.

Leia ainda: 8 formas de ensinar as crianças a tomar decisões financeiras

Não compense a falta de tempo com presentes

Com todos os afazeres do dia a dia é natural que não passe o tempo que gostaria com o seu filho. Contudo, é importante que não compense a sua falta com presente, pois isso pode potenciar o seu lado consumista (entenda-se consumo excessivo). Em vez disso, tente tirar um fim de semana para que juntos, por exemplo, possam ir a um parque, a um museu, ao jardim zoológico, entre tantos outros pontos interessantes. Dependendo da idade do seu filho pondere também fazer voluntariado juntos, por exemplo na limpeza de praias.

Ajude o seu filho a fazer os próprios presentes

É dia de aniversário dos avós ou dos tios? Em vez de irem comprar um presente, use a sua imaginação e estimule a dele també. Ou seja, ajude o seu filho a fazer algo para lhes oferecer. Vai, certamente, ter mais impacto em quem o recebe.

Bons hábitos de alimentação em casa

Neste caminho, o ideal é que as famílias procurem fazer uma alimentação variada. Assim, opte por cozidos e grelhados e tente ter sempre fruta em casa. Por outro lado, deve evitar fritos, doces e refrigerantes. Deve também reduzir a utilização de sal na confeção dos alimentos, prefira, por exemplo, ervas aromáticas e especiarias. Faça uma horta em casa e se não tiver muito espaço, plante algumas ervas aromáticas na varada. Mas, é fundamental que envolva o seu filho na criação e manutenção desta horta.

Leia ainda: Literacia financeira infantil: Como falar de dinheiro com crianças?

Como lida com o consumo? Dê o exemplo

A última dica, mas porventura a mais importante, é que deve sempre dar o exemplo. Não vale a pena ensinar o seu filho que não se deve colocar lixo para o chão, quando na realidade o faz.

Aproveite esta oportunidade e mude também alguns hábitos de consumo. O planeta agradece.

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.