Bem-estar

Preparado para organizar o estudo? Dicas para criar o seu método

O regresso às aulas implica alterações na sua rotina diária. Saiba como organizar o seu método de estudo e obter os melhores resultados.

Bem-estar

Preparado para organizar o estudo? Dicas para criar o seu método

O regresso às aulas implica alterações na sua rotina diária. Saiba como organizar o seu método de estudo e obter os melhores resultados.

Com o regresso às aulas voltam algumas rotinas. Assim, é fundamental gerir o tempo, organizar o seu estudo e conseguir conciliar com a atenção à família, amigos, lazer, etc.

Por conseguinte, se organizarmos os nossos dias, evitamos perder tempo e ficamos com maior disponibilidade para fazermos as coisas que mais gostamos.

Passar os dias na escola ou universidade, chegar a casa ao final do dia cansado e ainda ter de estudar e fazer trabalhos, não é tarefa fácil. Deste modo, é fundamental não só organizar e planear o tempo, bem como ter um método de estudo. Contudo, cada pessoa tem as suas rotinas e o seu método.

Ainda assim, existem algumas regras básicas que podem ajudar a organizar o seu estudo. Mesmo que não funcionem de igual forma para todos. Isto porque, uns preferem estudar em casa, outros numa biblioteca e há ainda quem prefira estudar num espaço público. Também existem aqueles estudam a ouvir música e os que o fazem em silêncio total.

Assim sendo, apesar de não existir uma só forma de organizar o estudo e de se obter sucesso, reunimos quase duas dezenas de dicas que podem fazer a diferença na hora de criar o seu próprio método.

19 passos para organizar o seu estudo

1. Organizar o seu estudo: crie um calendário

Antes de tudo, é fundamental planear e organizar o seu estudo. Ou seja, é necessário decidir o que vamos fazer, quando e como.

Para isso, sugerimos que faça a seguinte check list:

  • Crie calendários, listas e horários de forma a ter um bom planeamento dos seus dias;
  • Tenha uma lista com as tarefas a realizar, como por exemplo, trabalhos de casa ou testes;
  • Acrescente à lista novas tarefas e elimine as anteriores.
  • Faça um calendário de estudo, no qual distribui o estudo das diferentes disciplinas pelos vários dias da semana;
  • Inclua outras atividades no calendário que possam interferir com o seu estudo, por exemplo, a aula de música ou de dança, o treino de futebol, etc.
  • Tenha sempre consigo a lista, o horário e o calendário (seja no telemóvel ou agenda/caderno).

Leia ainda: Regresso às aulas: como preparar acarteira e as crianças;

2. Planear com antecedência

Não decida à última da hora, planeie com antecedência e não deixe para amanhã o que pode fazer hoje. Por exemplo, prepare o material escolar e livros no dia anterior.

Por outro lado, se tiver um trabalho que lhe ocupe bastante tempo, não guarde tudo para o dia anterior. Isto é, se o fizer com antecedência, tem tempo para o fazer com calma e ainda dar uma revisão final antes de entregar o trabalho.

3. Arrume e prepare o seu local de estudo

Mantenha o seu local de estudo (preferencialmente uma secretária ou mesa), limpo e arrumado. Por outro lado, tenha à mão todos os materiais de que possa precisar (lápis, caneta, livros, papel, etc.) para o que vai estudar, de modo a estar organizado e concentrado. O computador deve ser usado apenas para as tarefas que assim o exigem, caso contrário deve ser afastado ou desligado.

4. Crie um ambiente favorável à concentração

Estude num sítio calmo, silencioso e com o mínimo de distrações (longe da TV, de animais de estimação, de videojogos...), com uma boa cadeira e muita luz. Se possível, evite estudar na cama ou no sofá.

Esta dica é importante, mas pode não fazer sentido para todos. Existem pessoas que preferem estudar a ouvir música por exemplo, ou num café ou centro comercial.

Leia ainda: Crédito para estudar: o que abrangem e como funcionam;

5. Organizar o seu estudo de forma saudável: faça pequenas pausas

O ritmo de estudo varia de pessoa para pessoa. É aconselhável fazer diversas pausas para relaxar um pouco, beber um copo de água ou, simplesmente, apanhar ar fresco durante dois ou três minutos.

Alguns de nós precisam de fazer uma pausa de 15 em 15 minutos, outros de 30 em 30 minutos, etc., depende da pessoa. A pausa pode ser mais ou menos curta. Contudo, é aconselhável fazê-lo pelo menos de hora a hora. Além disso, devemos aproveitar as pausas para nos movimentarmos e não para espreitar a internet ou a TV (isso só vai tornar mais difícil o regresso ao estudo).

6. Tenha snacks saudáveis por perto

Tenha sempre à mão qualquer coisa para comer, para o caso de lhe dar fome. Por exemplo, tenha na sua secretária alguns frutos secos ou uma peça de fruta. Também é importante ter uma garrafa de água.

7. Desligue o telemóvel

O telemóvel, à partida, não vai ser necessário ara estudar. Assim, desligue-o ou mantenha-o longe para evitar distrações. Se precisar de fazer uma pesquisa, pode usar o computador.

8. Ouvir música calma

Ouvir música ajuda à concentração. Contudo, pode acontecer que para alguns seja uma fonte de distração.

Portanto, experimente e perceba que efeito tem sobre si, na hora de estudar. Se optar por ter música, deve escolher uma que ajude à sua concentração e não que o distraia.

9. Organizar o seu estudo: combata a saturação

Planear o que se vai estudar em cada dia, e durante quanto tempo, pode ajudar à concentração. Ainda assim, não se esqueça que não deve estudar mais do que 60 minutos sem fazer uma pausa. Para combater o tédio ou saturação, tente mudar de matéria, não esteja sempre a estudar o mesmo tema. Ou seja, se estiver 20 minutos a ler um livro, não deve repetir o mesmo tipo de tarefa. Opte por fazer exercícios, por exemplo.

Para controlar os seus horários, o primeiro passo é entender a sua rotina. Assim, reconhecer como se desenvolve o seu dia a dia funciona é o primeiro passo para encaixar as responsabilidades e não deixar nada para trás.

Jovem está a estudar, recorrendo a um livro e com o computador na sua frente

10. Comece pelas matérias mais difíceis

Aproveite enquanto ainda tem energia e comece pelas matérias mais difíceis. Isto é, a nossa concentração é maior quando ainda estamos “frescos”, por isso é melhor não deixar as tarefas mais difíceis para o fim.

11. Esteja preparado para imprevistos

Planear bem não é, necessariamente, ter a certeza de que tudo vai correr como foi pensado. É essencial estar preparado para algum imprevisto. Dessa forma, é importante que quando planeia o seu tempo dê um tempo extra para o caso de haver algum atraso ou imprevisto.

12. Estabeleça prioridades

Defina tarefas e prazos, mas estabeleça também as prioridades. Existem sempre tarefas mais importantes do que outras. Logo, defina o que tem maior urgência e que, por isso, deve ser feito primeiro. Só assim, ficará dono do seu tempo.

13. Tenha um espaço apropriado para estudar

Quando não há organização e planeamento, estudar em casa pode ser um verdadeiro problema. Dessa forma, evite estudar na cama ou no sofá. O ideal é ter um espaço próprio onde possa rentabilizar ao máximo o seu tempo de estudo. Assim, crie o seu “cantinho de estudo” e tenha em atenção os seguintes fatores:

  • Escolha um local tranquilo e silencioso

Escolha um local onde esteja longe do barulho de qualquer distração que possa interromper a sua concentração (evite estar perto de portas e janelas, por exemplo). Ao decidir onde ficar, escolha um lugar tranquilo e silencioso, assim pode ficar mais fácil estudar.

  • Garanta uma boa iluminação

O espaço deve ser bem iluminado. O ideal é a iluminação natural. Quando esta não for suficiente, uma boa iluminação de mesa vai ajudar. A iluminação é igualmente um fator potenciador de conforto e, por sua vez, da concentração.

  • Condições envolventes

É importante sentir-se confortável no seu espaço de estudo. Assim, verifique se é bem ventilado, de modo a não ter frio nem calor. Ambas as situações prejudicam a sua concentração. Tenha uma cadeira confortável, pois vai passar muitas horas sentado. Por fim, verifique ainda se tem espaço para todo o material que necessita de arrumar.

14. Organizar o estudo passa por manter longe as distrações

Durante o tempo de estudo, há muitas distrações, verdadeiros convites à perda de foco. Assim, mantenha-se concentrado e a aprendizagem será mais produtiva.

  • Fuja das redes sociais

As redes sociais estão entre as principais distrações. Logo, deve sair da sua sessão nas redes enquanto estuda para não ter a tentação de conferir o feed de notícias. O ideal é mesmo não ter o telemóvel por perto.

  • Desligue as notificações do telemóvel

À semelhança das redes sociais, o próprio telemóvel também atrapalha a concentração, já que possui outras distrações (notificações, mensagens, chamadas, avisos, etc.). Mais uma vez, o ideal é tê-lo longe enquanto estuda.

15. Arranje tempo para descansar

Para que o seu planeamento seja saudável e o seu estudo produtivo, deve incluir "momentos de liberdade". Isso é fundamental para o cérebro desanuviar e retemperar energias para posteriormente guardar mais informações. Caso contrário, ficará esgotado.

Nesse sentido, no seu planeamento, tenha em conta tempo livre para si.

16. Dormir 8 horas é fundamental

Evite cometer o erro de estudar quando deveria estar a dormir, a descansar. Afinal de contas, existe tempo para tudo e o tempo para dormir é essencial não só para ter concetração, como para a sua saúde física e mental. Assim, durma pelo menos 8 horas diárias para repor as suas energias. Se o fizer, o seu desempenho vai ser, certamente, melhor no dia seguinte.

17. Pratique exercício físico

Além de fugir do sedentarismo, praticar atividades físicas aumenta a sensação de bem-estar e estimula o corpo. Assim, guarde um tempo para ir ao ginásio, fazer uma caminhada, dar uma corrida ao ar livre ou nadar, por exemplo. Dessa forma, elimina todo o seu stress além de obter inúmeros benefícios para a sua saúde.

18. Tenha tempo para se divertir

Para estar bem psicologicamente, com energia suficiente e motivação para estudar, é fundamental ter tempo para si. Assim, é importante ter tempo para se divertir. Deste modo, desanuvia e alivia a tensão, ganhando ao mesmo tempo forças renovadas para voltar ao estudo.

Em suma, é essencial organizar o seu tempo. Estabeleça prioridades e guarde tempo para si. Se não estiver bem psicologicamente, pouco adianta estudar. Com uma rotina diária organizada, os seus resultados podem ser melhores.

Leia ainda: Como preparar e motivar o seu filho para um novo ano letivo;

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe uma resposta

Insira o seu nome

Insira um email válido