Carreira e Negócios

Trabalhar online: Das áreas com potencial aos custos e lucros

Pensa muitas vezes em trabalhar online, mas não sabe por onde começar?Saiba o que deve ter em conta antes de se aventurar nesse mundo.

Carreira e Negócios

Trabalhar online: Das áreas com potencial aos custos e lucros

Pensa muitas vezes em trabalhar online, mas não sabe por onde começar?Saiba o que deve ter em conta antes de se aventurar nesse mundo.

Cada vez mais se fala em trabalhar online, contudo não se trata de uma nova forma de trabalhar, já que há muito é a escolha para determinados profissionais ou para quem procura ter um rendimento extra. Ainda assim, este fenómeno só foi possível com o crescimentos dos meios de comunicação digitais e, claro, com a expansão da própria internet.

Se está a pensar construir uma carreira online, seguem-se algumas dicas para que tome uma decisão informada.

Porquê trabalhar online?

Em primeiro lugar, um trabalho online não significa trabalhar menos. É tão exigente quanto o trabalho presencial, apenas tem outras funções. Porém, tem algumas vantagens a começar por um horário mais flexível. Na maioria dos casos, quem trabalha online faz o seu próprio horário. O que também se traduz numa maior qualidade de vida. Vai conseguir ainda trabalhar onde quiser, em casa, num jardim ou num café, desde que tenha acesso a um computador e internet.

Assim, para quem tem família ou um trabalho a tempo inteiro presencial, um trabalho online pode ser a opção perfeita uma vez que é mais fácil de conciliar.

Leia ainda: Teletrabalho: o que é considerado local de trabalho?

Áreas com maior potencial para trabalhar online

Mas que tipos de trabalho se podem fazer online? Que funções deve procurar? Para quem pouco conhece do mundo do trabalho online estas são questões recorrentes. Por vezes é difícil saber por onde começar, mas uma boa pesquisa do mercado e um bom planeamento podem fazer a diferença.

Administrador de redes sociais

Hoje em dia quase todas as marcas divulgam os seus produtos nas redes sociais. Para isso, procuram pessoas com experiência não só em publicidade, mas também em redes sociais. O trabalho consiste na criação de campanhas para as redes, mas também na gestão das mesmas.

Por outro lado, os influencers, uma nova atividade (para alguns, profissão) que surgiu com as redes sociais, procuram administradores para as suas contas. Alguém que monitorize os seguidores, comentários, likes (gostos) e que defina uma estratégia para os conteúdos publicados.

Explicações

Um trabalho muito comum no universo online é o de explicador. Desde alunos do 2.º ciclo até universitários, muitos são os estudantes que procuram aulas particulares. Vai poder dar explicações na área que se sentir mais confortável, desde línguas até matemática, e apesar de poder fazê-lo presencialmente, há muita procura por explicações online. Atualmente, existem plataformas específicas para divulgar estes serviços, como é o caso do superprof.

Escritor Freelancer

Para quem gosta de escrever há novas oportunidades no mercado online. Muitas são as plataformas, hoje em dia, que procuram pessoas que escrevam conteúdos para publicar. Seja sites, blogs ou jornais, há atualmente um grande mercado que consome artigos online.

Ainda dentro deste tema tem outras funções como o de revisor de conteúdo. Esta pessoa não escreve os artigos, mas está encarregue de os ler e fazer as sugestões que acha necessárias para melhorar o artigo.

Especialista em email marketing ou SEO

O Inbound Marketing, uma das novas estratégias de marketing, procura especialistas em email marketing e em SEO. São funções muito importantes nesta área e por isso são bastante procuradas.

O especialista em email marketing é o responsável pela estratégia de vendas e pelo relacionamento com os clientes através, como o nome indica, do email. Já o especialista em SEO é o responsável por planear, aplicar e planear estratégias que fazem com que os sites se encontrem nas primeiras posições do motor de busca.

Suporte e atendimento ao cliente

Para quem gosta de lidar com clientes e não quer perder isso num trabalho online, o suporte e atendimento ao cliente pode ser a escolha ideal.

Praticamente todas as empresas possuem um serviço de suporte e atendimento remoto que o cliente pode contactar. Este serviço pode ser prestado em chat online ou chamadas de voz.

Transcrição ou tradução

Quem transcreve apenas precisa de escrever em papel aquilo que ouviu, normalmente faz através de uma gravação para que não salte nenhuma informação. No caso do tradutor pode ser mais complexo, já que, dependendo da área, pode exigr conhecimentos técnicos e aprofundados sobre determinadas matérias. Se o seu trabalho for traduzir documentos consegue fazê-lo online, porém se for traduzir aquilo que alguém está a dizer no momento já só é possível se for numa reunião zoom, ou outra do mesmo género.

Porém, em ambos os casos é possível fazer disso uma carreira online.

Web designer ou designer gráfico

Todas as marcas e empresas precisam de um designer. Nesta área, o mercado online é vasto e tem alguma oferta.

Destaca-se assim a procura por web designer , alguém responsável por construir o site das diferentes empresas, contudo é necessário ter um grande conhecimento nesta área. Se é um bom designer, mas não quer desenvolver sites continua a haver uma boa oferta nesta área para si. Os designers gráficos são responsáveis pelos emails, logótipos e outros elementos que façam parte da identidade visual da marca.

Leia ainda: 7 formas criativas de ganhar dinheiro online.

mulher a trabalhar no computador ao telefone

Onde encontrar estes empregos?

Uma vez que se tratam de trabalhos online, faz sentido procurar estas vagas online também. O LinkedIn é das maiores plataformas no que toca à divulgação de vagas de trabalho. Apesar de se destinar a todo o tipo de trabalhos, e não apenas ao formato online, tem agora um filtro que permite procurar apenas por trabalho remoto.

Para quem procura trabalho como freelancer, consulte, entre outros, o Freelancer, Upwork e Fiverr. No caso de querer procurar vagas em empresas de trabalho remoto vai precisar de procurar no FlexJobs, Remote Ok, We Work Remotly e AngelList, entre outros.

Tem ainda o Facebook. Atualmente tem à sua disposição grupos privados no Facebook em que são divulgadas oportunidades de emprego remoto. Alguns dos grupos são Trabalho Remoto e Nomadismo Digital e Comunidade de Assistentes Virtuais.

Lucro do trabalho online

Se pensa que o trabalho online é mais lucrativo, não está enganado. Ainda assim, existem duas formas de gerar mais lucro ao trabalhar online. Quem escolhe trabalhar como freelancer não fica ligado a nenhuma empresa em concreto por isso pode acumular a quantidade de trabalhos que quiser. Por exemplo, se vai dar explicações online pode acumular a quantidade de horas que quiser e colaborar com vários alunos.

Para quem escolhe trabalhar para uma empresa remota há a probabilidade de que esta seja seja uma empresa internacional que normalmente pagam de acordo com o salário do seu país. Ou seja, vai poder trabalhar para uma empresa inglesa ou dos Estados Unidos em que o valor que pagam aos seus funcionários é superior ao de Portugal, mas há também ainda a vantagem de estas empresas pagarem na sua moeda que, atualmente, vale mais que o euro.

Gastos do trabalho online

Para além disso, como em qualquer trabalho, se for um especialista na área em que vai trabalhar as empresas estão dispostas a pagar-lhe um ordenado mais alto. Assim sendo, invista na sua formação.

No início deste seu percurso, é importante que saiba como está a funcionar o marketing digital, mesmo que acabe por não trabalhar diretamente com esta área. Assim, procure fazer formações sobre Inbound Marketing e as estratégias que utiliza, como SEO, email marketing, copywriting, revisão de conteúdo, entre outras. Este investimento vai compensar se optar pelo mundo do trabalho online.

Apesar de trabalhar em qualquer sítio, sem ter que estar preso num escritório ou fazer viagens até ao local de trabalho, parecer atrativo, pode ter de lidar com desvantagens. Em primeiro lugar, as contas de casa, principalmente de eletricidade, vão aumentar, bem como vai precisar também de investir em equipamento, como por exemplo um bom computador ou mobília de escritório.

Leia ainda: Como investir na formação sem gastar muito.

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.