As finanças pessoais são um tema muito importante para todas as famílias portuguesas. Gerir o orçamento familiar é uma tarefa que implica tempo e atenção. A Dica do Doutor sugere como ter um bom aconselhamento financeiro.

Considerando que a grande maioria das pessoas vive com um salário, mas tem vários compromissos financeiros que se repetem todos os meses, torna-se essencial ter um orçamento familiar, ou seja, a noção de quanto se ganha e quanto se gasta.

A vida financeira baseia-se em conseguir ganhar uma receita, cumprir os compromissos financeiros e ainda poder poupar para o futuro. Ainda assim é uma tarefa complexa.

Uma família tem de estar atenta às receitas e às despesas que faz. As receitas geralmente vêm de um salário, mas as despesas podem vir de várias formas: a prestação do crédito habitação, os seguros de vida, as utilidades, a comida, as escolas e infantários, os ginásios, os transportes.

Para além dos custos fixos habituais, durante o ano aparecem sempre imprevistos. Quando um eletrodoméstico se avaria, quando o carro não passa na revisão, quando as férias saem um pouco mais caras. As várias despesas amontoam-se e os possíveis créditos também.

dicadodoutor_financaspessoais

Para ter uma boa saúde financeira, deveremos ter bons hábitos de consumo e de poupança. Poupar dinheiro permite-nos cumprir os compromissos financeiros, criar um fundo de emergência para situações imprevistas e também poder usar o dinheiro que poupamos para lazer ou investimentos que nos proporcionem ter uma vida melhor.

Contudo, quantas famílias analisam as suas finanças pessoais e percebem como poupar?

Sabe que pode estar a pagar mais IMI do que devia? Será que faz sentido comprar as férias com um cartão de crédito com uma taxa de juro alta? Os seguros de saúde, de Vida, de Multirriscos que possuo são a melhor opção do mercado?

O pacote de serviços de telecomunicações tem tantos serviços que não utiliza, não é possível poupar e ter um preço mais baixo?

De facto, poupar é uma tarefa mais fácil do que achamos, mas é preciso olhar para as despesas e saber como otimizá-las.

Quando estamos doentes, procuramos um médico que nos receite um tratamento para ficarmos bem. Quando estamos com problemas legais, procuramos um advogado que conhece a lei e que nos pode ajudar. Quando o carro faz um barulho estranho ou avaria, procuramos um mecânico que nos resolva o problema. Quando os nossos animais de estimação aparentam um comportamento estranho, procuramos um veterinário que nos ajude. Quando queremos comer melhor, procuramos um nutricionista.

Sempre que temos um problema específico, procuramos um especialista. Porque não fazemos o mesmo com a nossa saúde financeira?

Se quer pagar menos no Crédito Habitação, se gostava de ter um seguro com uma prestação mensal mais baixa, se tem dúvidas sobre a venda da sua casa ou do seu IRS, porque não procura um especialista?

Para ter uma boa saúde financeira, há que analisar a sua situação atual com um especialista, com o Doutor Finanças.

O Doutor Finanças é uma consultora financeira com a missão de ajudar as famílias portuguesas a poupar e a ter melhor saúde financeira. Para além de termos serviços de aconselhamento financeiro nas áreas de Crédito Habitação, Crédito Pessoal, Seguros e Telecomunicações, fazemos um check-up total às suas finanças por forma a encontrar melhores soluções para pagar menos, poupar mais e ter uma vida financeira mais estável e equilibrada.

Os nossos serviços são gratuitos, apresentamos as melhores soluções para cada caso. A consultoria financeira é uma ferramenta importante que o ajudará a tomar melhores decisões. Veja a nossa página e peça já a sua consulta gratuita de check-up financeiro. Viva melhor e seja mais feliz.

Etiquetas: