O início do ano letivo representa sempre um desafio orçamental adicional para a maior parte das famílias. A pensar nisso, criámos um guia prático que vai ajudá-lo a poupar nas compras de inicio de ano lectivo dos seus filhos. 

O Regresso às Aulas é uma das épocas mais importantes, tanto para pais como crianças. O início do ano letivo pode trazer vários desafios, já que preparar todo o material escolar para o próximo ano representa um esforço financeiro adicional que terá peso no orçamento familiar.

Numa altura de maior despesa, é importante saber como podemos poupar dinheiro no regresso às aulas, sem comprometer os materiais utilizados pelas crianças e os compromissos financeiros já existentes.

Siga o nosso Guia Prático e poupe no regresso às aulas dos seus filhos

Preparação

Fazer uma lista do material escolar necessário é um primeiro passo para organizar as compras. Reveja também o material utilizado no ano anterior e escolha o que está em bom estado e que poderá ser utilizado este ano. Na preparação de lista de compras, consulte os vários sítios, os preços, e as campanhas de regresso às aulas que as superfícies comerciais têm.

Existem campanhas de compra de quantidades que podem trazer descontos mas pense se realmente necessita dos produtos. As promoções podem ajudar mas poderá também estar a comprar mais coisas do que realmente necessita. Compre o essencial e o que poderá utilizar noutras oportunidades.

regresso as aulas estojo

Os manuais escolares

Os manuais para todos os alunos que frequentem o primeiro e segundo ciclos são gratuitos (ou seja, manuais gratuitos do 1º ao 6º ano de escolaridade). Para poder usufruir deles, deve-se registar online na plataforma MEGA – Manuais Escolares Gratuitos, inscrevendo-se como Encarregado de Educação. Os vídeos com as instruções passo a passo indicam que ser-lhe-iá atribuído um voucher para levantar os manuais numa livraria mais próxima.

Esta medida do Ministério de Educação representa uma boa poupança para pais com crianças em idade escolar. Com esta folga orçamental, poderá utilizar o dinheiro nas restantes compras ou colocar numa poupança que irá servir para o próximo ano escolar ou para futuros gastos inesperados.

Para outros anos de escolaridade, veja de que forma os livros irão ter impacto no orçamento mensal. Pode sempre comparar os livros com os do ano anterior e trocar entre amigos e familiares para poderem usar o mesmo livro, poupando na compra de novos.

Para poder poupar na compra do material escolar, não esqueça de ler este artigo, com sugestões de sites com partilha gratuita de livros escolares.

O estojo

O estojo irá ter o principal material escolar que permite apontar conhecimentos importantes que os professores transmitem na sala de aula. Um bom estojo tem os materiais básicos necessários: uma caneta, um lápis ou lapiseira, uma borracha, uma pequena régua e um marcador florescente ou uma caneta de outra cor para sublinhar.

Quando a criança começa a ter mais disciplinas, podem ser necessárias ferramentas adicionais, como um compasso. Pode comprar antecipadamente mas não o guarde no estojo enquanto não precisar. Utilize material em bom estado dos irmãos mais velhos quando estes não necessitarem.

A mochila

A mochila é o material escolar mais importante para a criança. É o objeto que contém todas as ferramentas que a criança precisa para poder deslocar-se de casa para a escola todos os dias.

Encontrar uma mochila pode ser um desafio devido à muita oferta que existe no mercado, todos os anos. Sugerimos que escolha uma boa mochila que seja resistente e de acordo com o gosto da criança. Uma boa mochila deve ser adaptada à rotina da criança e ao material utilizado.

Lembrar que investir uma boa mochila leve e ergonómica pode ser um bom investimento a longo prazo, no sentido em que evitará problemas médicos, que por sua vez podem implicar outros custos de saúde.

Pode comprar uma mochila de uma cor neutra sem muitos adereços, para não incutir a criança a trocar quando não gostar do tema. Em vez de comprar uma mala temática, compre adereços, como pins, que podem ser trocados ao longo do tempo. Assim terá sempre a mesma mala mas decorada ao gosto da criança.

regresso as aulas mochila

Um caderno por disciplina ou dossier?

Nisto do regresso às aulas não há soluções perfeitas, apenas soluções adequadas a cada criança e pais. «Quantos cadernos devo comprar? Um caderno por disciplina? Deve ser A4 ou A5? E se comprar um dossier com as várias disciplinas?» são algumas perguntas que podem ser difíceis de responder.

Nestas questões, os pais devem estar atentos aos hábitos de estudo da criança. Veja se esta utiliza muitas folhas, se escreve muito, se precisa de muito espaço para fazer os exercícios. A solução encontrada é aquela que melhor se adapta às rotinas da criança. Ver o que resultou melhor com as crianças mais velhas pode ser uma pista mas tenha sempre em atenção ao peso que a criança irá transportar diariamente.

Os cacifos da escola podem ajudar a guardar um algum material escolar na escola, se for possível. Incuta a responsabilidade no seu filho ou filha de utilizar o material necessário e trazê-lo e levá-lo para casa sempre que precisar.

O sítio para estudar

O seu filho vai necessitar de estudar nos próximos anos, pelo que recomendemos que tenha o seu próprio local de estudo. Uma cadeira, uma secretária própria e uma estante para guardar os materiais são essenciais para os longos anos de estudos que terá pela frente.

Escolha material que seja confortável e durável. A secretária tem de ser suficientemente grande para ter vários materiais em cima da mesa e não exagere na decoração em cima da mesa, pois um local de trabalho limpo e organizado é um investimento para os próximos anos.

Tenha também uma gaveta própria para material escolar extra: canetas, lápis, borracha, afia, folhas de rascunho. Assim poderá sempre ter material extra para ajudar.

A roupa para a escola

Em idade escolar, as crianças vão crescendo rapidamente e isto coloca um desafio quanto à compra de roupa todos os anos lectivos. Para pais com duas crianças, passar a roupa do mais velho para o mais novo ajuda a reduzir os custos. Pode também visitar lojas com roupa a segunda mão ou lojas com roupas mais low-cost por forma a dar roupa confortável e que seja facilmente substituída nos próximos anos.

Para filhos adolescentes, o gosto pelo que vestir acabará por ser uma despesa maior, quando estes começam a ser influenciados pelas marcas e a sua oferta. Aposte em roupa básica e em peças essenciais das várias estações (um agasalho de inverno, uns calções de verão) que durem.

regresso as aulas roupa

A mudança de horários

Depois de um período de férias sem obrigações, pode ser um desafio regressar aos horários e às rotinas de escola. Para que não seja uma obrigação, envolva as crianças na rotina de regresso às aulas. Fale com otimismo desta etapa e comece a mudar a rotina para se irem habituando. Acordar cedo, deitar mais cedo, fazer as refeições a horas ajuda na preparação do ano lectivo.

Preparar a mesada das crianças é um passo para voltar as rotinas e organizar o orçamento familiar. Pense quanto irá gastar nas refeições fora da escola e que impacto irá ter no seu orçamento mensal. Incuta nas crianças a responsabilidade de ir gerindo o dinheiro de acordo com a nova rotina escolar.

As atividades extracurriculares

Depois da escola, o que fazer? Fale também com as crianças que atividades extracurriculares se podem comprometer este ano para antecipar as rotinas.

Para os filhos adolescentes, que se podem estar a aproximar das mudanças importantes nos estudos (do 9º para o 10º ano ou no 12º ano para uma universidade) fale sobre os objetivos que querem conquistar para o futuro ano. Escolham em conjunto também atividades extracurriculares que podem ser estratégicas para o futuro, como realizar um desporto ou aprender uma língua fora da escola. Acorde também com eles as rotinas de saídas com os amigos, os horários e dias de saída.

O regresso às aulas para adultos

Depois de umas merecidas férias e de os filhos regressarem às aulas, são também os pais e mães que regressam ao trabalho depois do descanso. Este regresso dos pais ao trabalho ajuda os adultos a sentirem-se produtivos. Para além de serem pai e mãe, também são profissionais que precisam de se preparar para os desafios que aí vêm. Veja também como família e casal como será a gestão orçamental familiar nos próximos meses para conseguir cumprir todos os encargos financeiros, poupar para um fundo de emergência e preparar algumas férias ou atividades em família.