Energia

Luzes de Natal em casa: 5 dicas para poupar na energia

Não quer abdicar das luzes de Natal em casa, mas precisa de poupar? Saiba como gastar menos energia com a iluminação.

Energia

Luzes de Natal em casa: 5 dicas para poupar na energia

Não quer abdicar das luzes de Natal em casa, mas precisa de poupar? Saiba como gastar menos energia com a iluminação.

A iluminação de Natal em casa pode representar um grande gasto de energia, se usada sem moderação ou cuidados. Este ano, mais do que nunca, com a inflação e a subida dos preços da energia, é importante encontrar formas de poupar com as luzes de Natal. 

Neste artigo, deixamos 5 dicas para não gastar tanta energia (e dinheiro) com a eletricidade este Natal, sem ter de cortar na decoração. 

Troque a iluminação tradicional por LED 

Investir em luzes LED (light-emitting-diodes) para a iluminação deste Natal, mesmo que implique um maior investimento inicial, pode compensar devido ao menor consumo de energia. 

Este tipo de iluminação é mais caro à partida, mas também tem uma maior capacidade, é mais duradoura, segura, ecológica e pode reduzir o consumo energético em até 80% comparando com as lâmpadas incandescentes tradicionais. É uma opção mais sustentável que, ao mesmo tempo que ilumina entre 30.000 a 50.000 horas, consome muito menos energia. 

De acordo com a PCDIGA, numa lâmpada LED, 95% da energia é convertida em luz, e apenas 5% é desperdiçada com calor. Já nas lâmpadas tradicionais, apenas 5% da energia é convertida em luz, e 95% desperdiçada com calor. Isto é, uma luz incandescente de 84 watts equivale a uma lâmpada LED de 36 watts, sendo que as duas fornecem o mesmo nível de luz. 

Ou seja, apostar em luzes LED para a iluminação dos seus adornos de Natal este ano pode representar uma poupança significativa na fatura da eletricidade. 

Leia ainda: Voltar ao mercado regulado da eletricidade e do gás vale a pena?

Estabeleça um horário para ter as luzes acesas 

Qual é a melhor forma de poupar na eletricidade?
Ler mais

Para que não gaste tanta energia com as luzes que instalou nas decorações, tente organizar e manter uma escala para quando tem as luzes acesas e desligadas. 

Defina um horário para as acender e para as desligar, consoante as suas preferências e dinâmica familiar. Por exemplo, se calhar faz mais sentido ter apenas as luzes ligadas desde o momento em que o sol se põe até ao momento de irem dormir.  

Seja rigoroso e tente ao máximo cumprir este horário. Deixar as luzes ligadas uma noite ou um dia completos terá um reflexo indesejado na fatura de eletricidade ao final do mês. 

Utilize tomadas inteligentes ou temporizadores 

Para que consiga cumprir um horário para ter as luzes acesas, de forma rigorosa, o ideal é apostar em tomadas inteligentes ou temporizadores

São dois equipamentos que podem ajudá-lo a programar horários específicos para quando as luzes se devem ligar e desligar automaticamente

Assim, garante que serão cumpridos os tempos definidos e que não há gastos desnecessários

Leia também: Despesas com eletricidade e gás natural vão contar mais 20% para o IRC

Instale apps de gestão de energia 

Também pode garantir o rigor desta rotina através de aplicações de gestão de energia. Existem apps que possibilitam a ligação do seu telemóvel aos equipamentos de casa, permitindo a automatização dos aparelhos elétricos e reduzindo os custos energéticos. 

São sistemas de controlo doméstico que o vão permitir ligar e desligar as luzes quando quiser, mesmo que não esteja em casa. 

Para que perceba qual a aplicação mais adequada para si, consulte o seu fornecedor de eletricidade

Decoração de Natal luminosa, mas sem luz 

Se preferir cortar mesmo os gastos com luzes de Natal este ano, pode substituir as típicas iluminações por outros ornamentos decorativos. 

Por exemplo, nesta época encontra muitos elementos dourados/prateados e brilhantes que podem ser igualmente vistosos. Pode usá-los tanto na árvore de Natal e no presépio, como na decoração no exterior da casa. Neste último caso, pode optar pelos tradicionais pais natais pendurados em janelas ou varandas. 

Leia ainda: Energia: 7 formas de tornar a sua casa mais eficiente

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.