Finanças pessoais

Horta Urbana: Como ter legumes e frutas o ano inteiro

Se já pensou criar uma horta urbana em sua casa mas não sabe por onde começar, fique a conhecer algumas dicas que o podem ajudar a colocar as mãos na terra.

Finanças pessoais

Horta Urbana: Como ter legumes e frutas o ano inteiro

Se já pensou criar uma horta urbana em sua casa mas não sabe por onde começar, fique a conhecer algumas dicas que o podem ajudar a colocar as mãos na terra.

Já pensou que agradável seria chegar à sua varanda e ter frutas, legumes e plantas aromáticas prontas a colher? Hoje em dia não é assim tão difícil tornar este cenário em realidade. Basta um pequeno investimento e estar disponível para cuidar de uma horta urbana em sua casa.

Neste artigo, partilhamos algumas informações sobre como construir uma horta urbana em sua casa e os alimentos que pode plantar. Saiba ainda que cuidados deve ter para ter sucesso com a sua horta e conseguir poupar anualmente na fatura do supermercado ou mercearia.

Leia ainda: 7 dicas para uma alimentação saudável quando o orçamento está apertado

O que é uma horta urbana?

Nos últimos anos é cada vez mais comum ouvir falar de hortas urbanas nas grandes cidades. As vantagens são tantas, que muitas cidades já possuem hortas comunitárias que permitem à população plantar os seus próprios legumes e fazer a sua colheita. Mas esta não é a única solução se pretende plantar legumes e frutas. A verdade é que pode ter uma horta urbana em sua casa e passar a beneficiar da colheita de legumes frescos o ano inteiro.

Por exemplo, se tem uma marquise, uma varanda, um terraço ou um pequeno quintal, provavelmente tem todas as condições necessárias para ter a sua própria horta. Pode perfeitamente usar mesas de cultivo, vasos, canteiros, sacos de cultivo ou se gostar de bricolage, pode mesmo construir uma horta vertical para que o espaço da mesma seja ainda menor.

Para além de poder colher tudo aquilo que plantou, sabe exatamente que produtos foram utilizados no cultivo e ainda vai conseguir poupar na fatura do supermercado. Mas os benefícios de uma horta urbana não terminam por aqui. Cuidar de uma horta é um hobbie que ajuda a relaxar, melhora o humor e alivia bastante os níveis de stress. Se tem filhos, esta também é uma ótima opção educativa para estes darem mais valor ao que a natureza oferece, para além de poder fazer inúmeras atividades com eles.

Leia ainda: 5 dicas para poupar tempo e dinheiro nas compras de supermercado

mulher a pegar num  regador de plantas num vaso

Como posso construir uma horta urbana em minha casa sem ocupar muito espaço?

Se não gosta muito de bricolage, existem várias opções disponíveis no mercado para fazer uma horta urbana sem ocupar muito espaço. No entanto, o primeiro passo não deve ser comprar vasos ou hortas verticais, mas sim verificar a luminosidade do espaço onde quer instalar a sua horta urbana. Isto porque a maioria das plantas, legumes e algumas frutas não conseguem sobreviver sem a dose certa de luz.

Dito isto, veja se a sua varanda, marquise ou terraço recebe pelo menos quatro horas de luz direta diariamente. O ideal é que a luz solar incida na sua horta no início da manhã ou ao final da tarde, mas se não for o caso, certifique-se que existe luz solar a incidir no local durante algumas horas. Após verificar o melhor local, então é hora de delimitar o espaço para a sua horta e tentar perceber como é que o pode rentabilizar ao máximo.

Nos locais de menores dimensões pode construir uma horta urbana vertical ou com vários níveis de altura. Desta forma pode colocar vários vasos numa espécie de escada, sempre garantindo que estes continuam a beneficiar de luminosidade. As pessoas que tiverem um espaço muito reduzido podem iniciar uma horta com plantas aromáticas e legumes de menores dimensões. Já aquelas que tiverem um pouco mais de espaço, têm inúmeras opções de plantação ao longo do ano.

Não se esqueça que para além dos vasos, numa fase inicial é necessário fazer um pequeno investimento nos materiais necessários que permitem cuidar da sua horta.

Que materiais de jardinagem preciso de adquirir para começar a minha horta?

Tudo vai depender do tamanho e local da sua horta, do tipo de cultivo e da manutenção que será realizada.

Numa fase inicial o importante é adquirir as ferramentas de jardinagem que lhe vão permitir tratar da terra e da plantação, da qualidade do solo, das suas sementeiras e da sua manutenção. Não precisa fazer um investimento elevado para adquirir umas luvas de jardinagem, um pequeno ancinho e espátula, umas sementeiras, substrato adequado às suas plantações e adubo.

Contudo, consoante o que for plantar, é importante que analise a possibilidade de compra de um medidor da composição do solo, uma tesoura de poda, uma tela protetora, uma mini-estufa, entre outros materiais. Depois, basta comprar boas sementes ou mudas, consoante a sua pressa de colheita.

Não se esqueça que para ter sucesso com a sua horta urbana deve informar-se sobre as plantas, legumes e frutas que pretende semear. Para além da luminosidade, é essencial que consiga garantir que o solo vai ter os cuidados necessários para estar sempre a ser enriquecido com os nutrientes certos. Desta forma, não só os seus legumes e frutas vão ter um óptimo valor nutricional como também vai evitar que surjam pragas e doenças desnecessárias.

É verdade que existem legumes que podem durar mais que um ano?

Sim, é verdade. Para quem está a começar e não está cheio de pressa para colher o que vai plantar é aconselhável informar-se sobre as plantas, legumes e até frutas perenes. A designação de perene indica que uma planta é capaz de viver mais de dois, pois esta não é anual nem bianual. Após ser plantada e cuidada em condições, muitas plantas, legumes e frutas perenes vivem vários anos sem qualquer necessidade de voltarem a ser plantadas.

No entanto, embora exista a forte possibilidade de ao plantar legumes perenes ter uma colheita garantida durante vários anos, é essencial que faça uma escolha adequada ao clima em que vive. Deixamos aqui 10 exemplos de legumes perenes que pode plantar na sua horta urbana:

  • Espargos;
  • Couves;
  • Chicória;
  • Ruibarbo;
  • Alcachofras;
  • Agrião;
  • Cebolinho;
  • Rábano-silvestre;
  • Espinafres;
  • Alho

Para além destes, a batata também é considerável perene. No entanto, devido a algumas doenças o mais comum é ser cultivada anualmente. Se estiver interessado em plantas aromáticas, também existem várias opções como o manjericão, funcho, gengibre, lavanda, menta, salsa, alecrim e oregãos.

Caso não pretenda esperar tanto tempo para conseguir colher aquilo que vai plantar, existem alguns legumes que são considerados de crescimento rápido, que crescem entre 20 a 60 dias, embora possam necessitar de ser plantados anualmente. Aqui o segredo para ter sempre estes legumes passa por espaçar o plantio, ou seja, pode ir plantando semanalmente ou de duas em duas semanas, para ter sempre disponível estes alimentos.

São exemplos de legumes de crescimento rápido o rabanete (21 dias), a alface (30 dias), nabo (40 dias), rúcula (40 dias), pepino (50 dias), beterraba (50 dias), mini-cenouras (50 dias), ervilhas (50 a 60 dias), abobrinha (50 dias), entre outros.

Que frutas crescem bem numa horta urbana?

Em termos de frutas, o ideal é optar pelas frutas que crescem em arbustos. São exemplo deste tipo de frutas a framboesa, groselha, morangos e mirtilos. Após algum tempo da plantação, o número de frutos vai aumentando de ano para ano. Contudo, algumas destas frutas requerem alguns cuidados especiais, principalmente na escolha adequada do solo, pois muitas necessitam de um solo ácido. Já em termos de temperatura, o calor excessivo pode ser um entrave.

No caso de ter um pequeno quintal ou terraço, pode optar por ter um pequeno pomar sem ter que colocar as suas árvores de fruto diretamente no solo. Existem muitas árvores que crescem bem em vasos, desde que o tamanho dos mesmos seja adequado às suas raízes. Por isso, se tem algum espaço pode vir a ter as suas próprias laranjas, limões, maçãs, romãs, figos e até mangas. No entanto, aconselhamos que na hora de comprar a sua árvore, fale com os profissionais de forma a perceber qual é a solução mais indicada para o espaço que tem disponível e para o clima da sua zona.

pessoa a agarrar uma planta

Aproveite as sementes e poupe dinheiro

Embora muitas pessoas optem por comprar mudas para facilitar a colheita dos seus legumes, a forma mais económica de uma horta passa por semear toda a sua colheita. Mas é preciso estar preparado para que muitas vezes a sua semente não germine, e mesmo que aconteça pode levantar algum tempo até que veja os resultados que tanto deseja.

Agora se gosta de um bom desafio, semear os seus legumes e frutas pode ser um processo que lhe vai trazer bastante satisfação. E o melhor é que muitas vezes nem tem que comprar sementes, pode simplesmente reaproveitar as sementes de legumes e frutas que comprou para consumir.

Por exemplo, os pimentos podem ser facilmente plantados a partir das sementes que costumamos deitar para o lixo. Neste caso específico pode separar as sementes, colocá-las num guardanapo e deixá-las ao sol durante 3 ou 4 dias. Num vaso com terra e adubo coloque as sementes e mantenha a terra húmida. Após as sementes rebentarem e as plantas estiverem com 5 cm é altura de transplantar para um vaso maior. Tente que o vaso tenha no mínimo 40 cm de diâmetro e coloque-o no local com luz solar. A terra deve ser mantida húmida e deve colocar hastes para suportar o peso quando a planta tiver mais de 20 cm. Esta é uma forma de ter pimentos sem ter que gastar dinheiro com sementes e mudas.

Embora os cuidados possam ser diferentes, pode fazer o mesmo com outros legumes e frutas, como por exemplo o tomate. As sementes de árvores de frutas são mais difíceis de germinar, no entanto com alguma dedicação e cuidados específicos também é possível. As batatas e cebolas também podem ser reaproveitadas para plantar. Mas neste caso vai usar as raízes das mesmas e colocá-las de novo na terra.

Plante consoante a sua capacidade de manutenção e espaço

Cuidar de uma horta requer alguma paciência e dedicação. Por isso, é importante que ao iniciar pela primeira vez uma horta escolha poucos legumes, plantas ou frutas para cuidar. O mais provável ao querer plantar vários legumes e frutas de uma só vez é acabar a desperdiçar o investimento, ficar desmotivado e até deixar a horta de lado.

Antes de construir a sua horta urbana perca algum tempo a procurar boas informações, calendários de cultivo, informações sobre os legumes e frutas que mais gosta e técnicas de cultivo. Escolha duas ou três opções e dedique-se às mesmas. Conforme vai aumentando os seus conhecimentos, faça crescer a sua horta urbana de acordo com o espaço que definiu inicialmente para a mesma.

Nota: São vários os sites da especialidade que oferecem calendários de cultivo completamente gratuitos. Para além destes, algumas câmaras municipais também dispõem de um calendário anual para hortas.

Uma horta urbana é um pequeno investimento que pode resultar numa boa poupança anual

Se tem uma família grande ou consome bastantes vegetais e frutas por mês, uma horta urbana pode representar uma boa poupança anual. Além de conseguir garantir a qualidade dos seus próprios alimentos, à medida que a sua horta vai crescendo vai reduzir a sua fatura no supermercado ou mercearia.

Por exemplo, uma família que gaste mensalmente 50 euros em vegetais, num ano tem uma despesa 600 euros com estes alimentos. Mesmo que não plante todos os vegetais, se conseguir ter na sua horta alguns destes alimentos, pode conseguir poupar um valor atrativo no final de um ano.

Para além disso, o investimento numa horta urbana pode ser bastante reduzido, pois a maioria do investimento é inicial. Se optar por usar sementes, a espera é maior mas o investimento é muito menor. Faça as suas contas e veja quanto precisa plantar para conseguir pagar o seu investimento. Pode ainda fazer uma estimativa de quanto pode poupar no seu orçamento familiar anualmente.

Nota final: Nos primeiros anos alguns destes cultivos podem ficar aquém das suas expectativas, o que é normal. As árvores de frutos e alguns legumes demoram mais tempo até conseguirem produzir uma boa quantidade de alimentos. Por isso, veja sempre a horta urbana como um projeto a médio ou longo prazo.

Ler mais: Como ter uma alimentação mais saudável sem gastar muito dinheiro

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.