O mercado imobiliário na segunda maior cidade do país está também ao rubro. Se pretende comprar casa no Porto com valor superior a 200.000€ poderá poupar tempo, dinheiro e dores de cabeça na busca pelo banco que lhe oferecerá as melhores condições para o seu caso.

Pedir várias simulações junto das entidades bancárias, compará-las e negociá-las faz com que o processo de contratação de crédito habitação para adquirir de um imóvel seja moroso, muito chato e bastante burocrático.

Entidades como o Doutor Finanças podem ajudá-lo – e muito – a poupar não só tempo, mas também dinheiro. Por vezes, na ordem dos milhares de euros. A relação privilegiada destas com as entidades bancárias permitem não só acelerar o processo, como assegurar que são negociadas as melhores condições para o seu Crédito Habitação. Desta forma, poupa tempo, dinheiro e as dores de cabeça que a compra de uma casa no Porto, neste momento significa devido à elevada procura. 

Veja abaixo exemplos que permitem perceber as poupanças incríveis que pode obter se conseguir assegurar as condições mais vantajosas para o seu crédito habitação.

Quanto posso poupar com o meu Crédito Habitação?

O mercado do crédito habitação está ao rubro e hoje em dia é possível obter melhores condições num crédito habitação do que era nos últimos anos. Graças à concorrência entre os bancos, actualmente o Doutor Finanças consegue negociar com alguns bancos spreads na casa dos 1%, e com isso conseguir que tenha poupanças anuais consideráveis, face ao que conseguiria se negociasse directamente com os bancos. Por isso, se pensa adquirir um imóvel tem aqui uma excelente oportunidade de poupar. E quanto mais alto for o valor do seu imóvel, mais conseguirá poupar anualmente como poderá ver nos casos abaixo.

Caso da Ana: vai poupar um total de 16 833€ com o seu crédito habitação de 250 000€

A Ana vai pedir um crédito no valor de 250 000 € a 30 anos. No mercado ela encontrou propostas com spread de 1.4% , que pressuponham uma prestação mensal de 850,86€. Com a ajuda do Doutor Finanças, a Ana conseguiu um crédito, em que ficou com uma taxa de 1.0%, o que se traduziu numa prestação de 804,10€. Desta forma conseguimos uma poupança de 46,71€ por mês ou 561,12€ anuais. Neste caso concreto só em juros a Ana poupará um total de 16 833€, sem ter perdido tempo a negociar com vários bancos.

E se acha que estes números ainda não são suficientemente bons, saiba que para além dos juros é ainda possível negociar todos os produtos que normalmente estão associados ao Crédito Habitação, como é o caso dos seguros de vida e multi-riscosO banco vai querer associar os seguros ao seu contrato de Crédito Habitação. Mas sabia que não é obrigado a contratar os seguros na mesma entidade? E aí pode ter outra fonte de poupança, dado que facilmente encontrará seguros de vida mais baratos.

Caso do Bruno: vai poupar 15 080€ euros com o seu crédito de 300 000€

O Bruno vai comprar casa no Porto no valor de 300 000€ a 30 anos. Sem recorrer ao Doutor Finanças encontrou uma proposta com uma taxa de 1.3%, cuja prestação mensal seria de 1 006€. Após o contacto, conseguimos encontrar para o Bruno uma proposta com uma taxa de 1.0%. Assim, na aquisição do seu imóvel o Bruno poupará mensalmente 41,89€, o que representa uma poupança anual de 502,68€!

No total, em juros no prazo do empréstimo, o Bruno vai poupar 15 080€.

Tal como no caso da Ana, para além dos juros será possível negociar os serviços associados ao crédito habitação, como é o caso do seguro de vida e multi-riscos, o que aumentará ainda mais a poupança obtida. 

Veja nesta reportagem do Contas-Poupança da SIC mais casos de pessoas que pouparam milhares de euros

Também quero poupar no meu Crédito Habitação. O que tenho que fazer?

Se já encontrou a casa no Porto ideal para si e pretende comprá-la, será possível obter poupanças consideráveis procurando e negociando com os bancos as condições mais favoráveis. Como é um processo demorado, burocrático e que implica muito esforço e paciência, o ideal é recorrer ao Doutor Finanças que faz este trabalho por si. Sem qualquer custo!

 

 

Para podermos analisar quanto é que poderá poupar, preencha o formulário abaixo. Ser-lhe-á atribuído um consultor que irá entrar em contacto consigo para analisar o seu processo e conseguir obter as melhores condições para o crédito habitação da sua futura casa em Lisboa.