Habitação

Vale a pena comprar uma casa em construção através de um crédito?

Se está a pensar comprar uma casa em construção, conheça as vantagens e desvantagens e como funciona o crédito habitação.

Natacha Figueiredo Natacha Figueiredo , 11 Setembro 2020

Dado o estado atual do mercado imobiliário, muitas pessoas começam a procurar outras soluções para a aquisição de um imóvel próprio. Um dos negócios que tem despertado a curiosidade é a compra de uma casa em construção, principalmente nas grandes cidades.

Atualmente há várias opções no mercado, sendo possível comprar uma moradia, um apartamento e até um escritório através deste tipo de negócio. Por isso, vamos referir algumas vantagens e desvantagens de comprar uma casa em construção, que cuidados deve ter antes de assinar um contrato, e analisar se compensa fazer um crédito habitação para este tipo de aquisição.

O que é uma casa em construção?

construçao de um chão de tijolos

Uma casa em construção é uma casa na planta. Este tipo de casa é um imóvel que ainda não se encontra construído, mas que os projetos para a construção já estão aprovados num determinado terreno e já existe licença de construção atribuída. Para que a compra de uma casa em planta seja o mais vantajoso possível, todos estes procedimentos devem estar já aprovados.

Uma casa em planta pode ser encontrada na criação de uma nova urbanização, um novo condomínio ou à construção de um prédio. A diferença entre construir uma casa de raiz é que nestes casos não tem que adquirir um terreno, fazer um projeto, contratar profissionais especializados, tratar de licenças e aprovações.

Neste tipo de negócio o comprador deve-se preocupar em pedir os documentos como tudo se encontra já tratado e legalizado, e focar-se nos prazos de construção e acabamentos.

Que vantagens existem em comprar uma casa em construção?

A compra de uma casa em construção por norma tem algumas vantagens associadas, a começar pelo preço. Uma casa na planta por norma é vendida a um valor mais baixo, porque o construtor recebe o valor em parcelas, o que garante mais estabilidade à construtora. Por regra, pagará por uma casa em construção um preço menor do que por uma casa pronta a estrear na mesma localização.

Outra das grandes vantagens é que está a investir num imóvel novo a estrear, sem qualquer tipo de desgaste. Para quem gosta de uma decoração mais moderna, a maioria das plantas são desenhadas tendo esse fator em consideração. No entanto, tal como na construção de uma casa de raiz, é muito importante fazer este tipo de negócio com uma construtora de confiança e com boas referências.

Em alguns casos, ao comprar uma casa em planta, é possível escolher a maioria dos acabamentos dentro dos orçamentos definidos. Algumas construtoras ainda permitem pequenas alterações na própria planta para ir ao encontro das necessidades do comprador. Todos estes pormenores devem ser sempre acordados e definidos por escrito.

Por fim, para quem não tem a totalidade do valor a pagar inicialmente por este tipo de negócio pode beneficiar de alguma flexibilidade nos pagamentos. A maioria das construtoras que dispõe deste tipo de negócio aceitam muitas vezes negociar o plano de pagamentos, pois estão habituadas a que os seus clientes necessitem de recorrer a créditos para finalizar o pagamento.

Leia ainda: Cuidados a ter ao comprar uma casa usada

Quais as desvantagens?

Comprar uma casa em construção também tem desvantagens associadas ou até riscos associados a este negócio. O primeiro passa por, muitas vezes, o tempo de execução do projeto ultrapassar aquele que inicialmente foi previsto. Se a construtora não cumprir o prazo previsto no contrato, pode implicar alterações nas condições de um crédito habitação que esteja a fazer para comprar este tipo de casa.

Outra desvantagem é que vai ter que pagar por algo que ainda não está concluído, o que pode traduzir-se numa casa com uma qualidade inferior ao que esperava.

A terceira desvantagem, e que pode assustar os interessados, é a possibilidade da construtora entrar em insolvência. Nestes casos pode ser bastante complicado conseguir o capital que investiu de volta, o que se torna num risco que pode não estar disposto a correr.

Por fim, a última desvantagem passa pela dificuldade no acesso a um crédito habitação para uma casa em planta. Muitos bancos podem levantar alguns entraves que vamos explicar mais à frente, o que pode levantar questões sobre a viabilidade deste negócio.

Comprar uma casa em construção através de um crédito habitação

engenheiro e arquiteto a olhar para planta de casa

Em Portugal poucas entidades bancárias financiam a compra de uma casa em planta. O que se consegue, por norma, é o financiamento já no final da construção. O que significa que precisa de ter fundos próprios para iniciar o processo de aquisição.

No entanto, este tipo de crédito tem condições específicas. Os bancos que têm este tipo de produtos vão libertando o capital à medida que a construção avança. Havendo a possibilidade de, durante os primeiros anos, pagar apenas os juros correspondentes.

A "resistência" de alguns bancos a este tipo de financiamentos está relacionado com o facto de o risco associado a este tipo de negócio ser maior, uma vez que o terreno e o projeto estão no nome da construtora na fase inicial, só passando para o nome do cliente na fase final.

Por isso, quem pretende adquirir uma casa em construção precisa de ter capital disponível para conseguir suportar as despesas iniciais durante a construção. Na fase final, pode recorrer a um crédito habitação para finalizar o montante da aquisição do imóvel.

Dito isto, é essencial que se informe junto de vários bancos, sobre as condições para este tipo de negócio antes de se comprometer com a compra da habitação. Analise bem as taxas envolvidas, o valor que terá que suportar e o valor que precisa de financiar.

Cuidados que deve ter antes de assinar um CPVP de uma casa na planta

Se está muito interessado em comprar uma casa em construção e quer assinar o contrato de promessa compra e venda, aconselhamos que analise todas as condições.

Lembre-se que está a comprometer-se a pagar um imóvel que ainda não saiu da planta e existem vários pormenores a ser acordados antes de assinar qualquer contrato.

Em primeiro lugar deve analisar bem a planta, e deixar por escrito as alterações acordadas, e os valores orçamentados para os acabamentos que escolheu. Tente perceber se o construtor está a construir ou já construiu outras casas com plantas idênticas. Desta forma pode ter uma noção mais clara daquilo que estará a comprar.

Além disso, nunca se esqueça que os prazos, garantias, cláusulas que o protegem, bem como pormenores acordados para a atribuição do crédito habitação, caso seja necessário, devem ficar todas por escrito no CPCV.

Nunca assine um contrato deste tipo sem antes ter todos os pormenores acertados com o banco que o vai financiar, nem sem antes ter a certeza que está protegido caso a construtora não cumpra os prazos acordados.

Nota: Em caso de dúvidas legais deve aconselhar-se com um advogado ou pedir que este escreva um contrato que o proteja em todas as situações de risco que não dependem de si.

Partilhe este artigo
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)