Crédito

Vai fazer um crédito habitação? Saiba as comissões praticadas pelos bancos

Adriana Cabrita Adriana Cabrita , 25 Setembro 2018 | 2 Comentários
Para ter noção dos valores praticados no mercado, e para que possa fazer contas à vida, o Doutor Finanças comparou as comissões cobradas por alguns bancos. Visto que todos os bancos praticam comissões diferentes, é melhor garantir que está bem informado antes de celebrar um contrato de crédito habitação com algum deles.  Se está a pensar comprar casa, acrescente ao valor do imóvel as despesas que estão associadas à realização de um crédito habitação. Mesmo que o valor da casa pareça indicado para si, não se esqueça de adicionar a esse valor outros custos.  Compare as comissões dos bancos para crédito à habitação

Comissão de Dossier 

A comissão de dossier, que também pode ser chamada de comissão de abertura ou de estudo, abrange os custos de preparação e análise de crédito, independentemente da aprovação do crédito. Alguns bancos cobram uma comissão inicial para estudar a viabilidade de conceder um determinado empréstimo. Esta comissão não varia em função do valor do imóvel, mas varia de banco para  banco. Por exemplo, no Banco Eurobic é onde pode poupar mais, pois cobram cerca de 130,00€ por este serviço. Logo a seguir temos o Bakinter (260,00€), o BPI (280,00€), o Banco CTT (280,00€) e o Santander Totta (280,00€). Ligeiramente acima está a Caixa Geral de Depósitos (285,00€), e a liderar a tabela está o Deutsche Bank (390,00€). Aos valores da comissão acresce o imposto associado.À primeira vista poderá ter a tendência de recorrer ao banco mais barato. No entanto, convém analisar o valor das restantes comissões que são cobradas e os serviços que cada entidade bancária dispõe. No caso da comissão de dossier, existem algumas instituições que o pagamento é opcional ou então adicionam uma comissão de contratação.  

Comissão de Avaliação  

Para  providenciar o financiamento, o banco precisa fazer uma avaliação para saber o valor do imóvel. Tornando-se determinante para a aprovação do processo e para definir as condições do mesmo. Normalmente, a avaliação do imóvel é encomendada a um avaliador externo. Esta comissão, que ficara a cargo do cliente, ronda os 200 euros.Deutsche Bank (250,00€), Santander Totta(230,00€), Caixa Geral de Depósitos (230,00€), Eurobic (200,00€), Bankinter (220,00€ + deslocação), BPI (230,00€), Banco CTT (230,00€).  Ao valor acresce o imposto associado. 

Comissão de Formalização  

Este valor, correspondente a gastos administrativos e burocráticos, é pago no momento da formalização do contrato. Sendo uma comissão que só é cobrada em caso de formalização.Tem o caso da Caixa Geral de Depósitos que cobra um valor mais simpático por este serviço (70,00€).

Documentação da habitação 

Se a Caixa Geral de Depósitos era a entidade que cobrava a comissão de formalização mais baixa, no caso do tratamento da documentação é a única entidade bancária que cobra pelo serviço (125,00€). Neste caso, bancos como: Deutsche Bank, Santander Totta, Eurobic, Bankinter, BPI e o Banco CTT têm custo zero no tratamento da documentação.

Documentação e representação na contratação do crédito habitação 

À semelhança do ponto anterior, o tratamento da documentação e a representação na contratação do crédito habitação, também tem custo zero na maioria dos bancos. Contudo, se fizer o seu crédito habitação na Caixa Geral de Depósitos, saiba que este serviço tem um custo de 300,00€. A este valor acresce sempre o imposto associado.  

Solicitadoria

O Deutshe Bank e o Banco CTT têm solicitadores disponíveis que fazem todo o processo de tratamento da documentação da habitação mais o tratamento e representação na contratação do crédito. Por exemplo, o Deutshe Bank cobra este serviço no dia da escritura (150€ + imposto), já o Banco CTT cobra esta comissão no mesmo momento que é cobrado o valor da avaliação (230€+imposto).

Notário  

A escritura, que é a fase final de um processo de compra e venda, tem um dos maiores custos associados à aquisição de um imóvel. É neste momento que recebe a chave da casa e que fica legalizada a venda. Aqui entra a necessidade de contratar um notário. O valor deste serviço é semelhante em todos os bancos, rondando os 750,00€.   Saiba a documentação que precisa para fazer um crédito à habitação Como pode ver, as comissões variam de banco para banco e de serviço para serviço. Pois vejamos, na Caixa Geral de Depósitos o tratamento da documentação pode ter associado um valor que os restantes bancos não têm, no entanto tem o valor mais competitivo no que toca à comissão de formalização.  Salientamos que os custos apresentados são meramente indicativos e podem estar sujeitos a alterações regulares . Estes podem variar em função da entidade que titular o contrato (Conservatória, Notário ou outra entidade com competência para a autenticação de contratos), do número de atos a praticar ou alteração legislativa. Estes valores não incluem os custos com a obtenção de documentos, deslocações do Notário, procurações, retificações de registos e outros atos complementares que se revelem necessários para a formalização e registo. 
Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #calcular crédito,
  • #comissões,
  • #crédito a habitação

Deixar uma resposta

9 comentários em “Vai fazer um crédito habitação? Saiba as comissões praticadas pelos bancos

  1. Quanto tempo demora depois da aprovação do crédito habitação,por imóvel do próprio banco a 100% ,a escritura? Meu contrato de arrendamento esta a acabar e preciso da escritura para pegar as chaves .Obrigado

    1. Boa tarde lívia,
      Correndo o risco de não termos conseguido interpretar correctamente o que pretende saber, parece-nos que quer ser informada sobre quanto tempo demora a marcar uma escritura no Banco. Se é isso, depende de Banco para Bancos, mas à luz da atual lei, o máximo que os Bancos podem financiar é de 90% sobre o valor de escritura. Será esse o motivo que está a atrasar o processo? Questione o porque do atraso ao seu Banco e com o motivo, talvez possamos ser mais concretos na resposta.
      Estamos ao dispor.