Gerir o ordenado até ao final do mês pode ser um verdadeiro desafio, mesmo com atitudes de poupança efetiva. Se, depois de analisar as suas finanças pessoais, perceber que não há mais por onde poupar, talvez possa considerar uma nova fonte de rendimento.

Para além do propósito de fazer frente a uma despesa inesperada, pode recorrer a outra atividade para juntar dinheiro com um objetivo específico ou apenas para fazer um pé-de-meia.

Apresentamos 14 formas de rendimento extra que não exigem grande esforço e, em alguns casos, pouco mais de uma dúzia de cliques:

Fazer babysitting ou petsitting

Se tem tempo livre e gosta de crianças, preenche, à partida, os principais requisitos para ser babysitter. É necessário ter outras características como ser paciente e calmo, mas divertido.

É importante ter também conhecimentos de cuidados básicos de saúde. Mas a responsabilidade é o fator que une todos os requisitos anteriores.

Se souber tocar algum instrumento ou tiver alguma aptidão curiosa para as crianças, melhor ainda.

Existem várias plataformas de babysitting em Portugal, mas mais abrangente e com maior atividade é a Babysits. Aqui oferecer os seus serviços como babysitter na sua zona de residência. O registo é gratuito e o valor é estipulado entre os pais da criança e o prestador de serviço.

Pode também recorrer à velha técnica de recomendação: pergunte a amigos, vizinhos e outras pessoas se necessitam de ajuda para cuidar das crianças uma noite e veja como corre.

O petsitting é outra possibilidade que requer o seu tempo livre e dedicação.

Animais como os cães e gatos podem ser muito territoriais e sofrer de stress quando são transferidos do seu espaço habitual para outros locais como hotéis especializados.

Por isso, o serviço de petsitting pode ser a melhor solução, quando os donos têm que se ausentar durante algum tempo. Ao oferecer este serviço, deve estar disponível para se deslocar a casa dos donos do animal em questão e realizar tarefas como: alimentação do animal, brincadeiras, exercícios e passeios na rua, higienização, administração de medicamentos (se necessário) e disponibilidade para comunicar com os donos, sempre que o pretenderem.

Pode oferecer este serviço a colegas ou amigos ou inscrever-se numa plataforma específica, como a Patudos & Companhia. Aqui pode publicitar a sua disponibilidade e fazer chegar os seus serviços a mais interessados. A inscrição é gratuita e o valor do serviço é definido por si, mas quando o pagamento, são retidos 11% para a gestão da plataforma.

Pergunte também a colegas de trabalho se precisa que cuide dos animais durante as férias de verão ou num fim-de-semana mais prolongado. Poderá ser um bom ponto de partida.

Dar explicações

Faça render os seus conhecimentos. Para dar explicações, é necessário que seja um bom comunicador e que tenha gosto em ensinar (o que pressupõem paciência e empatia). Pode associar-se a um dos centros de explicações perto de si ou registar-se numa plataforma online como a Explica-me ou Learnify. Em ambas, as inscrições são gratuitas, mas no caso da segunda plataforma, é cobrada uma taxa de 15% sobre o valor de cada aula.

Traduzir ou rever textos

Fazer traduções de qualidade para outras línguas ou dominar a língua portuguesa na perfeição não é para todos. Se é o seu caso, pode inscrever-se em plataformas como a Fiverr ou a Upwork. O registo nestas plataformas é gratuito, se optar por um perfil básico.

Redigir de artigos

A redação de artigos implica o domínio exemplar da língua portuguesa, tal como a tradução e revisão de textos. No entanto, exige outros ingredientes como a investigação, criatividade e alguma capacidade de síntese e estrutura de textos. A produção de conteúdos escritos também é um dos trabalhos que as empresas procuram contratar em regime freelancer. O Doutor Finanças tem a iniciativa Escreve para Nós para todos aqueles que gostam de escrever sobre poupança e finanças pessoais. Se gosta de escrever e tem interesse por estas áreas, candidate-se aqui.

Cozinhar para fora

Cada vez há mais pessoas a fazerem render o talento e gosto pela cozinha ou pastelaria, na sua própria casa. O mesmo pode acontecer com petiscos ou refeições completas. Os ingredientes para que esta atividade seja rentável são: gosto pela cozinha, claro; produtos de qualidade, mas bem geridos e (muito importante!) licenciamento pela ASAE e DGAV. Pondere bem antes de avançar com esta atividade, que exige algum investimento inicial. Se concluir que não compensa, sempre pode cozinhar para família, amigos e colegas e conseguir uns euros extra com isso.

Vender fotografias

O gosto pela fotografia pode render-lhe algum dinheiro extra ao final do mês. Mas, nesta área, a concorrência é muita. Por isso, acrescente valor às suas imagens, com uma edição cuidada. Pode oferecer os seus serviços online, em bancos de imagens como o Istockphoto, Shutterstock, Dreamstime ou a agências como a Atlântico Press. Os veteranos desta atividade aconselham a fazer sempre acompanhar a fotografia de uma legenda e data. Por norma, o pagamento é feito à fotografia, sempre que esta é comprada por um cliente da plataforma.

fontes de rendimento

Fazer figuração

Não requer nenhum talento especial. Como o nome indica: basta a sua figura. Não tem que interpretar nenhum papel e, na grande maioria das vezes, fazer figuração não implica qualquer fala. Deve ter algum tempo disponível ou, pelo menos, flexibilidade de horários, porque não é possível prever quando é que pode ser chamado para um trabalho de figuração. Para exercer esta atividade, o melhor é inscrever-se numa agência, que escolhe e organiza os castings mais indicados para si. Eis algumas das agências de referência: Figura de Estilo, BeCasting, Crowd.

Fazer ações de promoção

As ações de promoção ou trabalhos como hospedeira/o são trabalhos pontuais que rendem dinheiro extra. Estes trabalhos consistem em promover produtos em pontos de venda, como supermercados, lojas de roupa, cafés, distribuir flyers ou brindes nas ruas ou a dar apoio à organização de eventos. No Facebook existem alguns grupos de promotores gerais ou organizados por cidades, que permitem aceder às vagas. Pode, no entanto, inscrever-se em agências especializadas, como a Hospedeiras de Portugal ou a Springevents, para que o contactem diretamente sempre que necessitarem do seu serviço.

Vender artigos por catálogo

Certamente que já ouviu falar nesta oportunidade de rendimento extra. Se no seu círculo de amigos e conhecidos não há ninguém a fazer este tipo de venda, talvez deva considerar, porque é um território por explorar. Marcas como Oriflame, Avon, Yves Rocher e também a Boticário fazem este tipo de vendas através de revendedoras. Para além da comissão que ganha em cada encomenda, recebe também produtos de forma gratuita.

Alugar um quarto

Se tem um quarto vazio em sua casa, saiba que pode estar a desperdiçar dinheiro extra ao final do mês. Deve ter sempre atenção à escolha da pessoa e definir se pretende alugar o espaço por alguns dias ou se está disposto a alugá-lo durante um período de tempo mais longo. Anuncie a disponibilidade desse espaço em grupos de Facebook, em plataformas especializadas como a Uniplaces.

Participe em estudos de mercado

É do interesse das marcas testar os seus produtos antes que estes cheguem ao mercado. Para terem um feedback mais aprofundado, muitas vezes organizam-se focus groups para recolher opiniões e perceções. A Spirituc – Investigação Aplicada é uma das empresas que promove este tipo de reuniões. Quem neles participa é recompensado monetariamente ou através de vales. Pode também receber os produtos em casa e avaliá-los e ainda receber dinheiro por isso, através de empresas como a Click Research ou a Youzz.

Pode ainda ser um cliente mistério. Neste caso, deve avaliar determinado serviço, fazendo-se passar por um cliente normal que coloca questões previamente combinadas. Se está interessado neste tipo de atividade, inscreva-se numa das seguintes plataformas: Marktest, Multidados ou Gapbuster.

Vender artigos que não usa

Da próxima vez que fizer uma arrumação geral à casa e colocar de parte pequenos eletrodomésticos, mobiliário ou roupa que já não usa, pondere em vendê-las e conseguir uns euros extra com essas coisas que tinha empatadas. Em quase todas as cidades existem feiras para vendas de artesanato ou produtos usados: Feira da Ladra em Lisboa, Feira dos Pássaros no Porto, Mercado Coletivo em Aveiro e por aí fora.

Para estar presente nestas feiras, deve inscrever-se previamente, obter licença e, em alguns casos, pagar pelo espaço ocupado. No caso da Feira da Ladra, paga mensalmente 1,60€ por metro quadrado – se vender artigos usados, ou 2,40€ – se vender artesanato. E se acha que não vai conseguir vender aquele quadro antigo que iria para o lixo, desengane-se: nestas feiras há muito quem venda, mas também quem compre.

Neste tipo de atividades, para obter algum rendimento extra, precisa de despender do seu tempo e utilizar um computador portátil, tablet ou smartphone, com acesso à internet. Pode fazê-las a partir de casa ou num outro espaço público com acesso à internet, como uma biblioteca municipal ou um café.

Vender artigos que não usa (online)

Este é uma espécie de upgrade do ponto anterior. Em vez das tradicionais feiras de rua, pode vender online as coisas que já não usa. E desta forma, chega a muitas mais pessoas. Em plataformas como o OLX ou Custo Justo, vende-se um pouco de tudo. Por isso, antes de pôr no lixo coisas que ainda estão em bom estado, considere colocá-las à venda numa destas plataformas online.

Responder a inquéritos

Só precisa de um computador com ligação à internet e algum tempo livre. A verdade é que os valores pagos por inquérito não são muito elevados. Mas como dizemos nós, os portugueses, “grão a grão, enche a galinha ao papo”. A Marktest, Netsonda, Qualidade 21 e a Multidados são algumas das empresas onde pode encontrar este tipo de inquéritos, que depois são pagos em dinheiro, vale ou outros serviços, como carregamentos de telemóvel. Apesar de não ter obrigatoriedade de responder a todos os inquéritos que lhe são apresentados, o pagamento só é feito quando atinge um determinado valor. Em algumas plataformas, pode ganhar pontos (convertidos em dinheiro) por convidar amigos para responderem também aos inquéritos.

Aspetos a ter em atenção

Recibos Verdes:

Em algumas das atividades descritas acima é necessária a apresentação de um recibo verde ou ato isolado (com obrigatoriedade de pagamento de IVA) para receber o pagamento. Leia aqui sobre as mais recentes alterações ao regime contributivo dos trabalhadores independente. Pagamentos com vales não obrigam a coletar-se nas Finanças.

Não pague para trabalhar:

Podem surgir propostas aliciantes, em que tem de investir dinheiro para ter retorno. Muito provavelmente são fraude. Para evitar ser enganado numa situação dessas, procure sempre referências das empresas para quem vi trabalhar, especialmente se o fizer online.

Não coloque a sua segurança em risco:

Quando tem algum produto de muito valor para vender e combinou um encontro com o comprador, não vá sozinho e encontre-se num local público. Pode parecer um conselho básico, mas é sempre importante relembrar.

 

Ganhe dinheiro extra para poupar!