Cultura e Lazer

Como aproveitar as férias em família com pouco dinheiro?

Tem um orçamento limitado e não sabe como aproveitar as férias em família com pouco dinheiro? Conheça algumas sugestões.

Cultura e Lazer

Como aproveitar as férias em família com pouco dinheiro?

Tem um orçamento limitado e não sabe como aproveitar as férias em família com pouco dinheiro? Conheça algumas sugestões.

Para as famílias que têm filhos e um orçamento apertado, nem sempre é fácil encontrar soluções para desfrutar de umas boas férias em família com pouco dinheiro. No entanto, ter um orçamento limitado não significa que não possa gozar de dias inesquecíveis em família, com direito a momentos de descanso, convívio, atividades em conjunto e até descobrir novos locais. Para tal ser possível, é preciso que planeie bem as suas férias e use a sua criatividade. E para o ajudar a encontrar algumas soluções para as suas férias em família, apresentamos-lhe algumas dicas e sugestões.

Ler mais: Férias de verão: ocupações dos mais novos para todos os bolsos

O planeamento financeiro é essencial para umas férias em família com pouco dinheiro

Não é novidade que as férias de verão podem representar um esforço financeiro para muitas famílias, principalmente quando os programas passam por viagens para fora do país ou estadias em alojamentos durante uma ou mais semanas. Mas para quem tem um orçamento familiar bastante limitado, mesmo depois de ter entrado o subsídio de férias na conta bancária, é normal que este período possa ser encarado com alguma frustração, uma vez que o dinheiro pode não ser suficiente para conseguir desfrutar deste tipo de programas.

E no caso de a sua família estar nesta situação, saiba que existem várias soluções para ter umas ótimas férias, recheadas de momentos inesquecíveis. Contudo, para saber exatamente o que pode fazer, é necessário criar com antecedência um planeamento financeiro para os seus dias de descanso. E como é que pode fazer este planeamento sem grande dificuldade? Através do seu orçamento familiar.

Antes de entrar de férias, reserve um tempo para olhar para o seu orçamento, de forma a identificar qual é o valor que tem disponível para este período. Veja se é possível maximizar este valor se cortar em algumas despesas não essenciais durante este mês. Lembre-se que o objetivo principal é reunir o maior valor possível para os dias longe da rotina habitual, mas sem colocar as suas finanças pessoais em risco.

Caso precise de aumentar esse montante, também pode ver algumas soluções para obter um rendimento extra, como vender peças de roupa que já não usa ou outros artigos que tem em sua casa e pretenda desfazer-se.

Depois de apurar o montante total disponível, então é hora de estipular o que vai fazer com esse valor, mas também quanto é que pode gastar em cada dia. É normal que em certos dias ultrapasse o montante diário que definiu. No entanto, tenha atenção que se ultrapassar o valor diário, terá que reduzir as suas despesas nos dias seguintes, de forma a conseguir equilibrar novamente o seu orçamento. Não se esqueça que para quem tem um orçamento muito limitado, as tentações e saídas não programadas podem originar despesas extras que não equacionou, e levá-lo a gastar mais do que pode.

Ler mais: Vai de férias? O seu orçamento familiar é reduzido? Saiba como poupar

Férias em família num alojamento: Atenção às promoções

Se o seu orçamento é limitado, é normal que não equacione a hipótese de a sua família passar uns dias longe de casa num alojamento ou num hotel. Na verdade, as probabilidades de conseguir encontrar um alojamento dentro das suas possibilidades financeiras, em época alta, são sempre menores quando a procura é feita em cima da hora. Contudo, isto não significa que se fizer uma procura ativa e estiver atento a promoções, tal não venha a ser possível. Por exemplo, em alguns alojamentos locais longe dos destinos mais procurados, por vezes, ficam dias livres a meio da semana, o que leva os proprietários a baixarem os preços para conseguirem reservar essas datas. E o mesmo acontece com vários hotéis de norte a sul de Portugal.

Para aproveitar uma oportunidade destas sem colocar o seu orçamento em risco, é fundamental definir qual é o valor máximo que pode suportar com esta despesa. Para apurar este valor de forma mais precisa, tenha em conta as despesas que terá com a deslocação até ao local, o valor que precisa para refeições, o preço por noite no alojamento ou hotel, e claro, outro tipo de despesas que possam surgir para aproveitar a sua estadia.

Idealmente, as famílias que têm um orçamento mais limitado, devem planear as suas férias com um maior tempo de antecedência, de forma a terem acesso ao máximo de opções que existam para o valor que podem suportar. E embora seja aconselhado que no futuro considere um planeamento antecipado, este ano pode sempre ver as soluções que ainda se encontram disponíveis, pois pode conseguir surpreender a sua família com uma estadia fora de casa por alguns dias. Mesmo que não consiga suportar uma semana de férias, três dias num sítio que nunca visitou são uma ótima forma de sair da rotina e recarregar a energia de toda a família.

4 sugestões de programas para férias em família com pouco dinheiro

Fora das idas à praia, à piscina, a parques e almoços ou jantares fora, muitas famílias não sabem que programas fazer quando o orçamento é limitado. E é normal que assim seja, porque entre os inúmeros afazeres e responsabilidades, nem sempre é fácil parar um pouco e pensar em programas alternativos que agradem a todos os membros da família. E por isso, deixamos aqui quatro sugestões de programas para férias em família com um orçamento reduzido que o podem inspirar.

1 - Dias em comunhão com a natureza

Para as famílias que pretendem respirar um pouco de ar puro, longe do ritmo acelerado da cidade, fazer uma escapadinha no meio da natureza pode ser uma solução perfeita quando o orçamento é reduzido. Em Portugal, existem centenas de parques de campismo, onde pode acampar em áreas seguras abaixo preço, e aproveitar para relaxar um pouco e até fazer inúmeras atividades.

Se esta for uma atividade que lhe desperta interesse, aconselhamos a ver as várias opções que existem de norte a sul do país, e escolher um parque de acordo com o orçamento que tem disponível. Caso não tenha uma tenda de campismo para a sua família, e não pretenda fazer este investimento, pergunte se algum dos seus familiares, amigos ou conhecidos dispõe de uma tenda que lhe possa emprestar ou alugar por alguns dias.

Neste tipo de programa pode ser interessante pensar em algumas atividades para fazer em família, como passeios pela natureza, piqueniques, fazer trilhos de bicicleta, entre outras atividades. Na mala de viagem pode também levar alguns jogos de tabuleiro que vão tornar os tempos mortos em momentos de lazer divertidos.

Nota: Existem vários sites onde pode consultar os preçários e as comodidades de cada um dos parques de campismo em Portugal, sendo um dos exemplos o site camping.info.

2 - À descoberta de novas localidades

Não é novidade que Portugal é um país repleto de locais emblemáticos, zonas paradisíacas e localidades cheias de histórias e costumes. E dito isto, um programa divertido para fazer em família é ir à descoberta de novas localidades no nosso país, que podem ser perto ou mais afastadas da sua zona de residência.

Para as famílias que não vão passar a noite num alojamento, uma forma de evitarem alguns custos é levarem comida de casa e pararem num parque de merendas para almoçarem. As idas pelas estradas nacionais também são aconselháveis, uma vez que evita o pagamento de portagens e tem acesso a pequenas localidades que podem ser interessantes de visitar.

Este tipo de programa requer algum planeamento, para identificar as localidades mais interessantes de acordo com os seus gostos e atividades que pretende fazer. Por exemplo, existem cidades e aldeias tradicionais, que possuem edifícios antigos, museus, igrejas, cascatas e jardins que não vai querer deixar de conhecer. E tudo o que precisa fazer é procurar até x quilómetros da sua zona de residência, atrações e locais a visitar. Existem muitos blogs que o podem ajudar neste sentido, e não se esqueça de ver os sites das câmaras municipais, que por norma, têm um separador sobre atrações turísticas e locais de destaque no concelho.

3 - Semana cultural

Embora para algumas famílias este possa parecer um programa um pouco aborrecido, a verdade é que a cultura ajuda a desenvolver-nos intelectualmente, socialmente e até ao nível emocional. E por isso, dedicar uma semana das suas férias a aumentar os seus conhecimentos, pode ser uma experiência extremamente enriquecedora para si e para a sua família. Para além disso, consoante a atividade ou programa que escolher, existe uma forte possibilidade de passar as manhãs ou as suas tardes de uma forma bem divertida. E para tal, tudo o que precisa de fazer é procurar programas que se adaptem melhor aos gostos da sua família.

Por exemplo, é normal que a primeira opção que lhe venha à cabeça seja as idas a museus. E embora sejam um ótimo programa, a verdade é que nem sempre os museus conseguem despertar o interesse das crianças, principalmente se não tiverem um programa adaptado aos mais novos. No entanto, existem muitas outras atividades que pode pesquisar, como peças de teatro de grupos amadores ou profissionais, concertos gratuitos ao ar livre, exposições temáticas, visitas de galerias a céu aberto (arte urbana), entre tantas outras opções.

Também pode organizar umas tardes culturais em sua casa e convidar a família/amigos ou até fazer um rally paper cultural, onde o objetivo é desvendar pistas sobre temáticas culturais. As opções são muitas, basta um pouco de criatividade e vontade, que certamente encontrará diversas formas de desfrutar de uma semana inesquecível e enriquecedora.

4 - Uma semana para experimentar novas atividades

Se está um pouco cansado da sua rotina diária, já pensou em criar uma semana em que não pode dizer que não a experimentar novas atividades? Esta é uma solução que pode ser muito divertida para toda a família, e até pode resultar na descoberta de um novo hobby ou de uma atividade pela qual se apaixone. O objetivo nesta semana é não colocar entraves a experimentar novas atividades. Claro que a sua família não tem de ser boa em todas as atividades, mas o que importa é a diversão e experiência que vão viver juntos.

Embora qualquer atividade que nunca tenha experimentado seja válida, para ter uma ideia mais concreta do que a sua família pode fazer, deixamos aqui algumas sugestões que se adaptam a todos os orçamentos:

  • Atividades desportivas: Se nunca praticou determinados desportos, aproveite para o fazer esta semana. Por exemplo, já experimentou jogar padel ou ténis? E que tal umas horas a jogar xadrez, bilhar, à malha, boccia, ténis de mesa, badminton, fazer equitação ou até andar de patins ou skate. As possibilidades são muitas, basta adaptá-las à sua família, consoante aquilo que nunca foi experienciado e o seu orçamento.
  • Atividades Artísticas: Representar um excerto de uma peça de teatro, tentar aprender a tocar um instrumento musical, cantar, aprender uma coreografia, escrever um poema ou uma história, pintar um quadro, etc.
  • Outras atividades: Plantar uma horta, aprender a cozinhar, pintura cerâmica ou em azulejos, fazer voluntariado, e qualquer outra atividade que desperte o seu interesse.

Lembre-se que ter um orçamento reduzido pode ser mais limitador nas férias de verão em família, mas não é de todo um impedimento para se divertir e criar momentos inesquecíveis. Se planear bem as suas férias, existem inúmeras atividades que pode fazer de acordo com o seu orçamento, apenas poderá ter de ser mais criativo e fazer algumas contenções de custos, de forma a aproveitar estes dias da melhor forma possível.

Se a sua situação financeira não melhorar, então é importante que faça uma análise mais detalhada às suas finanças, de forma a perceber o que pode ser alterado, para que no futuro consiga alcançar os seus objetivos pessoais e financeiros.

Ler mais: Como saber se as suas finanças pessoais estão de boa saúde

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe uma resposta

Insira o seu nome

Insira um email válido