Mobilidade

5 conselhos para cuidar de um automóvel parado

Fique a conhecer alguns conselhos e dicas que o vão ajudar a cuidar de um automóvel parado durante um longo período de tempo.

Natacha Figueiredo Natacha Figueiredo , 24 Abril 2020

Dada a atual situação que se vive um pouco por todo o mundo, são muitas as pessoas que têm o seu automóvel parado à porta há mais de um mês.

Embora possa estar a verificar uma redução nas suas despesas, o que é normal, um carro parado e mal cuidado pode criar rapidamente várias despesas inesperadas e ter um impacto negativo nas suas finanças pessoais.

De forma a evitar surpresas desagradáveis no futuro devido ao seu automóvel parado, deixamos alguns conselhos para cuidar da manutenção do seu veículo e reduzir a probabilidade de avarias e deterioração de peças.

Ler mais: Seguro Automóvel: o que é um seguro contra todos os riscos?

1 - Mude de lugar de estacionamento

carro eléctrico a ser carregado à porta da garagem

Com um automóvel parado na rua durante um longo período de tempo, podem surgir diversos problemas. Um dos mais conhecidos tem a ver com a descarga total da bateria. Embora muitos condutores optem por desligar a bateria do seu automóvel, este simples gesto pode causar alguns inconvenientes, como a inatividade do alarme do veículo, a desprogramação do rádio, entre outros.

Caso não pretenda vir a ter este tipo de problemas, o que aconselhamos é que uma ou duas vezes por semana mude de lugar de estacionamento. Desta forma, pode aproveitar para andar um pouco com o carro na sua zona de residência, dar algumas voltas ao quarteirão, e depois voltar a estacionar o mesmo. Esta é uma forma para aproveitar para carregar a bateria do seu carro, e ao mesmo tempo dar uso a vários sistemas.

Quando o seu carro fica parado repentinamente, e durante um longo período, podem vir a existir problemas nos sistemas de travagem. Um dos casos mais comuns durante grandes períodos de inatividade é a oxidação. Por isso, ao ligar o seu carro no mínimo uma vez por semana e circular um pouco com ele está a evitar que o seu sistema de travagem sofra com a oxidação. O mesmo acontece com o travão de mão.

Não se esqueça de ligar o seu ar condicionado a cada 15 dias, e se possível entre 15 a 30 minutos. Ao ligar o ar condicionado lubrifica o sistema de vedação do gás, e mantém o bom funcionamento de todo o sistema.

Ler mais: Conheça 5 aplicações amigas do seu carro

2 - Verifique os pneus do automóvel parado

Quem é proprietário de um veículo sabe da importância de manter os pneus do veículo em bom estado. Este tipo de cuidados não só mantêm a segurança do seu veículo quando circula regularmente, como também evita o consumo excessivo associado a uma má pressão nos pneus.

No que diz respeito a um automóvel parado, a verificação do estado dos pneus, como da pressão dos mesmos, continua a ser fundamental. Os proprietários que tenham carros com pneus com algum desgaste devem estar mais atentos nestes períodos de inatividade. E isto porquê? Porque os pneus usados podem ter perdas de ar, que vão diminuir a pressão dos mesmos e acabam por danificá-los.

Por isso, aproveite os dias em que vai dar uma volta com o seu veículo para cuidar dos seus pneus e verificar a sua pressão. Não se esqueça que caso o seu veículo esteja parado há mais de um mês, é aconselhável que colocar a pressão máxima indicada pelo fabricante. Em caso de dúvida deve sempre consultar o manual do seu veículo.

Nota: Tente sempre deixar o seu carro estacionado numa zona plana, e verifique que os pneus não ficaram em cima de nada que possa fazer pressão nos mesmos.

3 - Sempre que seja possível use o carro para dar uma volta mais longa

Em alguns casos, uma pequena deslocação pode não chegar para garantir a boa manutenção do veículo. Por isso, caso seja possível, de 15 em 15 dias tente dar uma volta mais longa.

Ao dar uma volta com o seu carro durante 45 minutos ou uma hora, dentro dos limites de velocidade permitidos em vias rápidas e auto-estradas, consegue evitar a maioria dos problemas que um carro parado pode trazer.

Ao fazer esta deslocação pode conseguir:

  • Evitar problemas na embraiagem: Embora não seja necessário atingir uma velocidade específica, ao dar uma volta mais longa com o seu carro vai permitir que a embraiagem do seu carro fique danificada com a humidade.
  • Lubrificar vários sistemas e peças: Uma pequena viagem permite ao seu veículo continuar a lubrificar corretamente os seus inúmeros componentes no sistema de direção e transmissão.
  • Nos carros a diesel, com matriculas a partir de 2009, permite a regeneração do filtro de partículas: Muitos carros a gasóleo fazem a limpeza automática do filtro de partículas. Contudo, para tal acontecer, é necessário que o veículo circule por um período entre os 45 minutos a 1 hora e alcance um velocidade a cima dos 80/90 km/h. Já nos carros em que a regeração é ativa, é aconselhável alcançar os 70 km/h durante um período que pode rondar entre os 10 a 20 minutos.
pessoa a atirar um balde de água para o pneu de um carro

4 - Um automóvel parado mais do que um mês deve ter cuidados extras

Deixar um carro parado mais de um mês no exterior pode trazer outro tipo de problemas que podem, em muitos casos, ser prevenidos. Em primeiro lugar, antes de o ser veículo ficar parado deve ponderar se existe a hipótese de o colocar numa garagem. Embora possa ser um investimento considerável para algumas pessoas, a verdade é que pode poupar-lhe bastante dinheiro na fatura de possíveis reparações futuras.

Caso a hipótese de deixar o seu carro numa garagem não seja viável, então redobre alguns cuidados. O primeiro passa por fazer um limpeza geral no interior do mesmo. Não se esqueça de aspirar bem o interior do carro, de forma a evitar que fiquem restos de comida ou lixo esquecido. Este tipo de cuidados evita a criação de pragas, manchas e até o aparecimento de bolor em épocas do ano mais húmidas.

Depois de limpar o interior é altura de se debruçar sobre a limpeza exterior do mesmo. Uma lavagem cuidada e com a colocação de cera pode prevenir a degradação da pintura durante o período em que o automóvel estiver parado. No caso do carro ficar parado durante um longo período deve pensar na compra de capa protetora. Este tipo de capa deve permitir a entrada de ar para uma boa ventilação, e ter um forro que não fique colado à pintura em dias de chuva.

Se for impossível colocar uma capa no seu automóvel, deve no mínimo proteger o seu tablier dos raios solares. Para além disso, também é aconselhável colocar um pano macio que envolva as escovas do seu carro. Desta forma as escovas não ficam tão ressequidas, e não corre o risco das mesmas danificarem os vidros.

Ler mais: Como poupar na reparação do carro

5 - Evite que o carro fique parado com o depósito cheio

Por fim, o último conselho que temos para lhe dar aplica-se de forma diferente a qualquer tipo de veículo parado. No caso dos carros a gasolina ou a diesel é fundamental que não fiquem totalmente parados com o depósito cheio. Aliás, quanto mais tempo tiver o seu carro parado, menor deve ser o combustível no depósito. E se está a pensar qual é o fundamento desta afirmação, é simples. Este tipo de combustíveis vão perdendo as suas propriedades quando ficam parados durante muito tempo. Esta perda de propriedades leva à criação de resíduos que podem vir a entupir, na melhor das hipóteses, o filtro do combustível.

Dito isto, se está a pensar deixar o seu carro parado por um período de tempo considerável, é preferível que circule com o mesmo até este estar quase na reserva. Essa é altura ideal para que este fique durante um período inativo.

No caso dos carros elétricos, o objetivo é um pouco diferente em relação à carga da bateria. Embora não deve deixar a bateria completamente carregada, também deve ser evitado que o automóvel fique parado com um nível muito baixo. Evite ao máximo que a bateria chegue a uma carga inferior a 20% durante esse período. Por norma, o aconselhável num carro elétrico parado é manter a bateria entre os 60 e os 40%. Tente manter estes níveis durante o tempo necessário.

Partilhe este artigo
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)