Crédito

Como a família Costa poupou mais de €900 com o Dr. Finanças

João Barbosa João Barbosa , 27 Janeiro 2017 | 1 Comentários
Precisa de uma folga no seu orçamento e não vê como cortar mais custos? Olha para as suas prestações financeiras e gostaria de as reduzir para libertar dinheiro para outras despesas? Neste artigo mostramos como o Dr. Finanças ajudou a família Costa a poupar mais de €900 nas suas prestações bancárias. Siga-nos pelos 3 passos da consulta do Dr. Finanças.

1º passo: o Check-Up Financeiro

O primeiro passo de todas as consultas do Dr. Finanças consiste num diagnóstico financeiro rigoroso e detalhado. A família Costa teve apenas de encaminhar o seu mapa de responsabilidades de crédito (que pode ser descarregado aqui) e o seu último IRS.Na posse destes documentos e de uma breve conversa telefónica foi possível identificar um conjunto de informações preciosas para o processo.Orçamento familiar:
  • Rendimento mensal do casal - €3.700
  • Custos fixos mensais - €1.544 (inclui a renda da sua habitação)
  • Total de Prestações de crédito - €2.120
  • Situação líquida do casal - €36
Endividamento da Família:
  • 9 linhas de crédito de curto prazo
  • Montante de endividamento – €83.000
1004852_77276531+1

2º passo: a análise financeira e o plano de ação

Depois do check-up financeiro foi possível tirar algumas conclusões:
  • A situação financeira do casal é muito sensível, não tendo qualquer capacidade para fazer face a despesas imprevistas. Assim, o casal atravessa uma situação de espiral de endividamento que irá agravar-se todos os meses.
  • A estrutura de endividamento do casal é muito ineficiente e caracteriza-se por um custo excessivo – quer no que diz respeito ao valor das prestações como das taxas de juro médias. A manutenção desta estrutura irá fazer com que a família dificilmente consiga amortizar vários dos seus contratos.
Pela positiva, a débil situação financeira do casal, alguns atrasos de pagamento que já se verificam e a necessidade da banca em conter o incumprimento deixa um amplo espaço para a negociação profissional e assertiva dos vários contratos. Aliás, esta abordagem é a única abordagem para acabar com dívidas difíceis e baixar as prestações financeiras das famílias.

3º passo: a negociação

Feito o diagnóstico e a análise financeira o Dr. Finanças entrou em campo e iniciou as negociações com os diversos credores (num total de 5). As soluções apresentadas e que foram aceites foram as seguintes:

  • Cartão de Crédito em Incumprimento – Transformação deste contrato num crédito pessoal com uma taxa de juro de 1% e um prazo de 72 meses. Esta configuração permite reduzir significativamente a taxa de juro ao mesmo tempo que a família garante que irá liquidar esta dívida.
  • Consolidação de créditos – Nos contratos na mesma instituição financeira foi possível fazer uma consolidação interna o que resultou na queda da taxa de juro média e no aumento do prazo de pagamento.
  • Crédito Pessoal – Nos créditos pessoais “independentes” propusemos a extensão do prazo e a redução da taxa de juro praticada (redução média de 3.5 pontos percentuais).

Conclusões

sweethearts-502558_1280+1O processo da família Costa é um processo típico das pessoas que recorrem ao serviço de negociação de crédito do Dr. Finanças. Uma família que se confrontou com dificuldades financeiras fruto da conjuntura e da mudança de circunstâncias e que necessitou de recorrer a ajuda profissional. Neste caso conseguiu poupar mais de €900 todos os meses, o que representa uma poupança anual de perto de €11.000.Muitas pessoas estão em situações semelhantes. Umas estão melhor e outras acabam por estar em pior situação. Mas todos os problemas têm uma solução sendo apenas necessário que seja dado o primeiro passo que consiste realização de uma conversa de diagnóstico. O Dr. Finanças depois encarrega-se das burocracias e das negociações.
Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #ajuda endividamento,
  • #ajuda financeira,
  • #como poupar dinheiro,
  • #consolidação de créditos,
  • #crédito pessoal,
  • #negociar créditos

Deixar uma resposta

11 comentários em “Como a família Costa poupou mais de €900 com o Dr. Finanças

  1. Utilizo muito as ferramentas do coaching para estruturar as vidas financeiras das pessoas e verifico que muitas estão endividadas porque não possuem um objetivo forte, não colocam no papel o sonho que desejam realizar.