Crédito

Concessão de crédito ao consumo bate recorde em 2019

No ano passado, os portugueses pediram emprestados 7,6 mil milhões de euros para consumo. Crédito pessoal foi a finalidade que mais contribuiu para o total.

Sara Fernandes Sara Fernandes , 18 Fevereiro 2020

O crédito ao consumo não para de subir. Em 2019, os portugueses pediram emprestados 7,6 mil milhões de euros, colocando o crédito ao consumo em máximos desde pelo menos 2013 - altura em que o Banco de Portugal começou a divulgar estes dados.

Só em dezembro de 2019, o montante de novos créditos ao consumo aumentou 7,1%, comparativamente com o mesmo mês do ano anterior, para 667.954 euros, revelam os dados do Banco de Portugal.

O crédito pessoal foi a finalidade que mais contribuiu para o volume total dos empréstimos ao consumo. No ano passado foram disponibilizados 3,4 mil milhões de euros para créditos pessoais sem finalidade específica - que pode ser usado para vários fins, entre os quais férias ou formação.

Só em dezembro, o crédito pessoal aumentou 17,1% para 297 milhões de euros. O montante em cartões e descoberto também cresceu no último mês do ano para 101 milhões de euros (1,6%).

Apenas o montante de crédito automóvel concedido reduziu neste período (-0,4% face ao período homólogo) para 270 milhões de euros.

Leia ainda: Que tipos de crédito pessoal existem?

Regulador impôs novos travões ao crédito

A crescente corrida dos portugueses ao crédito preocupou o Banco de Portugal, que decidiu alargar as medidas que colocam um travão no crédito ao consumo.

No final de janeiro, o regulador anunciou a redução do limite de prazo no crédito pessoal de dez para sete anos. A alteração entra em vigor a 1 de abril de 2020.

Leia ainda: Saiba como gerir melhor os seus cartões de crédito

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #crédito pessoal

Deixar uma resposta

2 comentários em “Concessão de crédito ao consumo bate recorde em 2019