Crédito Consolidado

No início do ano, não se esqueça das dívidas

Rui Cunha Santos Rui Cunha Santos , 4 Janeiro 2019

Com o início de 2019, há que preparar o orçamento familiar para os próximos doze meses, bem como as dívidas.

O «ano novo, vida nova» traz sempre algum otimismo às famílias. Com uma energia renovada, fazemos uma reflexão do que correu bem e menos bem no ano anterior e desejamos que o próximo ano seja melhor.

Na vida financeira, para que o ano novo seja melhor, deve-se planear cuidadosamente o orçamento familiar mensal e também anual.

Fazer um orçamento familiar não passa só por identificar os seus rendimentos e as suas despesas.

Para além dos gastos que tem mensalmente, também terá de preparar alturas específicas do ano para pagamentos extraordinários, como o pagamento do IMI, a época do IRS, o regresso às aulas, as férias de verão ou até mesmo a próxima altura de Natal.

Depois de um mês de consumo, olhar para o orçamento familiar traz algumas dores de cabeça, principalmente se identificar dívidas maiores do que as esperava.

A Dica do Doutor sugere que mal comece o ano, faça o seu orçamento familiar e faça um plano para gerir e eliminar as suas dívidas.

dividas

No planeamento do orçamento anual, identifique as dívidas do mês anterior mas também outras dívidas do passado. As dívidas ao consumo são as mais comuns entre as famílias portuguesas, sendo que as dívidas de cartão de crédito são dívidas recorrentes que podem ter um efeito de bola de neve, com uma taxa de juro elevada que coloca mais pressão no orçamento familiar.

Este será o valor que terá de amortizar o mais brevemente possível, no decorrer do ano, por forma a travar uma situação mais difícil de endividamento.

Para amortizar as suas dívidas, pense num plano a curto e longo prazo para poder gerir a sua situação. Utilize uma pequena poupança mensal para ir amortizando o valor e planeie despesas futuras para as poder pagar na totalidade e sem recurso a crédito, por forma a continuar a gerir a sua vida financeira.

No início do ano, faça um ponto de situação à sua situação financeira e se necessitar de ajuda para fazer um check-up financeiro às suas despesas, estamos ao dispor para ajudá-lo.

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #amortizar dívidas,
  • #consolidar créditos,
  • #dica do doutor,
  • #dividas,
  • #orçamento familiar

Deixar uma resposta

3 comentários em “No início do ano, não se esqueça das dívidas