despesas de Natal ilustradas com produção fotográfica que juntou símbolos da época dentro de um carrinho de supermercado miniatura, colocado em cima de um computador portátil e embrulhos de Natal
ícone do formato do post video
Finanças pessoais

Despesas de Natal: Como evitar que afetem a sua carteira

As despesas de natal podem assumir um peso relevante no orçamento familiar. Saiba como pode aliviá-lo e poupar nesta quadra.

Para muitas famílias, reduzir as despesas com o Natal é cada vez mais difícil. Por um lado, têm de lidar com o aumento de preços devido à inflação e, por outro, acabam por ceder às habituais campanhas de estímulo ao consumo e gastam mais do que tinham previsto ou podiam gastar.

No entanto, existem formas de minimizar as despesas desta época natalícia. Neste artigo, ajudamo-lo a pôr em prática algumas delas.

Evite comprar prendas perto do dia de Natal

À medida que o Natal se aproxima, as lojas tendem a aumentar os preços, certas de muitas pessoas deixam as compras para perto da consoada. Por isso, se tem este costume, saiba que corre o risco de pagar muito mais do que se fizesse as compras atempadamente.

Embora seja impossível evitar comprar tudo antes do dia da consoada, existem despesas de Natal que pode minimizar. Nomeadamente, as prendas que vai oferecer. Por isso, aproveite os descontos que algumas lojas fazem em novembro, ou pondere até recorrer aos outlet. Com o devido planeamento, vai conseguir poupar dezenas ou centenas de euros.

Leia ainda: Dicas para começar a planear as suas compras de Natal

Defina um orçamento e monitorize as despesas de Natal

Uma das formas de "proteger" a sua carteira das compras de Natal é fazer um orçamento. Em primeiro lugar, deve determinar uma quantia máxima para despesas natalícias. Nestas, incluem-se as prendas, refeições e outros custos inerentes à época.

No caso das prendas, pode começar por definir quanto vai gastar por cada uma e quem vai receber mais. Depois, deve elaborar uma lista, identificando possíveis prendas para cada uma das pessoas. Isto vai ajudá-lo a manter o foco quando efetivamente for altura de comprar.

Já no caso das refeições, avalie se vale a pena encomendar doces ou refeições, ou se lhe compensa fazer certas iguarias em casa. Há também que realçar que tempo é dinheiro. Ou seja, certos bolos ou refeições podem requerer imenso tempo de preparação. Por isso, pode acabar por ficar mais "caro", especialmente se tiver de passar grande parte do dia na cozinha a preparar a ceia de Natal. Independentemente do orçamento que defina para as despesas deste Natal, o mais importante é que o cumpra e, sobretudo, que este não comprometa a sua estabilidade financeira.

Leia ainda: Como melhorar a sua vida financeira quando o orçamento está “apertado”

Compre produtos fora de época

Especialmente quando se trata de roupa, existe a tendência de oferecer produtos que possam fazer falta durante a época natalícia. Nomeadamente casacos de inverno, camisolas de malha, entre outros produtos. No entanto, as lojas não oferecem grandes descontos neste tipo de produtos perto do Natal. Em contraste com a roupa de inverno, os produtos fora de época, designadamente de verão ou primavera, costumam ter promoções que, em muitos casos, chegam a 60 ou 70%. Por isso, se souber que a pessoa a quem pretende oferecer uma prenda tem necessidade de peças de roupa fora de época, então pode poupar imenso dinheiro.

Leia ainda: Guia para este Natal: Promoções, compras e encomendas na alfândega

Aposte em produtos de melhor qualidade

Existem diversas razões para aproveitar descontos em produtos de melhor qualidade. Uma das principais razões é o facto destes produtos, em grande parte dos casos, terem uma maior durabilidade. Além disso, têm características diferentes quando comparados com produtos de menor qualidade.

A somar a isto, os produtos de melhor qualidade usualmente são intemporais. Isto significa que dificilmente passam de moda, podendo ser usados durante mais tempo, sem que pareçam antiquados. No caso de se estragarem por alguma razão, é mais simples repará-los, mantendo as características originais. Já no caso de produtos de qualidade inferior, geralmente quando se estragam não existe solução. Seja por não serem produzidas peças em separado, ou simplesmente porque a marca já nem produz o produto. Já se optar por algo de qualidade superior, também pode ver a diferença e atenção ao detalhe no apoio ao cliente.

Por último, se aproveitar quando existem promoções significativas (como os saldos após o Natal), consegue comprar um produto de melhor qualidade quase ao mesmo preço (ou por vezes, igual) ao de um produto de qualidade inferior. Se fizer isto em todos os produtos é capaz de até ultrapassar ligeiramente o seu orçamento. No entanto, tem a vantagem de ficar de consciência tranquila de que ofereceu um produto de boa qualidade, o qual pode ser usado durante bastante tempo.

Leia ainda: Não planeia as suas compras? Estas 6 dicas de poupança são para si

Mulher com gorro de natal faz compras online no portátil

Verifique os preços primeiro na loja online

Antes de se dirigir a uma loja física, deve consultar os preços praticados na loja online. Por vezes, existem descontos únicos que só pode usufruir se fizer a encomenda online. Em muitos casos, a diferença pode fazê-lo poupar dezenas de euros. Além disso, consegue poupar muito tempo ao "passar os olhos" no que várias lojas têm antes de as visitar.

Por isso, aproveite o que a tecnologia lhe oferece e consulte primeiro a loja online e, só depois, decida se vale a pena ver os artigos presencialmente.

Leia ainda: Compras online: Porque é que nem sempre o preço mais baixo é a melhor opção

Combine as suas encomendas e usufrua de descontos

Fazer as suas compras com várias pessoas pode trazer benefícios para todos os envolvidos, especialmente se as encomendas forem feitas numa loja online. Por vezes, existem determinados cupões que apenas pode utilizar caso a encomenda ultrapasse um determinado valor. Se conhecer alguém que também quer fazer compras nessa loja para o Natal, porque não fazer a encomenda em conjunto e aproveitarem ambos do desconto? Além dos cupões que pode utilizar, certas lojas exigem um valor mínimo para não cobrarem os portes de envio. Se, mais uma vez, combinar a sua encomenda com as de outras pessoas, já nenhum envolvido necessita de pagar portes. Se tiver várias prendas para dar, então esta pode ser uma boa forma de reduzir as suas despesas de Natal.

Leia ainda: Fez compras online fora da UE? Saiba como desalfandegar as encomendas

Planeie as refeições de Natal atempadamente

Além das prendas de Natal, as refeições natalícias têm um peso relevante no orçamento de uma família. Por isso, quanto mais cedo as planear, de forma a reduzir o seu impacto, mais conseguirá poupar. Por exemplo, existem determinados pratos e bolos que não são muito apreciados e, por vezes, até são os mais caros. Tente retirá-los e verifique se efetivamente os seus convidados sentem a falta destas iguarias. Se não sentirem, nos anos seguintes, poe conseguir reduzir significativamente os custos com as refeições.

Leia ainda: 7 mudanças de hábitos que podem gerar poupança de centenas de euros

Pagar menos com cartão para reduzir as despesas de Natal

De forma a reduzir as suas despesas de Natal, evite fazer quaisquer pagamentos em cartão. Isto vai ajudá-lo a manter o controlo sobre os montantes que está a gastar, a cada momento. Se pagar tudo com cartão, pode tornar-se mais simples e "indolor" para si, o que faz com que tenha tendência para continuar a comprar.

Por fim, use ainda a técnica do tempo. Ou seja, tente resolver o máximo que puder numa única manhã ou tarde. Assim, se porventura estiver a gastar mais do que deve, vai aperceber-se mais depressa. Já se fizer compras muito separadas, a não ser que mantenha o registo de tudo aquilo que já gastou, pode considerar que, na verdade, não foi muito.

Leia ainda: Tem cartão de crédito? Saiba como funciona e quais os cuidados a ter

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.