Finanças pessoais

Guia para este Natal: Promoções, compras e encomendas na alfândega

O Natal está aí à porta. Preparámos um guia para tentar antecipar dificuldades nas suas compras e o ajudar a poupar nesta quadra.

Finanças pessoais

Guia para este Natal: Promoções, compras e encomendas na alfândega

O Natal está aí à porta. Preparámos um guia para tentar antecipar dificuldades nas suas compras e o ajudar a poupar nesta quadra.

Numa altura marcada pelas promoções da Black Friday e com o Natal à porta, aumenta o consumo das famílias portuguesas. E este Natal pode não conseguir comprar (pelo menos a tempo) tudo aquilo que deseja.

A pandemia e a crise energética estão a fazer disparar os preços das matérias-primas e já há setores que estão praticamente parados, como é o caso da indústria automóvel. A escassez de chips, por exemplo, também já está a afetar a indústria dos eletrodomésticos e dos aparelhos tecnológicos.

Assim, para tentar antecipar dificuldades nas suas compras e o ajudar a poupar este Natal, preparámos este guia.

Leia também: Quer poupar nas compras de natal? 15 dicas para atingir esta meta

Faça uma lista

Fazer uma lista é uma dica essencial para poupar. E no Natal não é exceção. Faça uma lista com as pessoas a quem quer dar um presente de Natal. Depois, estabeleça o orçamento que tem disponível para gastar. Certo de quanto pode gastar, vai planear melhor as suas compras. É muito importante que faça por cumprir o orçamento.

Não se esqueça também de fazer uma lista de compras para a ceia de Natal.

Poupar nas prendas de Natal? Uma mão cheia de sugestões até 10 euros
Ler mais

E prepare-se para gastar um pouco mais do que esperava. Como consequência de várias crises conjuntas motivadas pela pandemia, os preços na alimentação têm vindo a subir. Atualmente, alguns produtos já estão mais caros, mas o aumento será gradual. Nos próximos meses, será possível ver os preços da massa, arroz, pão, carne, ovos ou fruta a subir também.

Esta situação poderá afetar a sua ceia de Natal. Por exemplo, o bacalhau foi um dos alimentos que já subiu de preço. Por ser uma matéria-prima importada, a dificuldade em trazer para cá esse alimento resultou no aumento de preço, cerca de 15% nos últimos três meses.

Perante este cenário, torna-se ainda mais imprescindível fazer e cumprir uma lista de forma a minimizar ao máximo derrapagens no seu orçamento.

Leia ainda: Natal 2021: Antecipe-se e evite problemas com os presentes e com a ceia

Aproveite a Black Friday para comprar presentes de Natal

Aproveitar este período de promoções para comprar presentes de Natal pode ser uma forma de poupar alguns euros. Para isso, só tem de o fazer em consciência, dando uso à sua lista e evitando cair em impulsos.  

Durante a Black Friday, o apelo ao consumo é constante, seja em lojas físicas ou online. Para evitar as compras por impulso durante este fenómeno, existem alguns cuidados a ter. Além de seguir uma lista, é igualmente importante que acompanhe os preços dos produtos com alguma antecedência, para se certificar de que está a fazer realmente um bom negócio.  

Video Thumbnail
ícone do formato do post

Pode até recorrer a ferramentas que lhe mostrem a oscilação do preço de determinado produto ao longo do tempo, como por exemplo o comparador do Kuanto Kusta. Só assim terá a certeza de que o preço anunciado nesta altura é mesmo o mais baixo. 

Ainda assim, existem alguns produtos que, regra geral, compensam comprar na Black Friday. Isto porque não costumam ter uma grande variação de preço ao longo do ano. É o caso dos brinquedos, consolas ou computadores, por exemplo.  

Leia ainda: Black Friday: Vá às compras com cuidados redobrados 

Faça compras online e evite a confusão das grandes superfícies 

Para evitar grandes confusões, pode sempre optar pela forma mais cómoda de fazer compras: através da internet. Hoje em dia, quase não existe nada que não se possa comprar sem ter de sair de casa.  Assim, evita deslocações, confusão e stress. No fim, poupa tempo e dinheiro.

É preciso ter alguns cuidados quando compra através da internet. Certifique-se sempre de que o site é de confiança. Há muitas lojas que funcionam exclusivamente online, mas ainda assim, têm de estar identificadas, com o nome, morada, número de identificação fiscal e registo comercial. No caso de a loja não ser reconhecida, procure saber se alguém da sua confiança já comprou e informe-se sobre se o processo correu bem.

Video Thumbnail
ícone do formato do post

E se tem por hábito comprar artigos em segunda-mão, seja nas plataformas nacionais ou através de sites como Aliexpress ou Ebay, deve ter cuidados redobrados. Além de verificar o feedback do vendedor, sempre que for possível, prefira a entrega em mão.

Leia ainda: Natal: Se opta por compras online, é melhor começar já

Atenção aos pagamentos online 

Geralmente as lojas online têm várias formas de pagamento: paypal, cartão de crédito e, em Portugal, a transferência bancária, o MBway e as referências multibanco.  

Prefira os cartões MBNET ao cartão de crédito, já que é mais seguro e pode escolher o plafond e a validade desse cartão virtual, o que traz segurança extra. Estes cartões estão associados ao seu cartão original, mas têm um número, uma validade e um código de segurança diferente. Como têm um prazo de validade mais curto há uma menor probabilidade de vir a ser alvo de fraude e de acesso indevido à sua conta bancária. 

Paypal é outro dos métodos que, além de seguro, oferece proteção ao comprador, com o reembolso mediante verificação de alguns requisitos. 

Pode sempre optar também pelos pagamentos através de referência multibanco.   

E não se esqueça de pedir sempre fatura (pode ser em formato digital). Caso não a tenha recebido, faça uma captura de ecrã dos dados da operação, para ficar com um registo da compra.  

Video Thumbnail
ícone do formato do post

Informe-se sobre a política de trocas e devoluções

Quando o tema é comprar presentes para oferecer é muito importante estar informado sobre a política de trocas e devoluções. De certo que já lhe aconteceu receber algo e querer trocar, por isso deve também dar essa possibilidade às pessoas a quem oferece prendas este Natal.

Trocas e Devoluções: quando as pode fazer?
Ler mais

Sabia que as lojas não são obrigadas a aceitar a troca ou devolução de artigos sem defeito? Muitas fazem-no apenas por cortesia e para fidelizar os clientes. Assim, a política de trocas e devoluções vai variar consoante as lojas. Mas saiba que nesta altura, é normal que muitas estendam os prazos para acautelar as trocas relativas ao Natal.

Já no que toca às compras online, o caso muda de figura. Tem até 14 dias, após a receção do artigo em casa, para contactar o vendedor e expressar a sua vontade de devolver o artigo.

Encomenda presa na alfândega? Como proceder para que não fique sem presentes de Natal

Se vai encomendar artigos que vêm de fora da União Europeia (UE), saiba que desde julho de 2021 deixou de haver isenção de IVA para produtos de baixo valor (até 22 euros). Assim, é necessário desalfandegar todas as encomendas que não tenham pago IVA à cabeça.

Assim que uma encomenda entra em Portugal, proveniente de um país fora da UE, entra em processo de desalfandegamento. O primeiro procedimento passa por analisar o site ou a empresa que procedeu ao envio. Nesta fase, existe também uma análise em relação à cobrança do IVA. Caso o IVA não tenha sido cobrado, o cliente é contactado pelos CTT para entregar a documentação comercial e, posteriormente, proceder ao pagamento do IVA.

Assim, deve estar atento às suas notificações, já que para desalfandegar a sua compra vai precisar do código referente à sua encomenda, designado de número do objeto. Irá receber uma notificação dos CTT para desalfandegar a sua encomenda, seja por SMS, email ou carta, onde constará o código.

Depois, pode iniciar o processo de desalfandegamento da sua encomenda. Tenha atenção às suas notificações de forma a cumprir todos os passos o mais rápido possível.

Video Thumbnail
ícone do formato do post

Leia ainda: Problemas para desalfandegar uma encomenda? Saiba como proceder

Lembre-se: a organização e o planeamento são a chave do sucesso no que toca às finanças pessoais. Siga as dicas de poupança e desfrute deste tempo em família sem preocupações.

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #compras,
  • #Natal,
  • #poupança
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.