Finanças pessoais

O que deve saber se pretender fechar uma conta bancária

Já alguma vez pretendeu fechar uma conta bancária, mas não sabia os passos necessários para o fazer? Então fique atento ao artigo.

Existem muitas razões para alguém decidir encerrar uma conta no banco. Seja porque encontrou melhores condições noutra instituição bancária, seja porque pretende juntar o seu dinheiro na mesma conta que o seu crédito habitação, seja porque tem demasiadas contas e paga muitas comissões, ou quaisquer outras razões.

Embora o encerramento de uma conta não seja um processo complicado, o banco tentará sempre de alguma forma demovê-lo de fechar a sua conta bancária, pois estará a perder um cliente. Por essa razão, o Doutor Finanças vem elucidá-lo sobre o que deve saber e quais aspetos a ter em conta quando pretender fechar uma conta bancária.

Leia ainda: Contas bancárias: Conheça os diferentes tipos de conta

Aspetos a ter em conta antes de encerrar uma conta bancária

Antes de avançar com o fecho de uma conta bancária deve ter em atenção algumas questões:

Verifique o saldo da conta bancária

Em primeiro lugar, tenha em atenção que se o saldo da sua conta bancária for negativo, ela não pode ser encerrada. Assim, todas as dívidas relacionadas com o banco devem ser liquidadas antes do encerramento.

Ajuste os débitos diretos

Outra situação que deve ter em conta trata-se dos débitos diretos. Assim, antes de encerrar a sua conta bancária, deve normalizar todos os débitos diretos que tenha associados à conta bancária.

Para tal, deve alterar o IBAN associado a cada conta. Deve realizar este processo, tendo sempre em conta o prazo limite do débito direto, além de garantir que essa informação dos débitos diretos se encontra na nova conta antes de encerrar a antiga. Isto, caso não seja possível debitar algum valor previamente acordado, pode ter surpresas desagradáveis junto das entidades.

Tenha em atenção a custos que podem colocar a sua conta a negativo

Saiba que se não pretender receber tudo em dinheiro deve tentar fazer com que o saldo fique próximo de zero, pois caso se trate de uma grande quantia de dinheiro, certamente não conseguirá recebê-lo todo no momento do encerramento da conta. Além disso, se optar por transferir a maioria do saldo da sua conta e tê-lo próximo de zero antes de encerrá-la, tenha em atenção aos possíveis custos que podem colocar a sua conta a negativo. Por exemplo, as comissões de manutenção da conta. Isto pode fazer com que o saldo fique a negativo e ver-se obrigado a ter que pagar taxas desnecessárias ao banco.

Leia ainda: O que é a conta bancária de serviços mínimos?

Quando posso fechar uma conta bancária?

Geralmente, os clientes podem fechar as suas contas bancárias a qualquer momento, porque é um direito seu. No entanto, em alguns casos especiais, o contrato de serviço bancário estipula um período de aviso prévio. Se for esse o caso, terá que cumpri-lo.

Assim, e de acordo com a lei, o período de notificação não pode exceder um mês. Para notificar o banco com antecedência, expressando a vontade de encerrar a conta, deve enviar uma carta registada por correio como prova de que seguiu as regras estabelecidas.

Leia ainda: Sabe que já não necessita de pagar despesas de manutenção no seu Banco?

Quais os passos para fechar uma conta?

Para encerrar uma conta é bastante simples. Basta seguir a sequência de passos abaixo e, em princípio, não irá necessitar de mais documentação ou passos adicionais.

1. Notifique o banco previamente

Se no seu contrato tiver especificado um período de aviso prévio, então deve escrever uma carta para o seu banco a declarar as suas intenções. Assim, envie esta comunicação por correio registado e guarde o recibo.

2. Dirija-se ao banco para encerrar a conta

Em segundo lugar, dirija-se ao balcão do seu banco e solicite o encerramento da sua conta bancária. Depois, será necessário ter consigo os documentos de identificação (cartão de cidadão, por exemplo) e assinaturas de todos os titulares da conta. Além disso, todos os cartões e cadernetas associadas à conta também devem estar consigo. Não se esqueça também de levar todos os cheques. Depois, tem a receber em forma de dinheiro o valor restante da conta na hora e o comprovativo de encerramento da mesma.

3. Guarde sempre os comprovativos

Por último, e também para se proteger, guarde consigo todos os comprovativos da operação de encerramento de conta. Isto, porque podem ser necessários, embora em casos muito raros, quando a conta não tenha sido encerrada corretamente e o banco tente cobrar uma taxa de manutenção.

Outros aspetos a ter em conta

Sabe o que são todos os movimentos na sua conta bancária?
Ler mais

Mesmo seguindo os passos normais do encerramento de uma conta, existem outros aspetos a ter em conta. Isto, porque pode sair prejudicado no momento ou num futuro próximo, caso desconheça os seus direitos ou procedimentos a cumprir por parte do banco.

1. Nunca pague pelo encerramento da sua conta bancária

Esta situação nunca é de mais relembrar. A cobrança de quaisquer comissões de encerramento de contas bancárias é ilegal. Por isso, se o seu banco lhe tentar cobrar alguma taxa, comissão ou qualquer tipo de pagamento por encerrar a sua conta, faça saber que conhece os seus direitos.

Leia ainda: Comissões bancárias menos comuns que deve saber

2. Saiba o dinheiro que tem e os pagamentos pendentes

Ao encerrar a sua conta bancária, existem alguns detalhes importantes a serem considerados. Um deles é o saldo atual na conta. Isto é importante saber para não apanhar surpresas, especialmente se tiver saldo negativo. Assim, para não ser enganado, verifique sempre primeiro se não existe nada pendente (pagamentos de cartão de crédito a serem debitados na conta numa data após aquela em que pretende fechá-la, por exemplo).

3. Não se esqueça de pedir o comprovativo de encerramento

Outro aspeto a ter em conta é precisamente nunca sair do banco sem o respetivo comprovativo de encerramento da conta. Este documento deve ser-lhe entregue sempre. Este documento prova que a conta foi realmente encerrada e, em situações de dúvidas, pode utilizá-lo para se defender.

4. Garanta que todos os cartões e cadernetas são destruídos

Por último, deve sempre confirmar que o colaborador do banco destrói todos os cartões e cadernetas à sua frente, além de outros documentos que o possam prejudicar, caso sejam utilizados após o encerramento (por exemplo, cheques). Isto garante que ninguém poderá utilizar os seus cartões ou outros métodos de pagamento, já depois da conta ter sido encerrada.

Leia ainda: Bancos online: vantagens e cuidados a ter

Partilhe este artigo
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)