Finanças pessoais

Casamento à porta? O que deve ter em conta neste orçamento especial

O seu casamento está para breve e não sabe como poupar na celebração? Fique com algumas dicas que podem fazer a a diferença.

Finanças pessoais

Casamento à porta? O que deve ter em conta neste orçamento especial

O seu casamento está para breve e não sabe como poupar na celebração? Fique com algumas dicas que podem fazer a a diferença.

O casamento, na sua versão mais ou menos tradicional, é uma celebração importante para quem a escolhe realizar e exige um planeamento ao detalhe. Desde o local da celebração, ao vestuário ou à lua de mel, existem uma série de pontos que devem ser ponderados.

Neste artigo, partilhamos alguns aspetos deve ter em consideração no planeamento do orçamento de um evento tão especial.

Definir número de convidados para o casamento

A lista de convidados é um dos pontos onde mais pode poupar no seu casamento. Os noivos têm amigos e familiares que desejam convidar, no entanto, muitas vezes o número de convidados excede o planeado. E

Em primeiro lugar, existe a tendência de, por cada familiar ou amigo, convidar o(a) namorado(a), ainda que este seja recente ou nem o conheça. Se ambos os noivos tiverem 10 amigos cada que queiram convidar, na prática vão convidar 20 pessoas. Embora isto aconteça por cortesia, as despesas acabam por disparar muito rapidamente. No final do dia, todo esse dinheiro vai sair da sua carteira.

Na prática, vai pagar um valor elevado por dezenas de pessoas unicamente por simpatia. Por isso, manter a sua lista de convidados o mais pequena possível vai ajudá-lo a poupar em todos os aspetos do seu casamento.

Leia ainda: Dicas para manter um casamento dentro do orçamento

Ter ou não ter um wedding planner

No que diz respeito à necessidade de um wedding planner, vai depender da sua situação em particular. Por exemplo, se os noivos trabalharem a tempo inteiro, não tiverem "paciência" para definir detalhes do casamento ou, simplesmente, não souberem como preparar este evento, então contratar um wedding planner pode ser uma boa opção.

Definir todos os pormenores pode ser um processo desgastante. Por isso, avalie se tem disponibilidade suficiente para se dedicar à organização do casamento.

Ter um wedding planner vai retirar-lhe muito trabalho, mas não significa que nada ficará a seu cargo. Para que um wedding planner vá de encontro às suas expectativas, deve esmiúçar-lhe os seus gostos e preferências. Além disso, ter algumas tarefas também pode traduzir-se na redução de alguns custos.

Leia ainda: Regime de casamento em Comunhão de Adquiridos e Crédito Habitação

Decoração do recinto do casamento

Manter as despesas sob controlo deve ser uma das suas prioridades. À primeira vista, a decoração pode parecer acessória, mas a verdade é que pode consumir uma grande parte do seu orçamento.

Por exemplo, se escolher flores fora de época vai pagar bastante mais, comparativamente com outras em que exista maior quantidade. Optar por um estilo mais minimalista em vez de um mais ousado também pode fazer a diferença. Pequenos detalhes de decoração podem ser suficientes para criar um bom ambiente.

Outra opção para poupar na decoração é escolher um local que não necessite de grandes enfeites e que tire partido da paisagem. Espaços públicos como museus, praias, jardins botânicos ou parques são algumas opções a ter em conta.

Por outro lado, optar por fazer a cerimónia e copo d'água no mesmo local permite-lhe poupar não só tempo, mas também centenas ou milhares de euros. Fazer tudo no mesmo espaço não deixa de ser encantador, principalmente se este tiver um significado especial para os noivos.

Leia ainda: Os diferentes regimes de casamento e a compra de casa através de crédito

poupar no casamento presente nesta festa em que a nouva se faz acompanhar de apenas duas damas de honor

Vestido de noiva e fato do noivo

Outro aspeto que, muitas vezes, extravaza o orçamento é a compra do vestido de noiva e do fato de noivo. Dependendo da qualidade e marcas, os preços podem variar entre as centenas e os muitos milhares de euros. Ainda que o casamento seja um dia diferente, reflita se justifica "assaltar" as suas poupanças por peças de roupa que só vai vestir uma vez.

O preço de uma peça nem sempre está diretamente relacionado com o quão bem assenta no corpo. Logo, tenha atenção aos detalhes e tente ser razoável na sua decisão.

Leia ainda: Casamento em Separação de Bens e Crédito Habitação

Copo d'água

O copo d'água é um dos momentos do casamento que mais pesa no seu orçamento. Desde a decoração, refeições, música ambiente, convidados especiais até ao espaço, tudo tem um preço e cada detalhe pode fazê-lo disparar muito rapidamente.

Para começar, o custo por convidado ronda, em média, 100 euros. No entanto, este valor pode ser superior - tudo depende da qualidade e do que quer incluir. Para reduzir estes valores, deve ponderar marcar o casamento para um dia da semana ou para a chamada época baixa (os meses de junho a setembro estão excluídos).

No que diz respeito ao catering, explore várias ofertas e não opte pela primeira que encontre. Dependendo da empresa, podem oferecer-lhe descontos, consoante o número de convidados ou menus já definidos. Além disso, deve informar-se sobre tudo aquilo que está incluído.

Muitas vezes, existem certos pormenores que estão incluídos e que não fazem qualquer diferença, mas que pesam na sua carteira.

Leia ainda: Casamento e poupança: a aliança perfeita

Planear lua de mel

Atualmente, muitos noivos optam por simplificar e poupar no dia do casamento para investir mais na lua de mel. Mas, no final do dia, tudo depende das suas prioridades.

Ainda assim, seja qual for a sua decisão, deve preparar com antecedência a lua de mel. Embora não seja tão complicado organizá-la, deve fazer um planeamento de forma a aproveitá-la ao máximo. Além disso, quanto mais cedo omeçar a organizá-la, mais dinheiro consegue poupar, seja com as viagens, aluguer de um carro ou marcações em restaurantes.

Leia ainda: 9 formas de poupar nas viagens de avião

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.