Cultura e Lazer

Perdi o telemóvel, o que fazer?

Se está a pensar perdi o telemóvel, o que devo fazer, então este artigo é para si. Conheça os procedimentos a seguir e algumas dicas de prevenção.

Natacha Figueiredo Natacha Figueiredo , 7 Agosto 2020

Nos dias de hoje, perder o telemóvel é uma enorme preocupação com muita frustração à mistura. Afinal, estes pequenos aparelhos são um investimento elevado e são um depósito de inúmeras informações pessoais e até mesmo confidenciais. Por todas estas razões, assim que pensamos "perdi o meu telemóvel", a nossa mente começa em modo acelerado à procura de soluções para tentar recuperá-lo, antes que seja tarde demais.

Recuperar um telemóvel perdido ou roubado não é uma tarefa fácil, e muitas vezes torna-se quase impossível reaver o mesmo. Tal não quer dizer que não existam procedimentos a seguir, o mais rápido possível, assim que descobre que percebe que o seu smartphone desapareceu.

Neste artigo conheça alguns procedimentos a seguir em caso de perda ou roubo e algumas dicas que podem prevenir que acedam às suas informações.

Perdi o meu telemóvel, devo comunicar à Polícia?

pessoa a agarrar o telemóvel

Se simplesmente perdeu o seu telemóvel, por norma as autoridades policiais nada podem fazer. Agora se desconfia ou tem a certeza que o seu telemóvel foi roubado, então deve comunicar o mesmo à Polícia.

Uma das formas mais simples e rápidas para comunicar o roubo de um telemóvel às autoridades competentes é através do Portal da Queixa Eletrónica. Para formalizar a sua queixa deve preencher o formulário com todos os dados que tenha sobre o sucedido.

Não se esqueça que para formalizar a sua queixa deve fornecer vários dados que podem ser úteis, como os seus dados pessoais, dados que identifiquem o seu telemóvel, etc.

Perdi o telemóvel, preciso de comunicar o IMEI para o recuperar?

O IMEI, International Mobile Equipment Identity, é um dos dados mais relevantes que deve sempre guardar num local seguro assim que adquirir o seu telemóvel. O IMEI é basicamente o número de identidade do seu telefone. É através deste número que é possível localizar ou bloquear o seu telefone para que ninguém possa aceder ao mesmo. Por exemplo, se está a pensar fazer uma queixa na polícia sobre o roubo do seu telefone é muito importante que forneça o seu IMEI.

Caso esteja a ler este artigo de forma preventiva, e não tenha o seu IMEI guardado num local seguro, nem sabe como ter acesso ao mesmo, o procedimento é muito simples. Como se fosse fazer uma chamada pelo seu telefone, em vez de um contato, basta digitar o seguinte código *#06#. De seguida vai aparecer no visor do seu telefone o seu IMEI, e anote o mesmo e guarde-o num local seguro. Lembre-se que este código é único e é composto por 15 dígitos, tenha atenção aos mesmos na hora de apontar.

Leia ainda: Perdi a carteira. O que devo fazer?

Utilizar apps de localização e o bloqueio remoto pode ajudar

Muitas pessoas já estão familiarizadas com aplicações de localização nos seus dispositivos móveis. No entanto, se este não é o seu caso não se preocupe porque é um assunto bastante simples. Atualmente existem várias aplicações de localização de telemóveis que o podem ajudar a saber onde está o seu aparelho.

Para quem tiver um sistema operativo Android, a aplicação Find My Device é uma boa opção para localizar o seu telemóvel perdido. Já no caso de possuir um iPhone, pode utilizar a aplicação Encontrar iPhone. Para além destas aplicações existem opções que pode pesquisar na Internet.

Este tipo de aplicação não só permite obter a localização precisa através de outro dispositivo, por exemplo um computador, tablet ou outro smartphone, como consegue bloquear o ecrã do telefone perdido, apagar todos os dados que tem e repor as definições de fabrico. Além disso, caso ache que o seu telemóvel possa estar por perto, consegue emitir um alarme para tentar encontrá-lo.

No entanto, para conseguir fazer qualquer um destes procedimentos através destas aplicações, o seu telefone perdido ou roubado precisa de estar ativo, ligado à internet, e ter também ativa a sua informação de localização. Caso contrário, não conseguirá aceder remotamente ao seu telefone, nem conseguirá bloqueá-lo, nem apagar informações pessoais ou confidenciais.

E se perdi o meu telemóvel definitivamente, como devo proceder?

Quando não consegue localizar o seu telefone, nem ter acesso remoto ao mesmo a primeira coisa que deve pensar é na segurança dos seus dados. Existem documentos e fotografias que não vai conseguir recuperar se não tiver feito backups antecipadamente, e quanto a isso não exista nada a fazer. Agora existe sempre a probabilidade, mesmo que tenha o ecrã do seu smartphone bloqueado, de conseguirem aceder aos seus dados.

Por isso, é sempre aconselhável quando se perde um telemóvel alterar as passwords de acesso às suas contas de email, homebanking, redes sociais, e todas as aplicações que podem conter informação privada e confidencial.

De seguida, deve contactar a sua operadora de telecomunicações o mais rápido possível para que esta possa bloquear o seu telemóvel definitivamente. Neste caso é essencial que tenha consiga o IMEI do seu telefone ou consiga comprovar através da fatura de compra do telefone, cartão do cidadão ou outro documento que é o proprietário do aparelho. Este procedimento pode ser feito através da linha de apoio ao cliente ou através de um balcão da operadora.

3 conselhos práticos para evitar problemas maiores em causa de perda/roubo do seu telefone

rapariga sentada no sofá a mexer no telemóvel com o cão ao lado

Prevenir situações desagradáveis é sempre mais fácil do que remediar os erros que ocorreram. Por isso deixamos aqui 3 conselhos simples para colocar em prática:

  • Realizar cópias de segurança todas as semanas: Este é um hábito que deve colocar em prática em todos os seus dispositivos móveis. Fazer backups semanais pode evitar perder informações importantes, bem como fotografias e outros dados. Pode utilizar várias Clouds para guardar os seus dados, e aceder facilmente através de outros dispositivos.
  • Colocar passwords e códigos de bloqueio no ecrã: Definir passwords seguras é fundamental para prevenir que estranhos consigam aceder às suas informações. Deve sempre evitar passwords sequências datas de aniversário, e outras informações fáceis de obter. Prefira um código de bloqueio com números e letras, em vez de criar um padrão. É sempre mais difícil conseguir desbloquear um telefone com uma password seguro, do que um padrão.
  • Instalar apps que permitam aceder e proteger o seu telefone em caso de perda ou roubo assim que adquirir o seu telefone.

Desta forma se pensar "perdi o meu telemóvel", já sabe o que pode fazer rapidamente para conseguir recuperar o mesmo ou até evitar que consigam aceder aos seus dados

Ler mais: Proteções online para ter mais segurança nas suas férias

Partilhe este artigo
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)