Emprego

Primeiro emprego: Como ficar com a vaga num pitch de 10 minutos

Vais ter a primeira entrevista de emprego e não sabes como te preparar? Conhece o conceito de pitch e como podes formar um.

Emprego

Primeiro emprego: Como ficar com a vaga num pitch de 10 minutos

Vais ter a primeira entrevista de emprego e não sabes como te preparar? Conhece o conceito de pitch e como podes formar um.

A primeira entrevista de emprego pode ser um momento com muita pressão para um jovem. Por isso, é importante fazer uma boa preparação através de um pitch pessoal.

Mas o que é um pitch e como se prepara o discurso em 10 minutos? Neste artigo, damos algumas dicas para que arrases na tua primeira entrevista de emprego e consigas ficar com a vaga.

O que é um pitch? 

Um pitch consiste num discurso de “venda pessoal” de um candidato a trabalhar numa empresa. São utilizados em entrevistas de emprego ou também nas feiras de emprego, onde as empresas procuram recrutar novos trabalhadores

Então, o objetivo é que o candidato consiga convencer os recrutadores de que é a pessoa certa para a empresa e o cargo a que se propõe. 

O pitch costuma ter até 10 minutos de duração e é uma apresentação simples do candidato, mas que suscite interesse à empresa para o contratar. 

Faz um esboço do texto  

Ao preparares o pitch para uma entrevista de primeiro emprego, começa por esboçar um texto por pontos, com os essenciais que vale a pena reforçar. 

Como o teu percurso no mundo profissional e competências profissionais e pessoais, as informações que constam, no geral, no teu currículo. 

O texto deve ser claro, com frases curtas e diretas. Tenta também utilizar palavras-chaves da área, para que percebam que estás dentro do assunto. 

Depois, menciona uma falha que podes colmatar na empresa, porque podes ser útil e o que é que vais acrescentar. 

mulher sentada numa entrevista de trabalho antes de aceitar o primeiro emprego

Conta uma história 

Estrutura o texto como se fosse uma história. É importante ter um início, meio e fim. Por isso, pega no teu currículo e constrói um storytelling (construir e apresentar uma história de forma criativa) a partir daí. 

Deves realçar, principalmente, as tuas conquistas. Não mostrar apenas dados, números ou uma cronologia.  

Depois, tenta adicionar valor a essas conquistas, explicando que lições retiraste de cada fase, o que foste aprendendo, como é que essas experiências te moldaram e que benefícios aproveitaste de cada uma enquanto profissional

O início é o mais impactante 

O começo do picth deve ser impactante e chamar logo a atenção dos recrutadores. Se começares de forma mais leviana, podes perder a concentração dos ouvintes logo de início e não voltar a recuperá-la. 

Ao captares a atenção à primeira, consegues que oiçam tudo o que tens a dizer de início ao fim. Podes fazê-lo, por exemplo, através de uma questão retórica, utilizando sentido de humor ou começando com alguma informação inesperada

Assim, podes conseguir fazer a diferença dos outros candidatos nesta entrevista de emprego e ter mais hipóteses de conseguir a vaga.  

Tem em conta a empresa 

Informa-te previamente sobre a empresa para a qual te estás a candidatar e vais fazer o pitch.  

É relevante pois deves saber a história, a linguagem, os ideais e o trabalho da empresa. Assim, sabes melhor como te dirigir e podes coordenar o teu discurso para que vá ao encontro dos valores da empresa.  

Este é um ponto a que os recrutadores podem dar importância e que faz diferença, por exemplo, caso te questionem sobre a própria empresa. 

Leia ainda: É jovem e vai aceitar o seu primeiro emprego? Conheça os seus benefícios, direitos e deveres

Conhece-te e mostra o melhor de ti 

Quanto melhor te conheceres e ao teu percurso, mais fácil será fazer um pitch pessoal e mostrares o melhor de ti. 

O autoconhecimento permite-te enaltecer os teus pontos fortes. E estes podem ser enquanto profissional, competências pessoais, uma rede de contactos... Ou outros. Desde que façam sentido para a vaga em questão. 

Treina até ficares à vontade 

Web Summit: Como melhorar as suas apresentações profissionais
Ler mais

Treinar em voz alta, como se o estivesse a fazer já para os recrutadores. Sozinho, em frente a um espelho. Ou até em frente de alguém com quem te sintas confortável, debita o teu discurso repetidamente

Vai ajudar a que o discurso se torne fluído, natural e consigas demonstrar mais entusiasmo. 

O que é importante para, no momento, prender os olhos dos recrutadores. Estes, assim, percebem que estás confiante, desinibido, sem problema em falar em público e entusiasmado para realizares o trabalho da vaga para a qual te candidatas. 

Prepara-te para eventuais perguntas 

Pensa nas perguntas que te poderiam colocar. Pede ajuda a outras pessoas, para que oiçam o teu discurso e possam apontar eventuais dúvidas que possam surgir

Assim, preparas-te para perguntas extra que os recrutadores possam fazer após a tua apresentação. Daí, também ser importante conheceres bem a empresa para a qual te estás a candidatar. 

Deixa a curiosidade no ar 

A forma como se inicia um picth é o mais importante, mas também a forma como se acaba faz a diferença

É essencial deixar a curiosidade no ar e os recrutadores a desejar por mais. Não revelar tudo e acabar com uma frase como: “Isto foi o que fiz até agora. Mas tenho potencial para muito mais, basta uma oportunidade”. 

Ou então, redireciona os recrutadores para um site online ou algum local onde possam conhecer melhor o teu trabalho (seja digital ou nalgum evento que se aproxime). 

Leia ainda: Guia do trabalhador: O que saber antes de aceitar uma oferta de emprego

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.