Crédito

Como utilizar o crédito consolidado para acabar com as suas dívidas

Rui Bairrada Rui Bairrada , 23 Março 2016

Sabe ao certo quantas dívidas tem? Sabe quanto paga de juro por cada uma delas? O crédito consolidado permite-lhe juntar todas suas dívidas numa só e assim ficar com uma prestação única e mais reduzida. Saiba como.

O que é um crédito consolidado?

Um crédito consolidado é um financiamento cuja finalidade será liquidar todos os créditos de curto prazo que tem atualmente. Dizemos créditos de curto prazo para excluir o crédito habitação, pois não lhe compensará incluir o crédito hipotecário nesta operação. Se pretende reduzir os custos com o seu crédito habitação o Doutor Finanças poderá dar uma preciosa ajuda. O objetivo de consolidar os seus créditos é para que venha a ter uma prestação mais reduzida do que a soma dos atuais créditos. E isso é possível!

Quantas dívidas tenho?

Muitos portugueses ainda desconhecem que podem aceder de forma instantânea à Central de Responsabilidades de Crédito (Mapa CRC), onde constam todos os créditos reportados junto do Banco de Portugal (BdP). O mapa CRC é atualizado mensalmente, por volta do dia 20, e reflete o estado de todos os seus créditos. Quer sejam créditos que está a pagar regularmente, quer esteja em incumprimento, ou mesmo créditos potenciais, isto é, montantes que não está a utilizar no momento, mas que a qualquer altura poderá vir a ser responsabilizado por eles, por exemplo: plafonds de cartões de crédito ou créditos dos quais é fiador. Só depois de verificar os créditos que tem é que poderá pensar em ter um crédito consolidado. Lembre-se que nunca poderá ter crédito consolidado se tiver incumprimentos reportados no Mapa CRC. Se alguém lhe disser o contrário está a enganado!

 office-620822_1280+1

Verificar a taxa de juro de todos os créditos

Como explicámos acima o primeiro requisito para ter um crédito consolidado é já ter créditos em seu nome. Todos os créditos têm uma taxa de juro associada e essa é o preço que está a pagar pelo financiamento a crédito. Ao consolidar responsabilidades de crédito como conta ordenado, cartões de crédito, créditos conta corrente e alguns créditos pessoais está seguramente a fazer um bom negócio. Repare na taxa de juro que está a pagar por cada um desses créditos e verifique como são mais altos face ao juro do crédito consolidado. Ou seja, no consolidado não está a aumentar o endividamento e estará a pagar pelo mesmo valor um preço mais reduzido.

Como utilizar o crédito consolidado para acabar com as suas dívidas

Pode ser que esteja a pensar que, para reduzir drasticamente as prestações, terá de sujeitar-se a alargamento de prazos. Pois, isso poderá não ser um problema. Se o seu crédito consolidado for pelo prazo máximo (120 meses) estará a ter a prestação mais baixa possível, o que significa uma poupança o mais elevada possível. Esta poupança será a chave para uma gestão inteligente do seu consolidado. Quando o Doutor Finanças consegue um financiamento para uma consolidação dos créditos, procura que o titular desse crédito canalize o valor poupado com o objetivo de vir a liquidar antecipadamente esse crédito. Se em vez de pagar as prestações por 120 meses, conseguir liquidar, por exemplo, ao final de 60 meses está a ficar totalmente livre dos seus créditos em apenas 5 anos e com um custo mais reduzido. É uma ginástica financeira que tem ajudado muito portugueses a ter elevadas poupanças! Peça ao Doutor Finanças uma consulta para um diagnóstico gratuito e surpreenda-se com os resultados obtidos.

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #como baixar despesas,
  • #como baixar prestações com créditos,
  • #como poupar dinheiro,
  • #consolidação de créditos,
  • #consolidar créditos,
  • #crédito consolidado,
  • #credito consolidado bancos

Deixar uma resposta

Um comentário em “Como utilizar o crédito consolidado para acabar com as suas dívidas