Dica do Doutor

4 razões por que deve calcular o seu salário líquido

Rui Cunha Santos Rui Cunha Santos , 26 Abril 2019

Nas finanças pessoais, deve contabilizar as suas despesas e as suas receitas. A Dica do Doutor mostra-lhe a importância de calcular o seu salário líquido. 

No Doutor Finanças recebemos muitos pedidos de informação sobre como podem melhorar as suas finanças pessoais. Com os custos diários a aumentar com a inflação e como «o dinheiro não estica para o mês todo», as famílias portuguesas têm de fazer contas para poderem pagar os seus compromissos financeiros e poupar todos os meses para terem uma vida financeira mais estável.

Para fazer o seu orçamento familiar, deve ter em conta o salário líquido, ou seja, o dinheiro que recebe na conta bancária todos os meses depois dos descontos. 

A Dica do Doutor sugere que tenha sempre presente o valor do seu salário líquido, para fazer o orçamento familiar, suportar subidas de prestações de crédito, ter mais poupança e preparar o seu IRS.

Para saber qual o seu salário liquido, utilize a Calculadora de Salário Líquido 2019, que já tem as tabelas de retenção atualizadas e pode calcular subsídios com ou sem duodécimos. 

Porque deve calcular o seu salário líquido?

Fazer o orçamento familiar

Para saber quanto dinheiro tem disponível para a sua família, deve calcular o seu salário líquido. Saber o seu salário bruto permite-lhe ter uma referência de valores, mas o valor disponível mensalmente pode variar consoante alguns prémios que possa receber, baixas não justificadas ou ainda o subsídio de refeição que pode ser diferente de mês para mês. Assim, deve ter na sua cabeça de cor o valor disponível todos os meses.

Suportar subidas de prestação de crédito

O facto de o seu salário bruto aumentar pode não se refletir no seu salário líquido. 

Após o período de recessão económica, assistiu-se à tendência de subida de salários, que, em conjunto com uma economia de taxas de juro baixas, permitiu que as famílias tivessem mais rendimento disponível. Contudo, se os seus encargos financeiros subirem ou o Governo aumentar a carga fiscal, tal terá impacto no seu rendimento disponível.

Com a atualização de preços, poderá ter menos rendimento disponível. No crédito habitação, a sua prestação está dependente da taxa Euribor, pelo que a sua prestação mensal irá aumentar quando a Euribor continuar a subir em terreno positivo. Saber o seu salário líquido irá permitir adaptar-se a estas alterações.

Ter mais poupança

Se aumenta a carga fiscal, terá menos rendimento disponível para poupar. Com o aumento do salário líquido é possível obter mais poupança. Contudo, se a carga fiscal aumentar, terá de fazer bem as contas não só para cumprir os encargos financeiros (que podem variar ao longo do tempo) e também poupar todos os meses para um fundo de emergência, o pagamento das férias e das compras dos materiais para o regresso às aulas.

A importância das poupanças nas finanças pessoais não pode ser descartada e é preocupante a pouca percentagem de poupança das famílias portuguesas. O cálculo do salário líquido é o primeiro passo para poder saber quanto e como pode poupar.

Preparar o seu IRS

Por fim, calcular o seu salário ajuda também na sua vida fiscal, nas contas para o IRS. Como é taxado pelos rendimentos que aufere ao longo do ano, ao verificar a sua folha de vencimento, poderá saber quanto foi descontado para o IRS. Ao conhecer melhor os vários aspetos do seu dinheiro, terá uma maior perceção de ambos os valores e terá as suas contas em dia.

A Dica do Doutor sugere que calcule o salário líquido e que tenha este valor presente. Se pensar em utilizar o cartão de crédito, fazer uma compra e pagar em prestações ou assumir um custo extra na sua vida, tenha em atenção ao valor que tem disponível mensalmente para poder ferir melhor a sua vida financeira.

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #calcular salário líquido,
  • #dica do doutor,
  • #salário líquido 2019

Deixar uma resposta

2 comentários em “4 razões por que deve calcular o seu salário líquido