Finanças pessoais

Crédito consolidado: este casal poupa mais de 1.000€ mensais

Com o Crédito Consolidado, a Ana e o Tiago poupam 1.065€ mensais. Este processo permitiu-lhes aliviar a taxa de esforço de 67% para 33%. Saiba como.

Com o Crédito Consolidado, as famílias reduzem substancialmente os encargos mensais com créditos. Este é um exemplo onde o impacto ascendeu os 1.000€ mensais.

Feitas as contas, a Ana e o Tiago poupam 1.065€ todos os meses

A Ana e o Tiago estavam a pagar dois créditos automóvel, um crédito pessoal e um cartão de crédito.  

A taxa de esforço era muito alta: 67%, que correspondia a 2.153€ para prestações de crédito todos os meses. 

Depois de agregarem todos os créditos num só, através de um processo de consolidação de créditos, a Ana e o Tiago passaram a pagar 1.084€ mensais, numa única prestação. Ou seja, a poupança de 1.065€ todos os meses permitiu-lhes aliviar a taxa de esforço para 33%

Além disso, esta família ajustou o pagamento do crédito para 84 meses

Os especialistas em Crédito Consolidado do Doutor Finanças ajudam dezenas de famílias todos os dias. Simule com os seus dados e saiba quanto pode poupar ao consolidar todos os seus créditos! 

O nome é necessário O nome não é válido Apenas são suportados nomes com até 120 caracteres
O email é necessário O email não é válido Apenas são suportados email com até 100 caracteres
O telefone é necessário O telefone não é válido Apenas são suportados telefone com até 15 caracteres
O valor total é necessário Insira um valor até 999 999€ O valor total não é válido
Indique o número de anos para o empréstimo Insira um número válido
Indique o salário total do agregado Insira um valor até 99 999€ Insira um número válido

Que documentos vou precisar para o meu Crédito Consolidado


O processo de consolidação de créditos inicia-se com a entrega dos seguintes documentos: 

  • Documento de identificação;
  • Comprovativo de morada;
  • Comprovativo IBAN nominativo de um dos titulares do contrato; 
  • Os 3 últimos recibos de vencimento/ Comprovativo de pensão; 
  • Última declaração IRS (modelo 3);
  • Nota de liquidação do IRS;
  • Mapa de responsabilidades do Banco de Portugal.  

No entanto, os os especialistas do Doutor Finanças conseguem fazer uma primeira análise apenas com o formulário, o mapa de responsabilidades e o IRS.

Conheça as vantagens e desvantagens do Crédito Consolidado.

O crédito consolidado é a junção de todos os seus créditos, que resulta num único crédito com melhores condições, com uma taxa de esforço menor e um prazo de pagamento fixo. Trata-se de uma solução eficaz para combater rapidamente o sobre-endividamento, em especial para as pessoas que tem taxas de esforço elevadas. No entanto, esta também é uma opção válida para quem pretende ganhar uma folga extra no final do mês ou encontrar uma solução para reduzir custos e ajustar melhor os encargos ao seu orçamento. O objetivo da consolidação é a poupança.  

Conheça tudo o que precisa de saber sobre Crédito Consolidado.

Partilhe este artigo
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)