Utilidades

Boletim Informativo da Autoridade Tributária. Já sabe o que é?

Neste artigo fique a saber um pouco mais sobre o boletim Informativo da Autoridade Tributária.

Luisa Barreira Luisa Barreira , 24 Setembro 2019 | 2 Comentários

Provavelmente recebeu este ano um e-mail com uma mensagem da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), a dar-lhe conta da mais recente funcionalidade do portal - o novo Boletim Informativo da AT. Leia este artigo e fique a saber um pouco mais sobre esta funcionalidade.

Qual o objetivo do Boletim Informativo?

Esta recente criação tem o objetivo ser um instrumento de comunicação entre a AT e os contribuintes e possibilitar aos  contribuintes singulares.

Através deste Boletim, é possível ter informação sucinta e direcionada para as necessidades dos contribuintes, sobre obrigações fiscais e aduaneiras.

Fica também a conhecer direitos e garantias, facilitando o cumprimento voluntário e melhorando a relação do Fisco com os contribuintes e operadores económicos.

Qual a sua periodicidade?

A emissão deste boletim é digital e trimestral, sendo comunicado via e-mail sempre que um novo boletim estiver disponível. 

Como ter acesso ao Boletim Informativo?

Para aceder a esta nova funcionalidade basta consultar o Portal das Finanças, fazer o login com os seus dados (NIF e password) e seguir os seguintes passos: Apoio ao Contribuinte > Informação Útil > Boletim Informativo. Para aceder mais rapidamente, pesquise pelo número do boletim informativo que pretende, no separador “Informação”.

Qual a informação que pode encontrar nesta comunicação?

Este novo Boletim veio substituir a anterior newsletter da AT, contendo mais informação relevante para o contribuinte. Por exemplo nosprimeiros dois números, podemos encontrar várias informações sobre:

  • A campanha feita para o IRS de 2018 (como, por exemplo, a indicação dos locais onde pode ter ajuda para entregar a declaração sem se enganar);
  • Os novos prazos para o pagamento do IMI
  • Informações sobre cidadania fiscal;
  • Assuntos relacionados com projetos inovadores, como a fatura sem papel ou as formas diversificadas de pagamento;
  • A publicação de Guias Fiscais para as comunidades portuguesas no Mundo, contendo informação relevante, como por exemplo: como ser reembolsado com maior rapidez e segurança;
  • Algumas novidades presentes no Portal das Finanças, como o novo separador “Posição Integrada”. Este novo separador é uma opção que possibilita aos contribuintes a consulta, num único ponto, da sua situação fiscal. Assim, facilita-se o acesso aos dados mais recentes para cada ano de imposto, bem como à informação cadastral e de património. Também serão aqui apresentados, caso existam, alertas para o cumprimento de obrigações fiscais cujo prazo se encontre em curso ou tenha sido ultrapassado. 

Em suma, o Ministério das Finanças pretende com esta medida promover a criação de mecanismos que tornem a relação entre a administração tributária e os contribuintes mais simples, mais próxima, com menos burocracia e reduzindo ao máximo os custos. 

Defende ainda uma relação, entre a administração tributária e os contribuintes, informada e transparente. Que permita a todos compreender a razão de ter de se pagar impostos e o papel social que esse ato representa. Contribuindo desta forma para um sentimento mais efetivo de justiça fiscal.

Leia também: Mínimo de existência: o que é e a quem se aplica?

Partilhe este artigo

Deixar uma resposta

2 comentários em “Boletim Informativo da Autoridade Tributária. Já sabe o que é?

    1. Olá, Maria Angelina.

      Peço-lhe que encaminhe essa informação através da pessoa que esteja responsável pelo seu caso. Ou então, usando o formulário de Contacto cuja ligação pode encontrar ao fundo de todas as páginas daqui do portal, indicando os seus dados de identificação, para se poder saber a quem corresponde a informação a alterar.