Empresas

Carros elétricos. Conheça vantagens e incentivos para empresas

Carros elétricos na frota da sua empresa pode ser uma boa aposta. No entanto, deve avaliar os diversos fatores que podem pesar na gestão diária.

Empresas

Carros elétricos. Conheça vantagens e incentivos para empresas

Carros elétricos na frota da sua empresa pode ser uma boa aposta. No entanto, deve avaliar os diversos fatores que podem pesar na gestão diária.

Se vai comprar ou renovar a frota automóvel da sua empresa, está, seguramente, a fazer contas e a pesar prós e contras. Sobretudo, se a opção são os carros elétricos. 

Assim, incluir ou renovar a frota da sua empresa com carros elétricos pode ter vantagens, mas deve avaliar os diversos fatores que podem pesar na sua gestão diária

Pondere aspetos como a localização e disponibilidade dos postos de carregamento no raio de ação e no local de trabalho, controle a distância percorrida nos dias úteis, bem como quantos quilómetros atinge ao final do ano. 

Atenção, até o estilo de condução da sua equipa deve ser colocado na balança, antes de tomar uma decisão. 

Assim sendo, é fundamental que pese custos anuais de utilização do automóvel (combustível, manutenção, impostos) e os benefícios na aquisição de um carro elétrico

Lei ainda: Carros eléctricos: compensam no abastecimento?

Vantagens da frota com carros elétricos 

Os especialistas desta área apontam várias vantagens ao escolher uma frota de carros elétricos para a sua empresa. Contudo, o foco está, desde logo, na poupança.  

Ou seja, as vantagens da mobilidade elétrica, em termos de poupança, passam por conseguir reduzir a fatura energética e da manutenção da frota. Faça as contas, tendo em conta, por exemplo, que a eletricidade para 100 quilómetros vai custar à sua empresa, em média, 1,5 euros.  

Para além da poupança na utilização, também deve equacionar o que pode amealhar na manutenção. Ou seja, as despesas de manutenção dos carros elétricos são inferiores, já que, não vão ser necessárias algumas das revisões periódicas, nomeadamente, as mudanças de óleo, a substituição dos filtros. Segundo os especialistas, até as pastilhas dos travões têm menos desgaste, o que se explica pela “travagem regenerativa” nos carros elétricos

Porém, as vantagens identificadas também passam pela questão, cada mais vez mais central na organização das empresas: a sustentabilidade

Neste capítulo, para além dos carros elétricos terem zero emissões de CO2 e zero poluição, fazer esta escolha também pode significar um reforço da imagem de sustentabilidade e inovação da sua empresa. 

Leia ainda: Fiscalidade Verde: metas, benefícios e penalizações

Que incentivos existem à compra de carros elétricos? 

Para as empresas, os carros elétricos são isentos de Tributação Autónoma em sede de IRC e o IVA – Imposto de Valor Acrescentado é dedutível.  

Saiba como funciona o voucher para aquisição de veículos elétricos
Ler mais

A tributação autónoma é um dos impostos que podem pesar significativamente nas contas das empresas. O imposto incide sobre determinados encargos, como despesas não documentadas, despesas de representação, encargos com viaturas, ajudas de custo, entre outros.  

Assim, no que diz respeito aos incentivos para aquisição de elétricos, as empresas contam com: 

  • Isenção do Imposto Sobre Veículos (ISV) e do Imposto Único de Circulação (IUC) para Batery Electric Vehicle – carro elétrico a bateria (BEV) e redução do ISV para 25% nos carros Plug-in Hybrid Electric Vehicl – elétrico híbrido recarregável (BEV); 
  • Incentivo fiscal ao abate na compra de carros novos, no valor de quatro mil euros para BEV e de 3.250 euros para PHEV; 
  • Isenção de Tributação Autónoma em sede de IRC para BEV e redução da taxa para PHEV;  
  • Possibilidade de dedução do IVA para BEV ate 62.500 euros e para PHEV até 50 mil euros; 

Saiba ainda que, algumas cidades, nomeadamente, Beja, Funchal, Loures, Guimarães, Oeiras, Oliveira de Azeméis, disponibilizam um dístico de parqueamento gratuito para carros 100% elétricos

Empresas portuguesas já se fizeram à estrada verde 

Quase 30% das empresas portuguesas tinham, em 2020, pelo menos uma viatura com tecnologia alternativa na sua frota, maioritariamente, viaturas híbridas, elétricas ou plug-in. Este indicador, apurou ainda o Barómetro Automóvel 2020 do Arval Mobility Observatorysubiu mais de 35% face ao ano anterior.  

Ainda assim, e apesar do aumento, o nosso país continua abaixo da média europeia, onde 34% das empresas já utiliza novas tecnologias nas suas frotas.  

Porém, a percentagem de empresas portuguesas, que prevê implementar as novas tecnologias nas suas frotas nos próximos três anos, é superior à média europeia (67% em Portugal vs. 62% média europeia), perspetivando-se assim uma transformação significativa nos próximos anos no parque automóvel das empresas. 

Leia ainda: Carros elétricos: devo realizar um contrato com um comercializador de energia?

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)