Janine Medeira, a nova entrevistada da rubrica “Dentro da carteira de…” vem falar-nos sobre o seu blog – Poupadinhos e com vales -, o seu novo livro – “Ser feliz não é caro” – e revelar-nos alguns dos seus truques de poupança e gestão orçamental.

Quem é a Janine?

Janine Medeira, 36 anos, mãe de dois e apaixonada pela vida. É assim que me defino.
Pelo meio escolhi trabalhar em algo que me dá imenso gozo, ensinar! Comecei por dar aulas na Universidade do Algarve e estendi esta paixão para este blogue, projeto tão querido e que me realiza na plenitude por saber que consigo ajudar e chegar a tantas famílias portuguesas. Atualmente divido-me entre estas duas profissões, professora e blogger, e portanto os meus dias são uma verdadeira roda viva, como os de tantas outras mulheres trabalhadoras, mães e mulheres.
Nos meus tempos livres gosto de estar com a família e amigos, mas não deixo de estar sempre de olho numa boa promoção.
Devoro séries, filmes e livros, estou sempre atenta às últimas tendências de moda e adoro cozinhar.
Ganho o dia quando recebo mensagens de seguidores a dizer que já conseguem pagar a casa sem dificuldades graças ao que aprenderam comigo, é o meu grande troféu.
Os meus filhos, Isaac e Dilan são a minha maior fonte de inspiração, o meu marido e família o meu porto seguro.

Nome, profissão?

Janine Medeira, blogger e professora universitária na Univerdade do Algarve

Fale-nos um pouco acerca do seu blog e do seu mais recente livro.

O Poupadinhos e com vales surgiu em plena crise nacional, estávamos em 2013, razão pela qual os portugueses aderiram de imediato à ideia de ter alguém que os ajudasse a poupar dinheiro em tempos difíceis. Tudo começou com dicas de poupança fáceis de pôr em prática, e depois começa a fazer sentido expandir para várias áreas, portanto o blog é um mix de dicas de poupança, portal de folhetos, compilação das melhores promoções e claro está lifestyle! O livro “Ser feliz não é caro”, o grande livro da poupança, surge no seguimento do blog. A ideia é as pessoas terem um manual de poupança sempre à mão, o mesmo contém centenas de dicas de poupança de forma organizada e não deixa escapar nenhum tema importante para aumentar a qualidade de vida dos portugueses e permitir-lhes deixar algum dinheiro de parte. Os temas abordados, na sua maioria, nunca foram falados no blog, o que é uma vantagem para quem compra o livro e o facto de trazer mais de 400€ em vales, é também outra mais valia.

O que a levou a criar um blog sobre poupança?

Na realidade sempre fui muito poupada e costumava falar destas minhas “conquistas” no meu Facebook pessoal. Depressa percebi que muitos amigos queriam fazer o mesmo que eu mas precisavam de ajuda. Criei então um grupo secreto no Facebook, mas como em menos de uma semana tinha mais de 5000 membros e boa parte não eram os meus amigos, percebi que existia um potencial na ideia de criar um blog sobre poupança, um espaço que as pessoas pudessem visitar todos os dias para estarem a par das promoções e formas inteligentes de poupar.

Faz algum controlo de custos ou planeamento mensal do seu dinheiro? Como?

Faço um controlo de custos bem rudimentar, porque sinceramente é aquele com que me entendo melhor. Continuo a usar Excel (tabelas criadas por mim) para controlar e planear tudo o que envolve o meu dinheiro.

Para onde vai a maioria do seu orçamento mensal? Qual é a sua maior despesa mensal? Tem uma ideia do valor?

A maior fatia vai para a prestação da casa e devidos seguros. Depois vem a escola dos miúdos e a alimentação.

Se encontrasse uma nota de 500€ o que faria com o dinheiro?

Mas podia ficar com ele? (risos) A não ser que estivesse a precisar do dinheiro para algo, o mais provável era guardá-lo, mais precisamente falando, poupar.

Qual foi o melhor investimento que já fez?

Acredito que a compra do nosso apartamento, por todos os motivos adjacentes, foi o melhor investimento que já fizemos. Lar doce lar, é desta forma que vejo esse investimento, paz, sossego e conforto para a minha família.

Qual é a melhor dica de poupança que pode partilhar connosco?

Sem dúvida, comparar preços! Sempre! Uma das melhores dicas de poupança que vos posso dar é esta. Quando comparamos preços descobrimos tudo o que precisamos para poupar e fazer a compra mais vantajosa. Atenção que nem sempre comprar o produto mais barato é a melhor escolha. São todos estes pequenos pormenores que vão definir qual a melhor poupança, após observação da oferta e devida comparação.

O dinheiro para si é…?

Tenho uma relação muito simples com o dinheiro. Não deixo de viver para poupar, mas poupo para viver um pouco melhor. Esta é a minha máxima! Sabemos que o dinheiro não traz felicidade mas ajuda imenso, e enquanto eu puder poupar no que me for possível, para posteriormente investir ou usar em algo que me faz muito feliz, não hesitarei em fazê-lo. Estou a falar de alguns planos maiores a médio/longo prazo. No fundo, interessa-me também saber que consigo poupar algum dinheiro e que em alguma eventualidade (desemprego, doença, etc) os meus filhos continuarão a ter a mesma qualidade de vida durante algum tempo, sem pesos na consciência.

Qual é o seu pecado? Do que é que não consegue abdicar para poupar?

Programas em família numa das folgas. Embora consiga que alguns sejam gratuitos, não abdico de um dia bem passado com o meus filhos para poupar. A vida são dois dias, de nada me vale poupar e não poder usufruir depois. Um jantar fora num bom restaurante pelo menos uma vez por mês, também é algo que gosto de fazer.

Que extravagância faria se lhe saísse o Euromilhões?

Construía uma casa toda à minha medida, com todos os meus sonhos lá dentro. Com certeza também não hesitaria em fazer uma viagem longa pelo mundo, mas esperava um pouco mais, para as crianças crescerem.

Depois procuraria algo para investir, dinheiro gera mais dinheiro. E viveria muito bem a vida, mas sempre com o bichinho da poupança dentro de mim.

Esperamos que tenha gostado de conhecer um pouco mais acerca da vida financeira de Janine e que não deixe de seguir o Poupadinho e com vales para para estar sempre a par de descontos e promoções irresistíveis que o vão ajudar a manter o orçamento familiar sob controlo. 🙂

Espreite aqui as entrevistas anteriores da rubrica “Dentro da carteira de…”:

Dentro da carteira de… Mariline Pinto, autora do Contas à Vida 360º

Dentro da carteira de… Benjamin Davis, autor de “From Cents to Retirement”

Dentro da carteira de… Krystel Leal, autora do Nomadismo Digital Portugal