Finanças pessoais

As suas finanças estão equilibradas? Calcule a sua taxa de esforço

Traçar um orçamento familiar é fundamental para saber para onde vai o seu dinheiro. Só assim vai conseguir calcular a sua taxa de esforço e saber o estado de saúde das suas finanças.

Sara Fernandes Sara Fernandes , 6 Maio 2020

Um dos segredos para ter as suas finanças pessoais equilibradas é saber para onde vai o seu dinheiro. Isto é, saber, com detalhe, quais são todos os encargos que tem mensalmente.   

Para isso é fundamental traçar um orçamento familiar. Seja num documento excel, com recurso a uma aplicação móvel ou em papel, o essencial é fazê-lo.

O orçamento deve conter de um lado os rendimentos da família e do outro todas as suas despesas. É importante ter em conta que alguns dos gastos são fixos - como a prestação do crédito habitação, as faturas da água ou eletricidade, por exemplo -, mas não se esqueça daqueles que são variáveis e, por isso, não aparecem todos os meses.

Só listando os rendimentos e as despesas é que vai conseguir saber qual é a taxa de esforço da sua família. Conhecer a sua taxa de esforço é essencial para que tenha noção do estado de saúde das suas finanças. Desta forma, conseguirá avaliar melhor a necessidade de fazer alguns ajustes no seu orçamento.

Sabe qual é a sua taxa de esforço?

A taxa de esforço é a relação entre o rendimento mensal líquido de um agregado familiar e as despesas do mesmo.

Para facilitar esse cálculo, pode recorrer ao Simulador de Taxa de Esforço do Doutor Finanças. Basta preencher todos os campos disponíveis com o seu rendimento líquido mensal e as despesas mensais com crédito habitação, crédito automóvel, crédito pessoal, dívida do cartão de crédito, outros créditos e total de encargos domésticos (como despesas com a casa, alimentação, deslocações, mensalidades de infantários ou escolas, ginásios, etc).

Como rendimento mensal líquido deve entender todos os seus ganhos, independentemente da sua origem. Deve considerar o salário de um emprego a tempo inteiro, bem como remunerações de um trabalho a tempo parcial, o trabalho freelance ou rendimentos de aplicações financeiras e rendas imobiliárias. Tenha ainda em conta subsídios ou abonos familiares que possa receber.

O simulador vai indicar qual a taxa de esforço da sua família, avaliando o seu "estado de saúde".

Ao calcular a sua taxa de esforço terá necessariamente de olhar para todas as suas despesas e para os rendimentos do seu agregado familiar. Esta análise vai permitir-lhe saber para onde está a ir o seu dinheiro e traçar um plano para as suas finanças pessoais e familiares, bem como para a sua poupança.

O orçamento familiar é uma ferramenta importante para que consiga gerir melhor as suas finanças pessoais. Só olhando para todas as despesas irá conseguir perceber quais são essenciais e quais podem ser consideradas supérfluas.

Se a sua taxa de esforço for pouco saudável, comece por eliminar os encargos que considerou supérfluos. Desse modo, vai ganhar uma folga orçamental que pode aplicar numa poupança, por exemplo, ou em algum investimento.

Leia ainda: Como reduzir a taxa de esforço para comprar casa?

Partilhe este artigo
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)