Finanças pessoais

Investir na sua saúde: 4 razões para treinar em ginásios

Se está a ponderar investir na sua saúde, saiba que vantagens reúne uma das soluções que tem ao seu dispor: os ginásios.

Finanças pessoais

Investir na sua saúde: 4 razões para treinar em ginásios

Se está a ponderar investir na sua saúde, saiba que vantagens reúne uma das soluções que tem ao seu dispor: os ginásios.

No planeamento do seu orçamento familiar, deve equacionar a importância de investir na sua saúde. Neste contexto, tendo em consideração a evolução das tecnologias e a influência das redes sociais, bem como a facilidade de pesquisa, a busca por um corpo funcional tem vindo a aumentar, de ano para ano. Consequentemente, existe uma maior paixão pelo exercício físico.

Contudo, e apesar desta evolução, os estudos mais recentes mostram que Portugal está entre 11 países mais sedentários do mundo, refletindo a falta de educação desportiva ou de um conhecimento profundo sobre os benefícios que a atividade física pode gerar. Assim sendo, reunimos alguns dos principais motivos para ponderar investir na sua saúde, particularmente na frequência de um ginásio.

Leia ainda: Seguro ou cartão de saúde? O que ter em conta antes de decidir

1- Acesso a equipamentos

Apesar de a pandemia da Covid-19 ter levado a um maior investimento no exercício em casa, houve alguns constrangimentos no acesso ao material necessário, nomeadamente financeiros. Ou seja, muitas pessoas tiveram de puxar pela imaginação e criar equipamentos improvisados diante da dificuldade de suportar custos significativos.

Assim, se optar por treinar no ginásio, vai contornar de imediato este problema. Isto porque vai ter um acesso exclusivo a equipamentos de alta tecnologia e aliar mais qualidade a um custo reduzido.

2- Investir na saúde para aumentar produtividade

Em matéria de benefícios do exercício físico, para além do aumento de memória e da atenção, o aumento da produtividade tem um papel fundamental no seu dia-a-dia, podendo mesmo traduzir-se num impulso do seu desempenho, logo, num possível acréscimo do seu salário. Segundo os especialistas, este aumento vem na sequência da comunicação feita entre o seu corpo e o seu cérebro, a qual permite descobrir maiores capacidades.

Adicionalmente, contribui positivamente para a melhoria da qualidade do seu sono, tornando o desafio de levantar-se da cama todas as manhãs algo natural e subtil. A produtividade gerada pelo exercício físico, não só aumenta os níveis de energia como potencia os problemas existentes quando se fala de falta de inspiração, no caso dos processos criativos.

Leia ainda: 8 dicas de poupança com a saúde que deve considerar

3- Diminuição dos custos com a saúde

Pessoas saudáveis tendem a ter menos complicações a nível de saúde, já que o exercício físico praticado de forma consistente e constante pode reduzir as despesas médicas, de uma forma exponencial.

Uma das formas de poupar em consultas, prescrições e custos adicionais em hospitais é apostar numa avaliação correta da percentagem de Massa Gorda e do IMC (Índice de massa corporal), disponibilizados, gratuitamente, pela maior parte dos ginásios. Nestes espaços, pode, junto dos profissionais, fazer uma avaliação e diagnóstico. Juntos podem então programar os próximos passos quanto à atividade física de que necessita. Assim, não perde tempo ou dinheiro.

Segundo os especialistas, as doenças patológicas como asma, artrite, diabetes, podem ser atenuadas com o exercício físico. O stress e a depressão, ainda que doenças invisíveis, também sofrem este impacto positivo. Fazer exercício exercício, liberta endorfinas (neurotransmissores produzidos pelo nosso organismo em resposta a determinados estímulos como o stress, o medo e a dor) o que vai gerar uma diminuição das suas despesas com medicamentos, como antidepressivos, e até uma redução de consultas com o psicólogo.

4- Conhecimento e motivação

Mudar de estilo de vida requer uma forte força de vontade. Por isso, é recorrente que se inicie os treinos e passado poucos meses se desista, quer seja pela desmotivação gerada, quer seja pela falta de conhecimento sobre o que fazer para atingir os objetivos. O ginásio aqui tem um papel fundamental, uma vez que para além de disponibilizar profissionais credenciados (nutricionistas, personal trainers, etc) que lhe podem fornecer planos de treino/nutrição, muitas vezes gratuitos, vão explicar-lhe como se utiliza os aparelhos e/ou funciona a dieta.

Outra das vantagens da frequência de um ginásio é a diversidade de aulas de grupo que podem ajudá-lo a ganhar a motivação certa para se manter focado.

Leia ainda: Ir ao dentista: Sabe que apoios existem para cuidar da sua saúde oral?

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.