Finanças pessoais

Vai comprar a sua casa de sonho? Saiba o que ter em consideração

Conseguiu amealhar o suficiente para comprar a sua casa de sonho? Conheça alguns a fatores a ter em conta neste momento.

Finanças pessoais

Vai comprar a sua casa de sonho? Saiba o que ter em consideração

Conseguiu amealhar o suficiente para comprar a sua casa de sonho? Conheça alguns a fatores a ter em conta neste momento.

Encontrou a sua casa de sonho e está prestes a ter aquilo que sempre desejou? A possibilidade de ter a sua própria habitação, com o tamanho e conforto desejado, e estar perto da família, são alguns dos fatores que mais pesam na sua aquisição. No entanto, não deixam de existir riscos e cuidados a ter. Por isso, saiba o que ter em consideração antes de tomar a decisão de comprar a sua casa de sonho.

Pense no futuro da sua família

Antes de avançar para a compra da sua casa de sonho, deve pensar no futuro da sua família. Isto inclui o aumento das despesas em relação ao que paga atualmente, as necessidades dos seus filhos, se existe a intenção de vender a sua habitação mais tarde, entre outras razões. Sendo a sua casa de sonho, o investimento pode ser considerável, logo, deve avaliar o que está disposto a comprometer e o quão confortável se sente com isso.

Este compromisso pode ser a localização, a oferta laboral, a acessibilidade ou até mesmo o facto de ter de recorrer a grande parte das suas poupanças para cumprir o seu desejo. Além disso, e sobretudo se tiver filhos, não se esqueça que os seus compromissos vão afetá-los indiretamente. Por exemplo, dependendo da localização da sua casa de sonho, pode implicar que os seus filhos deixem de conviver com os seus amigos habituais.

A somar a isto, é importante definir um orçamento realista para a sua casa de sonho. É verdade que só se vive uma vez, mas um erro financeiro grave pode "deitar por terra" todos os esforços de uma vida. Isto inclui não só os seus, como também os da sua "cara metade" e daqueles que o ajudaram no processo.

Leia ainda: Crédito habitação: taxa fixa ou variável?

Não gaste todas as poupanças na sua casa de sonho

Um dos aspetos que deve ter em consideração é a definição do quanto está disposto a gastar na sua casa de sonho e o quanto isso afeta as suas poupanças. Se tiver de gastar tudo o que amealhou durante anos, pode não ser uma compra sensata. Assim, deve comprar a habitação que cabe no seu orçamento.

Lembre-se que o preço da habitação não é a unicamente o valor da aquisição. Outras despesas associadas podem consumir uma grande fatia do seu orçamento, tais como impostos, seguros de vida e multi-riscos, condomínio, mudanças, entre outras. Embora inicialmente possa parecer uma "fatia pequena" comparativamente com o valor de entrada, a verdade é que tudo somado pode pôr em causa a sua estabilidade financeira.

Além disso, se vai recorrer a um crédito à habitação, não se esqueça que pode ser mais difícil poupar todos os meses. Se optar por gastar grande parte das suas poupanças na compra da sua casa de sonho, a sua primeira prioridade deverá ser recuperar algum "fôlego" financeiro. Caso contrário, podem surgir imprevistos e não ter dinheiro suficiente para lhes fazer face. Isto significa que não deve comprometer o seu fundo de emergência.

Este fundo de maneio serve para protegê-lo em cenários de desemprego, acidentes, quebra repentina de rendimentos, ou outras situações que afetem a sua carteira.

Leia ainda: Comprar casa: custos, documentos e impostos com que deve contar

Considere a localização como uma prioridade

A localização de uma habitação é um dos fatores que mais influencia não só o seu preço, mas também a comodidade e facilidade de acesso a pontos de interesse. Ainda que, tendencialmente, as casas fora dos centros urbanos sejam mais baratas, também deve ter em consideração o tempo que terá de gastar diariamente para chegar aos destinos mais usuais, como o trabalho ou a escola dos seus filhos.

Além disso, deve também verificar se, nas redondezas da sua casa de sonho, tem fáceis acessos a hospitais, centros comerciais ou supermercados. Embora à primeira vista até possa sentir-se confortável em demorar mais 10 minutos em cada viagem, ao longo do tempo pode tornar-se um fator de descontentamento. Especialmente, se ficar preso no trânsito todos os dias.

Deve também avaliar a probabilidade da sua casa ser afetada por fenómenos naturais. Por exemplo, se ocorrer alguma cheia ou chover durante muito tempo, existe o risco da sua casa ficar inundada? Em tempos de muito calor, existe risco de incêndio próximo da sua habitação? Estas são algumas das questões que deve conseguir responder antes de tomar uma decisão.

Leia ainda: Comprar casa aos 30: Será que tem as condições para dar este passo?

Casa de brincar e moedas em cima de um contrato de moratória de crédito

Não se esqueça dos impostos e outras despesas

Na altura de adquirir a sua casa de sonho, deve ter uma quantia disponível para pagar os impostos inerentes à compra. Sempre que exista uma mudança de proprietário de um imóvel, existe lugar ao pagamento do Imposto Municipal Sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT), acrescido de imposto de selo. Este montante varia consoante o valor de aquisição do imóvel ou o Valor Patrimonial Tributário (VPT) - sendo considerado o mais elevado - a localização do imóvel, a finalidade e, por último, a taxa a aplicar (1 a 8%).

Por exemplo, se quiser adquirir uma habitação no valor de 100.000€, vai pagar cerca de 951€ pelo IMT, mais imposto de selo. Já no caso de uma habitação avaliada em 200.000€, paga 6512€. Apesar do valor da habitação no segundo exemplo ser "apenas" o dobro da primeira, terá de pagar seis vezes mais em impostos.

O Doutor Finanças pode ajudá-lo no processo de aquisição da sua casa de sonho. Esta ajuda vai refletir-se em todos os passos, logo, em matéria de impostos e outras despesas, não vai estar sozinho a fazer contas.

Analise se o tamanho da sua casa de sonho é o ideal

Além da localização, deve ponderar o tamanho ideal da sua casa de sonho. Especialmente se ainda não tem filhos e pretende ter. Assim, deve analisar cuidadosamente qual a tipologia que faz mais sentido para si. O tamanho da habitação é algo que não deve comprometer, visto que é algo que, grande parte das vezes, não pode mudar depois de comprar. Ainda que possa fazer remodelações ou renovar.

Além da tipologia da casa, o tamanho do terreno também pode ser importante. Ter um espaço exterior grande é útil, pois permite aos seus filhos brincarem ao ar livre, pode fazer várias atividades de convívio com amigos ou familiares, possibilita aos seus animais de estimação terem um espaço para desgastarem energias, entre outras vantagens. Ainda que só utilize o espaço exterior para descansar, já é uma mais-valia.

Já no que diz respeito ao interior, ter um local para trabalhar em casa também deve fazer parte dos seus planos. Ainda que o seu emprego possa ser inteiramente presencial, no futuro isso pode alterar-se. Por isso, ter um espaço para um escritório, de preferência com exposição a luz natural, é um fator a considerar.

Leia ainda: Vai comprar casa para vender posteriormente? Saiba como valorizá-la

Atenção ao estilo de vida

Por último, o seu estilo de vida deve também estar na balança na hora de comprar a sua casa de sonho. Tendencialmente, mudanças abruptas no estilo de vida causam desmotivação a médio e longo prazo. Especialmente, se estas mudanças forem completamente contra o que estava habituado.

Por exemplo, se sempre gostou da vida frenética da cidade, então um local que seja calmo de mais, como uma aldeia, pode vir a tornar-se um problema. Ao fazer estas adaptações até pode acabar por gostar de um local mais tranquilo, mas pode sentir um "choque inicial". Ainda que possa ter encontrado a sua casa de sonho, não significa que seja tudo perfeito, mas é sempre uma questão de escolhas e prioridades.

Leia ainda: Vai comprar uma casa de férias? O que deve ter em conta antes de decidir

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.