Tem o sonho de ter uma casa própria e procura o melhor financiamento? Com alguma pesquisa pode poupar muito dinheiro. A procura de crédito habitação é um processo que pode ser mais ou menos moroso dependendo da estratégia que utilizamos. Confira neste artigo as nossas dicas para poupar dinheiro no seu crédito habitação.

Vale a pena comprar casa?

Muitas pessoas perguntam-me o que é melhor: comprar ou arrendar casa. Em breve escreverei um artigo onde debaterei os méritos de cada uma destas opções. O fundamental é perceber que não há uma opção que seja sempre melhor do que a outra. É preciso fazer contas com base numa pesquisa exaustiva de informação e tendo em conta a sua realidade concreta.

Decidi-me por comprar casa. E agora?

casa

Tendo como certo que pretende comprar casa é chegada a altura de fazer uma pesquisa. Para garantir que consegue a melhor taxa possível, tenha atenção a algumas variáveis:

Estabilidade de emprego

Para ter boas condições de crédito deverá ter um emprego estável. O mesmo será dizer que deve ter um contrato efetivo e níveis de rendimento que comportem a operação. Adicionalmente, irá facilitar a aprovação ter duas pessoas envolvidas no seu crédito habitação (tipicamente marido e mulher). Deste modo, consegue reduzir o risco percebido por parte do banco e deixá-lo mais confortável em conceder-lhe crédito.

Relação empréstimo/garantia

Hoje em dia será muito difícil conseguir um financiamento de 100% do valor da compra. Os bancos irão procurar que os clientes dêem uma entrada inicial sendo que atualmente este valor ronda os 20% do valor do financiamento. Quando maior for esta entrada melhor será o spread que terá de suportar no seu crédito. Poderá melhorar esta relação com:

  • Entrada inicial;
  • Negociação do preço da compra (pesquise várias casas e negoceie com o vendedor);
  • Avaliação mais favorável (também improvável).

Taxa de esforço

A taxa de esforço é a relação entre o valor das várias prestações de crédito e o rendimento da família. No caso anterior, quanto menor for a taxa de esforço melhor será a probabilidade de ter o seu crédito aprovado e menor será a taxa de juro a suportar no seu crédito.

Para garantir que tem uma taxa de esforço que seja comportável sugerimos que faça um orçamento familiar cuidado e rigoroso. Poderá utilizar o Boonzi, uma ferramenta de gestão que faz (quase) todo o trabalho por si. Esta análise é fundamental para garantir que conseguirá suportar o crédito ao longo dos anos.

Fiador

Uma variável adicional passa pela apresentação de um fiador à operação. De notar que o fiador tem algumas características peculiares. Na prática, é uma pessoa que substitui o cliente em caso de não pagamento da prestação sem que tenha qualquer direito sobre o imóvel. Ou seja, deve pensar bem antes de apresentar um fiador à operação pois o fiador tem muitos deveres e riscosNaturalmente que a existência de um fiador irá reduzir o risco da operação pelo que tem de resultar de imediato na redução do custo do empréstimo.

Como negociar o meu crédito habitação com a banca?

616726_26242974 (1)

Tendo decidido pela compra de casa e tendo acautelado boas características para se apresentar ao crédito, está na altura de negociar com a banca para conseguir as melhores condições possíveis para o seu crédito habitação. Neste contexto, sugerimos algumas ideias que podem marcar toda a diferença:

Negoceie

Não tenha vergonha nem receio em negociar. Os bancos estão habituados a que os seus clientes negoceiem. Peca a vergonha e lembre-se que o não está sempre garantido. Para perceber a importância da negociação, lembre-se que uma diferença de 0,5 pontos percentuais num crédito de €100.000 a 30 anos representa €11.150 de custo acrescido!

Visite vários bancos

Existem diferentes bancos com estratégias que podem também elas ser diferentes. Assim, podem alguns bancos estar mais agressivos no crédito habitação e outros mais agressivos no crédito pessoal ou noutro tipo de produtos. Pesquise diferentes bancos e consulte diferentes ofertas.

Tenha atenção, contudo, que alguns bancos podem cobrar-lhe comissões de avaliação e de dossier mesmo não tendo o crédito garantido. Deste modo, poderá estar já a perder dinheiro mesmo sem a compra da sua casa.

Produtos complementares

Para garantir a aprovação e um spread mais baixo pode ser necessário contratar um conjunto de produtos adicionais, como a conta ordenado, o cartão de crédito, a domiciliação de pagamentos, entre outros. Tenha em atenção a TAEG que é a taxa que inclui todos estes custos e que permite fazer a comparação da oferta dos vários bancos.

O Dr. Finanças faz todo o processo sem qualquer custo para si

O processo de procura do melhor crédito habitação para si pode ser demorado e burocrático. Conscientes desta realidade, aqui no Dr. Finanças constituímos uma equipa que faz todo o processo sem qualquer custo para si. Este processo inclui:

  1. Consulta de diagnóstico financeiro, onde fará uma análise à sua situação financeira;
  2. Preparação de todo o processo;
  3. Submissão do seu pedido às várias instituições financeiras;
  4. Negociação das melhores condições;
  5. Apoio na decisão e na formalização da operação.

Se quiser uma simulação para o seu caso específico, basta contactar-nos e teremos todo o gosto em procurar a melhor solução para si.

E se eu já tiver um crédito habitação?

Se já tiver um crédito habitação poderá ser possível ajudar a reduzir as suas prestações, seja por intermédio da negociação com o seu banco seja conseguindo uma oferta alternativa noutro banco que seja atualmente mais competitivo.  O ponto de partida será uma conversa de diagnóstico para ver quanto poderá começar a poupar.