Crédito

Crédito para obras em casa

Está a pensar comprar uma casa mas quer fazer obras? Já vive na sua casa e está decidido a fazer uma renovação na sua habitação? Neste artigo iremos mostrar-lhe alternativas ao seu dispor para que possa tomar a decisão mais adequada às suas necessidades.

Rui Costa Rui Costa , 11 Agosto 2016 | 3 Comentários

Como qualquer intervenção, o primeiro passo para tomar a sua decisão passa por fazer o diagnóstico. Neste caso concreto, poderá colocar algumas questões rápidas:

  • Preciso mesmo de fazer estas obras?
  • Qual o valor mínimo indispensável para cumprir com os meus objetivos?
  • Tenho alternativas para evitar pedir um crédito?
  • Qual o espaço que tenho no orçamento para uma prestação de crédito?

Pode parecer básico, mas é fundamental responder a estas e outras questões. O objetivo será tomar a melhor decisão possível. A quem nunca aconteceu tomar uma decisão e arrepender-se passado pouco tempo? No serviço de renegociação de créditos do Doutor Finanças conhecemos inúmeros casos de pessoas que não foram honestas consigo próprias e acabaram por ter de reduzir as prestações que já estavam em níveis insuportáveis…

As obras podem esperar?

As suas obras são urgentes? Ou pode esperar alguns meses sem as realizar? Se puder aguardar alguns meses, talvez seja prudente começar desde já a constituir uma poupança.

Por exemplo, colocar de parte o equivalente à prestação mensal de um crédito. Deste modo, irá conseguir reduzir o valor que pedirá emprestado, baixando a prestação mensal e aumentando a probabilidade de ter acesso ao crédito.

Se não conseguir poupar nada, terá aqui um indicador de que não deverá fazer o crédito, pois se não tem dinheiro para poupar também dificilmente terá dinheiro para suportar a prestação mensal.

paint-933395_1280

Leia ainda: 10 dicas de poupança que o/a vão ajudar a rentabilizar o seu dinheiro

Crédito para pequenas obras

Se está à procura de um crédito para pequenas obras (até €1.000) e se já comprou a sua casa, a melhor opção é o crédito pessoal puro. Um crédito sem garantias e que lhe permite utilizar o dinheiro sem ter de “prestar contas” a ninguém.

Se está ainda a avaliar um crédito habitação, poderá optar por pedir um crédito multiopções ou multiusos (a denominação depende do banco). Neste caso, consegue o financiamento a taxas mais reduzidas e com prazos de pagamento mais dilatadas (conseguindo assim baixar a prestação mensal).

Crédito para grandes remodelações

Se a sua ideia consiste em fazer remodelações mais profundas na sua casa. Se pediu dois ou três orçamentos e se depois de negociar o preço mais baixo que conseguiu foi superior a €1.000, poderá explorar a solução do crédito com hipoteca.

Os créditos com hipoteca possibilitam-lhe usar a garantia de um imóvel para reduzir o risco da instituição financeira.

Nestes casos, como no caso do crédito habitação inicial, é possível ter prazos de pagamento muito alargados (alguns bancos possibilitam créditos até o titular completar 85 anos de idade) e spreads inferiores a 3%. Infelizmente nem tudo são fatores positivos.

Ao hipotecar a sua casa irá ter custos mais elevados com a escritura do crédito e da constituição de hipoteca, o que poderá penalizar muito esta alternativa.

credito-para-obras-em-casa

Em qualquer caso, os passos para conseguir um crédito com hipoteca serão semelhantes aos pedidos de crédito habitação. Será necessário avaliar o imóvel, avaliar a relação entre o valor do empréstimo e o valor do imóvel e avaliar a sua capacidade para cumprir com este encargo.

Tem vários créditos?

Se tiver vários créditos e se um deles for um crédito imobiliário, poderá sempre explorar a alternativa da consolidação de créditos com hipoteca, tentando obter uma liquidez adicional. É possível e poderá ainda reduzir o valor total das suas prestações (mesmo que aumentando o valor em dívida).

Alerta a não esquecer

Qualquer que seja a alternativa que tome nunca se esqueça de utilizar o crédito de forma responsável. É possível reestruturar a sua carteira de créditos de modo a conseguir poupar dinheiro e obter o crédito mais barato possível. No entanto, a utilização que fizer destas ferramentas poderá ter resultados positivos ou negativos… mas isso irá depender de si.

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #crédito obras habitação,
  • #crédito para obras,
  • #crédito para obras em casa,
  • #crédito pessoa para obras,
  • #dinheiro para obras em casa
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)

7 comentários em “Crédito para obras em casa

  1. Boa tarde João Barbosa. Já contatei o banco conforme me explicou e tenho que fazer um credito multifunções com spread a rondar os 5%, nova escritura, nova avaliação,etc…compensa pagar um credito disto tipo ou fazer um esforço e obter um credito pessoal em menos anos? Obrigado

  2. Boa tarde. Encontro-me neste momento a acabar a construção de uma moradia, tenho credito habitação no Santander e precisava de mais 40.000 para acabar a casa. Terei que esperar até ter a licença para poder fazer o credito multifunções ou posso fazer já? Obrigado