Finanças pessoais

Gestão doméstica: 5 dicas para poupar na rentrée

Tendo em conta que a rentrée pode ser um período stressante, reunimos 5 dicas para uma gestão doméstica eficiente neste pós-férias.

Finanças pessoais

Gestão doméstica: 5 dicas para poupar na rentrée

Tendo em conta que a rentrée pode ser um período stressante, reunimos 5 dicas para uma gestão doméstica eficiente neste pós-férias.

Setembro marca o início de um novo ciclo para muitas famílias com os mais novos a regressar às escolas. É também tempo de arrumar os chapéus de praia e de voltar ao trabalho. Tendo em conta que a rentrée pode ser um período stressante, reunimos 5 dicas para uma gestão doméstica eficiente neste pós-férias.

Arrumações e levantamento de necessidades

A primeira coisa a fazer ao chegar de férias é "atacar a roupa". Pode ser difícil, mas é um bom ponto de partida para identificar as necessidades para a nova estação.

Assim, comece por arrumar a roupa de verão que não usa no período laboral/escolar. Desafie os membros da sua família a abrir o armário e a fazerem uma seleção. Primeiro, devem separar as peças de que já não gostam, ver o que já não serve. Contudo, mantendo arrumado o que vão começar a usar nesta meia estação.

Depois, o próximo passo é ver o que não serve nem satisfaz uns, mas que pode servir a outros (aplicar a economia circular na gestão doméstica pode ser uma regra de ouro). Separe ainda o que está em condições para dar do que deve ser deitado fora. Finalmente, pegue numa caneta e anote o que é necessário comprar.

Este "truque da limpeza de verão" pode ser infalível em tudo o que a uma casa e família diz respeito - seja roupa, material escolar ou eletrodomésticos. 

Mais uma vez, lembre-se que para esta regra funcionar deve mobilizar toda a família. Vai libertar espaço sim, mas é necessário que respeite as necessidades e tempo de todo.

Leia ainda: Poupar em casa: 12 dicas para alterar hábitos domésticos

Refeições em casa e marmitas

Com o regresso das férias é preciso voltar à cozinha. Quer se goste ou não, cozinhar é a base de qualquer gestão doméstica. Não fosse esta rubrica do orçamento familiar onde se gasta mais dinheiro mensalmente. No entanto, também nesta matéria existem dicas que lhe permitem poupar tempo e dinheiro. Sem descurar uma alimentação saudável e diversificada.

O meal prep - a preparação prévia de refeições - é uma solução que tem ganho cada vez mais adeptos, especialmente, quando se tem filhos pequenos. Ora, este conceito nada mais é do que ganhar consciência do que tem disponível na sua despensa e frigorífico e, a partir daí, pensar em ementas semanais e nas compras que deve fazer. 

A regra número um do meal prep é precisamente ver o que tem aí por casa. Faça um levantamento de tudo o que está no congelador, no frigorífico e na despensa, tendo em conta as validades dos produtos. Depois, pense em refeições práticas que pode confecionar com antecedência para facilitar o dia a dia. Para ajudar, tenha legumes cortados e lavados no frigorífico, frango cozido e congelado, molho de tomate, e ainda, fruta embalada pronta para colocar na marmita.

A regra número dois é planear as compras tendo em conta a semana que prevê ter e tudo que está a faltar em casa. A lógica é trabalhar sempre por antecipação.

Finalmente, a regra número 3: reserve uma hora por semana para tratar do meal prep e a sua gestão doméstica vai melhorar consideravelmente. Poupa, mas também vai ter mais tempo durante a semana para o que mais gosta de fazer.   

Gestão de despesas mensais

Depois de chegar das férias, de rever os seus armários e de preparar as suas refeições para a rentrée, está na hora de avaliar as despesas, ganhos e possibilidades de poupança mensais. Por vezes, é necessário ajustar as nossas contas para criar uma folgar no orçamento, seja porque é necessário cobrir um imprevisto ou porque nos libertamos de um crédito e podemos aumentar a nossa poupança. Assim, aproveite este regresso das férias para avaliar e calcular as despesas mensais, restruturando o seu plano habitual de gestão doméstica

Posto isto, verifique onde pode poupar - na conta da eletricidade, nos seguros ou nas despesas com transportes. Assegure-se de que calcula bem as suas despesas fixas. Depois, estabeleça a sua poupança mensal. Lembre-se que por pouco que seja, o importante é conseguir colocar algum dinheiro de lado, seja para as férias do próximo ano, seja para imprevistos, ou até para as aulas de inglês dos miúdos. 

Leia ainda: Economia doméstica: estratégias para poupar no dia a dia

Objetivos pessoais e da família até às próximas férias

Poupar e organizar a vida doméstica tendo um, ou vários objetivos em mente, é essencial para garantir que nos mantemos no caminho certo. Assim sendo, faça planos conjuntos, se todos estiverem a lutar pelo mesmo será mais fácil e vai conseguir cumprir os objetivos. Saiba ouvir e estabelecer prioridades. Este é um exercício para fazer em família, vai aproximar-vos e permitir que todos tenham consciência dos objetivos e necessidades de cada um.  

Pause, Play, Repeat

Antes de começar faça reset (esta pode ser a melhor dica de todas). Parta sempre do geral para o particular. Observe a ‘big picture’ e, a partir daí, esmiúce cada despesa, cada necessidade e objetivo. Só assim vai conseguir traçar o plano de ação. Bem sabemos que o dinheiro "não estica", mas se estiver bem informado sobre as boas práticas, recorrer a pequenos truques que asseguram grandes poupanças e se munir de um bloco de notas, pode estruturar o novo ano letivo da melhor forma. 

Assim sendo, concentre-se em ver e ouvir, agir cirurgicamente e não se deixe surpreender pelo imprevisto. Acima de tudo, trace o plano anual em família. Depois da pausa, entre em ação e tenha um bom ano. 

Leia ainda: Literacia financeira para crianças: 8 livros que ajudam pais e filhos

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)