Finanças pessoais

6 dicas para economizar nas despesas domésticas

Numa altura em que existe uma subida generalizada dos preços devido à inflação, saiba como pode economizar nas despesas domésticas.

Finanças pessoais

6 dicas para economizar nas despesas domésticas

Numa altura em que existe uma subida generalizada dos preços devido à inflação, saiba como pode economizar nas despesas domésticas.

Vivemos tempos difíceis não só pelo aumento dos preços como também pelas consequências das alterações climáticas. Porém, é possível reajustar o nosso orçamento familiar e, ainda assim, economizar nas despesas domésticas.

Supermercado, combustível, gás, eletricidade. Estes são alguns dos vários produtos ou serviços que têm sofrido aumentos significativos. E a este fenómeno de aumento geral dos preços dos bens e serviços chama-se inflação, que reduz o nosso poder de compra.

Porque é a poupança cada vez mais importante?

À primeira vista poupar pode até parecer simples. Todavia, se lhe recordarmos que o seu fundo de emergência deve ter o equivalente a, pelo menos, seis meses das suas despesas mensais, pode afirmar que tem esse valor colocado de parte?

Construir um fundo de emergência é importante para fazer face a possíveis imprevistos que lhe aconteçam, nomeadamente uma doença súbita e grave, situação de desemprego, entre outros.

Nesse sentido, para além do fundo de emergência que deve ser usado em casos urgentes, existe ainda outra solução que deve colocar em ciuma da mesa: a conta poupança. É um tipo de conta no qual pode depositar montantes definidos por si e que rendem um determinado juro.

As contas-poupança dividem-se em contas a prazo (não permitem retirar o dinheiro antes do prazo) e contas à ordem (pode mover o dinheiro quando precisa).

Dessa forma, apostar na poupança e alterar comportamentos permite-lhe ter dinheiro para pagar as suas despesas e responder às suas necessidades. Isto porque situações complicadas, como é o caso do agravcamento da inflação, podem abalar a sua vida de um dia para o outro. Ter um suporte financeiro pode amenizar esta mudança.

6 dicas para economizar nas despesas domésticas

Num contexto em que as subidas das taxas de juro (Euribor) abalam o crédito habitação, em que assistimos a subidas expressivas dos preços dos alimentos, da luz, do gás e dos combustíveis, importa que se concentre na possibilidade de reduzir os gastos. Por exemplo, gastos de energia em casa e nas compras.

Saiba como é possível ser bem sucedido e economizar nas despesas domésticas.

Reduzir a conta da eletricidade

Em primeiro lugar, vamos falar sobre os consumos que temos dentro de casa. Um deles é a dependência da eletricidade. Os pequenos gestos podem ajudar não só ao nível do seu orçamento familiar como também na crise energética que vivemos:

  • Desligue os eletrodomésticos que não está a usar;
  • Na hora de comprar um novo eletrodoméstico opte por aparelhos com uma boa eficiência energética;
  • Aposte, igualmente, em lâmpadas mais eficientes (LED);
  • Desligue sempre as luzes quando sai de uma divisão;
  • Privilegie a luz natural durante o dia;
  • Faça cargas completas nas máquinas de lavar roupa e loiça;
  • Evite usar a máquina de secar roupa;
  • Regule a temperatura do frigorífico para cerca de 3ºC e não ultrapasse os -18ºC no congelador;
  • Invista nos painéis solares;
  • Reveja a tarifa que contratou.

Leia ainda: Atenção ao mecanismo de ajuste na fatura da eletricidade

Fazer um consumo económico e sustentável da água

Assim como a eletricidade, a água é essencial no nosso dia-a-dia e é um recurso que tem vindo a escassear. Mas, é possível reduzir ou consumir de forma sustentável:

  • Tome duches, em vez de banhos de imersão, e feche a torneira enquanto se ensaboa;
  • Aproveite a água fria do duche para regar plantas, lavar legumes, despejar o autoclismo;
  • Reduza a quantidade de água que é libertada em cada descarga de autoclismo colocando, por exemplo, uma garrafa no depósito;
  • Feche a torneira enquanto lava os dentes e a loiça;
  • Faça cargas completas nas máquinas de lavar roupa e loiça;
  • Escolha redutores de água para colocar nas torneiras.
gás e eletricidade e a possibilidade de voltar ao mercado regulado ilustrada com uma bancada de cozinha, branca e moderna, com fogão a gás e uma forte iluminação no móvel superior

Diminuir o consumo de gás

Juntamente com a eletricidade e a água, o gás é outra das despesas dentro de casa. Este é um recurso que tem sofrido um elevado aumento de preços. Como diminuir o seu consumo?

  • Quando a refeição estiver quase pronta, desligue o gás e deixe continuar a cozinhar com o calor acumulado;
  • Enquanto cozinha tape a panela com a tampa para evitar perdas de energia;
  • Prepare todos os alimentos e ingredientes necessários para evitar ter o gás ligado a desperdiçar energia enquanto prepara o essencial;
  • Diminua a temperatura do esquentador e tome duches rápidos;
  • Os painéis solares podem ser uma opção para aquecimento da água;
  • Por último, reveja as condições do seu contrato e se compensa mudar para o mercado regulado.

Rever condições no crédito habitação

Com a instabilidade económica a nível mundial também a inflação fez disparar a Euribor, taxa de referência para os créditos pedidos ao banco. Isto faz com que, logo depois, as prestações mensais dos créditos à habitação com taxas variáveis subam.

É o que tem acontecido recentemente, mas é possível rever as suas condições se tiver um crédito há mais de dois anos. O spread é algo que pode renegociar, uma vez que esta é uma percentagem incluída nos juros que paga ao banco e que tem impacto na prestação mensal da casa/apartamento. 

Além disso, também existem ofertas de seguros de vida no mercado com valores que não impactam tão negativamente na prestação.

Leia ainda: Como é calculada a Euribor e que impacto tem no crédito habitação?

Como reduzir o gasto com o combustível?

Atualmente, até os combustíveis tiveram um aumento acentuado do valor por litro. Deste modo, uma das formas imediatas de poupança é procurar os postos de abastecimento com valores mais acessíveis.

Existem ainda outros conselhos: evite circular com carga desnecessária, use o ar condicionado de forma moderada, não acelere nem trave de forma brusca e desligue o motor quando estiver algum tempo parado. 

Do mesmo modo, verifique a pressão dos pneus e tenha as revisões em dia.

Como economizar nas despesas domésticas do supermercado?

A alimentação é uma necessidade básica para o bem-estar e saúde das pessoas. A ida ao supermercado é um desafio económico pois, neste momento, levamos no carrinho menos alimentos e pagamos mais por eles.

Como diminuir a sua despesa nesta categoria? 

  • Delineie um orçamento mensal;
  • Inicialmente, verifique o que tem em casa e não deixe que se estrague. Isto porque deixar estragar comida também é perder dinheiro;
  • Faça uma lista de compras e organize-a por categorias (carne, peixe, massas, arroz, legumes, enlatados, limpeza, entre outros);
  • Esteja atento aos folhetos e aproveite as promoções;
  • Planeie as refeições da semana e adquira os bens de consumo de acordo com a mesma;
  • Leve os seus sacos e não pague sempre por novos;
  • Tenha em conta o preço por quilograma e por litro;
  • Experimente comprar a granel: permite comprar apenas a quantidade que precisa e reduzir o desperdício de embalagens.

Leia ainda: Simulador da Euribor: O impacto da subida dos juros no crédito habitação

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.