Vida e família

6 dicas essenciais para poupar nestas compras de Natal

O Natal está à porta e ao fazer as compras com antecedência pode poupar imenso tempo e dinheiro. Eis algumas dicas para poupar nestas compras de Natal.

Vida e família

6 dicas essenciais para poupar nestas compras de Natal

O Natal está à porta e ao fazer as compras com antecedência pode poupar imenso tempo e dinheiro. Eis algumas dicas para poupar nestas compras de Natal.

A poucas semanas do Natal, são muitos os portugueses que optam por adiar as compras para os dias imediatamente antes da consoada. Se este é o seu caso, pense bem, pois poderá vir a perder imenso tempo nas filas intermináveis dos shoppings, bem como ter uma enorme probabilidade de gastar mais dinheiro, uma vez que pode estar a perder promoções e campanhas especiais.

Para que faça as compras dentro do orçamento familiar, partilhamos 6 dicas para poupar nas compras de Natal.

Planeie as suas compras

Planear as suas compras não só o ajudará a poupar bastante dinheiro, como também a evitar tempo perdido em filas. Ao definir um orçamento terá a tendência de ajustar os presentes às suas capacidades financeiras.

Muitas vezes dar uma prenda mais cara não significa que a pessoa se sentirá mais feliz. Além isso, não deve esquecer que apesar de ser Natal, deve ser responsável e evitar fazer gastos desnecessários, garantindo assim esse dinheiro não lhe fará falta para outras situações.

Leia ainda: Este Natal, há várias formas de comprar as prendas de Natal

Opte por comprar nas lojas online

Uma possibilidade para reduzir as suas despesas natalícias é optar por fazer compras online. Geralmente os preços são bastante mais em conta, além de que certas promoções só são possíveis de ser aproveitar caso efetue a sua compra online.

Não se esqueça que as plataformas ou sites onde pretende fazer as suas compras deverão ser confiáveis. Não ceda à tendência de comprar só porque os preços são bastante mais baratos.

Leia ainda: 5 regras essenciais para proteger os seus cartões em compras online

Faça compras em conjunto

Muitas vezes opta-se por oferecer presentes em conjunto e aproveitar para comprar um presente mais caro. Esta é uma boa alternativa se pretender economizar e ao mesmo tempo oferecer um presente que se fosse apenas uma só pessoa a pagar, seria inviável.

Por exemplo, se pretender oferecer uma viagem ou "escapadinha" aos seus pais torna-se algo bastante "pesado" na sua carteira. No entanto, se o custo da prenda for repartido pelos seus irmãos (caso tenha), pode ser uma ótima opção a considerar.

Aproveite as promoções

Aproveitar as variadas promoções ou cupões antes do Natal é ótimo para poupar e "despachar" logo o assunto das prendas, especialmente se tiver uma família numerosa.

A acrescentar a isso, provavelmente terá muito mais poder de escolha se comprar os presentes com antecedência, do que se esperar até meio de Dezembro para começar a fazer as compras. Ao mesmo tempo que adia este assunto, outras famílias já estarão a fazer as suas compras de Natal e quando for altura de comprar, já muitos produtos se encontrarão esgotados.

É certo que muitas famílias dependem do subsídio de Natal para poderem fazer as suas compras. No entanto, se tiver a possibilidade de tratar deste assunto o mais cedo possível, verá que irá poupar muito dinheiro e tempo.

Leia ainda: Sites de descontos: vantagens e desvantagens

Confecione os pratos de Natal

Uma grande fatia das despesas de Natal são precisamente as sobremesas, bolos e refeições. Ao encomendar tudo isto, irá pagar muito mais do que se comprasse os ingredientes e confecionasse as refeições e sobremesas em casa.

Além isso, é um bom momento para todos contribuirem e tornará o dia de Natal bem mais agradável do que passar horas intermináveis nas filas do shopping. Tenha em atenção que geralmente os preços aumentam na época natalícia. Sempre que puder faça algumas das suas compras bem antes do Natal, de forma a aproveitar descontos e "fugir" à inflação dos preços.

Evite pagar as compras com cartão

Uma das possibilidades para evitar gastar tanto dinheiro nas suas compras de Natal é tentar não pagar com o seu cartão de débito ou crédito. Tendo em conta que geralmente terá de fazer as suas compras em vários locais, é natural que perca a noção de quanto dinheiro está a gastar. De forma a manter o controlo sobre o seu orçamento, é aconselhável que tente pagar as suas despesas natalícias a dinheiro.

Como sugestão extra, mas não menos importante, não compre nada a prestações. No momento em que está a recorrer a um cartão de crédito para pagar presentes ou outras despesas natalícias (tais como sobremesas ou refeições) significa que está a viver acima das suas possibilidades. É verdade que é Natal, mas o stress financeiro que estará a colocar sobre si não compensa o esforço.

Leia ainda: Pagar em dinheiro, cartão, MBWAY ou cheque: o que fica mais caro?

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.