Habitação

Visitar casas para comprar: olhe para estes aspetos

Ao visitar casas para comprar deve ter atenção a vários aspetos que podem ditar o sucesso de um bom negócio. Conheça 8 aspetos essenciais neste artigo.

Natacha Figueiredo Natacha Figueiredo , 20 Abril 2020

Quando começamos a visitar casas para comprar, o objetivo é adquirirmos a nossa tão desejada habitação. Contudo, antes de darmos início a este processo de seleção é importante decidir aquilo que realmente pretendemos. E isso implica definir um orçamento para a aquisição, pensar na hipótese de comprar um imóvel novo, semi-novo ou usado, estipular a tipologia mínima, definir uma área máxima para a localização, entre outras questões.

Após termos tudo bem definido é altura de seleccionarmos os imóveis que preenchem a maioria dos nossos requisitos, e marcarmos visitas a essas habitações. Ao visitar uma habitação com um olhar analítico é provável que consiga detetar vários aspetos que podem revelar se aquele imóvel é ou não um bom negócio.

Para o ajudar no processo de seleção de um imóvel que pode vir a ser a casa dos seus sonhos, indicamos neste artigo os aspetos mais relevantes que deve ter em atenção ao visitar casas para comprar.

8 aspetos a ter em consideração ao visitar casas para comprar

Antes de começar a fazer visitas, aconselhamos que faça uma lista de tópicos relevantes para si e para a sua família, e que assinale os mesmos segundo cada casa que visitar. No dia das visitas pergunte ao vendedor se pode tirar fotografias para avaliar mais detalhadamente o imóvel. Desta forma conseguirá registar vários pormenores e ter noção mais exata das habitações.

No final poderá criar uma lista de prós e contras e decidir mais facilmente qual é a habitação ideal para as suas necessidades.

1 - Opte por visitas durante o dia

Para quem pretende comprar um imóvel, visitar as habitações selecionadas durante o dia é sempre a melhor opção. Porque numa visita de dia consegue facilmente perceber quais são as assoalhadas que recebem luz natural direta, e quais as divisões que podem ser mais frias e húmidas.

Para além disso, numa visita durante o dia consegue perceber com clareza alguns problemas que podem existir na habitação. Lembre-se sempre que a luz artificial pode desviar a sua atenção de maus acabamentos, e pequenos sinais de problemas que a habitação tenha tido no passado.

Proposta: Se a sua vida profissional não permitir marcar uma visita de dia durante a semana, tente sempre fazer a marcação das visitas para o fim de semana. Opte também por escolher dias de visitas pouco nublados e períodos do dia entre as 9h e as 16h.

2 - Observe o estado de conservação

parede com tijolos brancos e estacas de madeira penduradas no tecto

No caso de optar por comprar uma casa usada é essencial que observe muito bem o estado de conservação do imóvel. A sua análise deve começar desde o exterior do imóvel até aos detalhes interiores da habitação.

Na procura do apartamento ideal, lembre-se de que pode pagar as obras necessárias de manutenção dos espaços comuns do prédio. Por isso, a sua visita e análise deve começar assim que estiver em frente ao prédio em questão.

No caso de estar a pensar em comprar uma moradia, o estado exterior da mesma revela bastante o seu estado de conservação. A falta de tinta, fendas, e humidade podem revelar problemas de isolamento e até uma má construção.

Proposta: Para além do estado de conservação exterior da habitação, veja no interior o estado das paredes, tetos, portas, armários da cozinha e da casa de banho, azulejos, etc. Pode parecer zelo em demasia, mas a verdade é que se o estado de conservação não for o melhor, poderá ter que investir bastante dinheiro em obras de melhoramento e renovação.

3 - Ao visitar casas para comprar tenha atenção aos pequenos detalhes

É normal que quando comece a visitar várias casas, tenha mais atenção aos detalhes nas primeiras, e nas últimas lhe escape vários pormenores. Afinal este processo pode trazer-lhe algum desgaste físico e psicológico. Por isso, é essencial antes de sair de casa fazer uma lista de detalhes a ter em atenção.

Repare bem nos acabamentos de cada divisão, a qualidade dos móveis da casa, o material da bancada da cozinha, se existem tomadas suficientes, as ligações para a iluminação artificial, etc.

Dica útil: Na lista que levar tome nota dos prós e contras que vai encontrando. No final, estes pequenos detalhes e pormenores podem ajudá-lo a tomar uma decisão final se estiver indeciso entre duas habitações.

4 - Pergunte pela humidade, isolamentos, ventilação e canalização

Não deve ter receio de fazer perguntas mais técnicas, sobre os materiais usados na construção e obras que foram feitas na habitação. É muito importante que consiga perceber se a habitação foi construída com bons isolamentos, se a canalização já sofreu atualizações ou se a casa tem problemas de humidade.

Verifique se as divisões têm todas janelas, e caso existam divisões interiores pergunte se não existem problemas de ventilação e humidade. Ao entrar nas assoalhadas deve também reparar se a temperatura é a mesma ou se existem divisões mais frias ou quentes.

Dicas para perceber algumas questões técnicas: Caso a casa tenha sido pintada, pode reparar se a tinta está aplicada de forma uniforme ou existem zonas com outro relevo ou remendos com massa. Para além disso, verifique se na zona da canalização da cozinha existem vestígios de ferrugem, áreas danificadas na madeira, entre outros. Verifique que tipo de janelas estão instaladas, se são de vidro simples ou duplo. Em caso de dúvida, não tenha medo de perguntar ao vendedor.

5 - Olhe bem para o estado do chão

cortinas bancas de uma janela e um chao de madeira

O estado do chão de uma habitação pode revelar alguns pormenores interessantes sobre a casa que pretende comprar, bem como sobre a utilização que esta sofreu.

Se existirem desníveis no chão instalado, isto pode significar que existem problemas estruturais na habitação ou que as obras que a casa sofreu não foram efetuadas da melhor forma. Qualquer uma das situações pode trazer-lhe vários problemas no futuro, por isso tenha isso em consideração.

O chão flutuante, muito utilizado atualmente em salas e quartos, deve ser bem inspecionado durante as suas visitas. Porque uma má instalação deste chão provoca muitas vezes o deslocamento do mesmo, tendo que ser colocado de novo mais tarde.

Por fim, repare no desgaste do chão. É normal que numa casa antiga este possa ter pequenos riscos, e falta de brilho. Contudo, se reparar que este está danificado perto dos rodapés, apresenta manchas fortes ou outros danos é bem provável que esteja a indicar um problema que possa ter existido ou que esteja escondido.

Ler mais: Cuidados a ter ao comprar uma casa usada

6 - Deve também perguntar pela vizinhança ou serviços perto da habitação

Para além da construção e qualidade da casas que vai visitar, existem outros fatores muito relevantes que influenciam a sua decisão final. Exemplos claros disso são a vizinhança, os transportes e os serviços perto da habitação. Se comprar uma habitação é provável que se consiga abstrair de alguns pormenores estéticos da casa, mas será mais difícil alterar comportamentos da vizinhança ou espaço limitado de estacionamento na sua rua.

Assim, deve sempre perguntar ao vendedor sobre o tipo de vizinhança, e que serviços e transportes pode encontrar naquela zona.

Dica: Se não conhecer bem a zona de uma casa que ficou interessado dê uma volta pelos arredores. Tome nota de quanto tempo demorou até encontrar o comércio local, escolas, e os serviços mais relevantes. Pode sempre consultar o Google Maps e ver as distâncias dos serviços principais. Durante esse passeio repare também no ambiente vivido nas ruas, bem como os espaços de lazer ali perto.

7 - Esteja atento ao barulho

rapaz brinca no seu quarto perto da janela

Durante o período que estiver a visitar casas para comprar, repare sempre no barulho dentro das habitações, mas também quando estiver fora das mesmas. Dentro das habitações se ouvir as conversas dos vizinhos, bem como bastante barulho vindo do exterior, pode significar que a casa não tem bons isolamentos.

Para além disso, deve também estar atento a ruídos fora do normal. Para além de vizinhos, tente perceber se a rua é demasiado movimentada e barulhenta. Se tiver comércio, serviços ou escolas na sua rua, veja se o ruído que os mesmos provocam não vão prejudicar a sua qualidade de vida quando estiver em casa.

8 - Visite os imóveis mais do que uma vez

Por fim, as habitações que lhe despertaram mais interesse devem voltar a ser visitadas. Desta vez opte por escolher um horário diferente. Se a primeira visita foi durante o dia, pode optar por fazer uma visita mais perto da hora de jantar.

Esta é uma altura ideal para confirmar ruídos excessivos, pois a maioria dos seus possíveis vizinhos já devem estar em casa. Aproveite também para confirmar as medidas das divisões e detalhes que possam ter passado despercebidos.

Dado que já teve tempo para refletir, certamente já surgiram novas dúvidas em relação ao imóvel. Aproveite esta segunda visita para esclarecer todas as suas questões. Desta forma conseguirá tomar uma decisão mais tranquila, e debruçar-se sobre todo o processo da compra da sua nova habitação, como é o caso do CPCV, crédito habitação, e a escritura e os custos associados.

Partilhe este artigo
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)