Iniciamos o mês do Crédito Habitação do Dr. Finanças com algumas perguntas que provavelmente já se colocou. Será que vale a pena comprar casa? E será que vale a pena fazer um crédito habitação nos dias que correm? Vamos procurar ajudar a responder a estas e outras perguntas para que consiga tomar a melhor decisão e, já agora, poupar algum dinheiro em todo o processo.

Será que os preços das casas já pararam de cair?

Por vezes ouvimos um argumento para a compra de casa que se prende com a queda dos preços das casas. Dizem os defensores que “agora é que é bom comprar pois os preços das casas caíram bastante”. De facto, e dependendo das zonas, os preços das casas tiveram uma queda forte com toda a crise que atravessámos. Aliás, os preços estiveram numa trajetória crescente porque existia muito crédito habitação disponível e era crença comum que o preço das casas iria continuar a aumentar.

Fechou-se a torneira do crédito habitação e os preços das casas começaram a cair, só parando com a moda dos vistos dourados (ou golden visa) que acabaram por trazer alguns problemas e acusações de fraude/corrupção que ainda estão em fase de julgamento.

A primeira conclusão: Não sabemos se os preços das casas vão subir ou descer. Parece-nos certo que a subida do preço das casas vai depender da zona, sendo também certo que temos casas a mais para a população (não esquecer que cada vez nascem menos pessoas, pelo que a tendência será para a redução do número de habitantes em Portugal… logo, a procura de casa também deverá cair).

Quer comprar casa para investir ou para viver?

credito-habitacao

A segunda pergunta é importante e costuma ter uma resposta dúbia. Ou seja, queremos ter uma casa para viver e queremos que essa casa tenha uma valorização. Queremos o melhor dos dois mundos (quem não quer?).

Se vamos comprar a nossa habitação própria permanente, temos de nos focar mais na utilidade, nos custos de manutenção e nos custos de contexto e não estarmos tão focados no seu preço de mercado. Sendo este o caso, talvez faça mais sentido perceber se vale mais a pena comprar ou arrendar casa… ter em atenção todos os custos e fazer contas… pode acontecer pagar menos ao banco do que pagamos ao senhorio, mesmo considerando todos os custos.

Se a sua ideia for comprar para investir as contas são diferentes. Deverá sim ter em atenção a evolução esperada do preço do imobiliário, perceber todos os custos, perceber qual a melhor organização contabilística e fazer contas. Em breve publicaremos um artigo dedicado à avaliação do investimento imobiliário.

Vale a pena comprar casa com crédito habitação?

habitação

São poucos os portugueses que conseguem comprar casas com recurso a capitais próprios. Aliás, mesmo que tenha essa possibilidade pode até nem fazer muito sentido em termos financeiros (por exemplo, ter um retorno maior noutro tipo de aplicações do que o custo do crédito). E começa agora a existir uma maior abertura das instituições financeiras para conceder crédito habitação, o que implica na queda constante das taxas de juro praticadas neste tipo de contratos.

O crédito habitação é o tipo de contratos de crédito mais barato do mercado, uma vez que tem associada uma garantia de um ativo real. É também um crédito que possibilita alargar em muito o prazo, o que resulta em prestações mais reduzidas quando comparadas com os créditos pessoais ou outros créditos de curto prazo (o que aliás justifica muitas vezes o crédito consolidado com hipoteca).

Dito isto, consideramos que pode ser muito vantajoso comprar uma casa com recurso ao crédito habitação, sendo possível pedir dinheiro emprestado com taxas de juro inferiores a 2 pontos percentuais. Caso tenha vários créditos, sugerimos inclusivamente que procure estender ao máximo o prazo de modo a ter uma prestação mais baixa para libertar liquidez para amortizar antecipadamente os restantes créditos (e obter com isso uma poupança adicional)

Qual a sua opinião? Vale a pena comprar casa? E o crédito habitação é vantajoso? Partilhe as suas ideias com a comunidade do Dr. Finanças.