Crédito

Métodos de amortização: avalanche ou bola de neve

Pretende amortizar créditos, mas não sabe como fazer? Saiba neste artigos dois métodos de amortização a utilizar.

Márcio Fontes Márcio Fontes , 18 Dezembro 2019

Numa situação de aperto é sempre importante saber qual a melhor abordagem ou método que pode tomar e como o pode fazer. Assim sendo, quando o número de dívidas é elevado, também se torna bastante complicado saber como atuar perante o problema. Por conseguinte, é necessário estabelecer estratégias, definir um plano e cumpri-lo, de maneira a que o esforço que será realizado para amortizar as dívidas seja recompensado no final.

Em primeiro lugar, não deve agir quando a quantidade significativa de juros já foi paga. Em segundo lugar, antes de decidir qual estratégia que irá utilizar, deve primeiro saber quais as dívidas que tem no momento.

Para amortizar dívidas, pode utilizar dois métodos:

Método da avalanche

O método da avalanche foca-se essencialmente em liquidar os créditos com a maior taxa de juro primeiro. Pode utilizar quando o tamanho das suas dívidas é similar e as respetivas taxas de juro são variáveis. Logo após liquidar a primeira dívida, deverá escolher a segunda que tem a maior taxa de juro, repetindo o processo até ficar tudo liquidado.

Além isso, este método é o ideal caso pretenda minimizar as perdas e impacto das taxas de juro.

Exemplo prático:

Tipo de financiamentoTaxa de juroCapital
Crédito pessoal16,3%7500€
Cartão de crédito15,6%1000€
Crédito automóvel A6.5%7000€
Crédito automóvel B7.7%6800€
Crédito habitação5,8%10000€

Como pode verificar, o financiamento que deverá tentar liquidar primeiro será o crédito pessoal, visto que é o que tem a taxa de juro mais alta. Em seguida, a dívida do cartão de crédito, seguido pelo crédito automóvel B.

A principal vantagem deste método é que irá economizar dinheiro. Ainda que seja mais moroso, será algo que irá permitir-lhe reduzir os "pesos pesados" das suas dívidas caso siga este método. Já a desvantagem deste método prende-se com o tempo decorrido até amortizar um determinado crédito. Desse modo, poderá não ser adequado para pessoas que se desmotivam facilmente.

Leia ainda: 5 formas de ter mais liquidez para amortizar as suas dívidas

Método da bola de neve

Em contraste com o método da avalanche, este método tem como objetivo liquidar as dívidas, cujo capital vincendo é menor e repetir o processo. Por conseguinte, liquidando a primeira dívida, irá ter mais dinheiro para poder liquidar a segunda e assim sucessivamente. Nesse sentido, este método é ideal quando tem dívidas que não são muito altas e cuja variação da taxa de juros é baixa.

Exemplo prático:

Tipo de financiamentoTaxa de juroCapital vincendo
Crédito pessoal A14,3%7500€
Crédito pessoal B13,2%2000€
Crédito automóvel A6.5%7000€
Crédito automóvel B7.7%6800€
Cartão de crédito15,7%1500€

Por exemplo, o financiamento que deverá tentar liquidar em primeiro lugar será o cartão de crédito. Depois, segue-se do crédito pessoal B. Após liquidar o segundo, segue-se o crédito automóvel B e assim por adiante.

A principal vantagem deste método é que permite ter resultados mais rapidamente, isto é, amortizar diferentes créditos mesmo não sendo aqueles que lhe estejam a prejudicar mais financeiramente. A desvantagem deste método é que irá continuar a pagar mais juros, porque estará a deixar para o fim a amortização dos créditos que mais pesam.

Amortizar crédito habitação: qual o melhor método?

A despesa do crédito habitação é provavelmente a prestação mais importante, pois é aquela que assegura o pagamento da casa onde vive com o seu agregado familiar.

Em resumo, não existe uma opção ideal, sendo que tudo dependerá da forma com que se sente mais confortável. Se tem a disciplina para aguentar algum tempo para conseguir amortizar um crédito, de forma a economizar dinheiro, então opte pelo método da avalanche.

Se se desmotiva rapidamente, então o método da bola de neve seria o melhor caminho a seguir.

Acima de tudo, o importante no que toca a amortizações é definir um plano e manter-se fiel a ele. E lembre-se: o tempo não pára.

Leia ainda: Crédito Habitação: Transferir ou amortizar?

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #amortização de créditos,
  • #amortizar crédito,
  • #metodo avalanche,
  • #metodo bola de neve,
  • #métodos de amortização
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)